• Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
#73122
O Estatuto do Idoso, em seu artigo 21, determina a inclusão de indivíduos de avançada idade em cursos especiais relativos às técnicas de comunicação, a fim de que sejam integrados à vida contemporânea. Contudo, é indubitável que os idosos na sociedade brasileira, por desconhecerem sobre a utilização destes mecanismos, sofrem o processo de exclusão digital. Por isso, faz-se necessário analisar os atores que corroboram com essa problemática.


Em primeira análise, vale ressaltar que as empresas do ramo tecnológico priorizam as necessidades do público jovem, por isso, não possuem interesse em tornar seus produtos mais acessíveis à terceira idade. Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística apontam que apenas 14% da população brasileira acima de sessenta anos utiliza a internet. Isso ocorre porque tal iniciativa requer um alto investimento financeiro em pesquisas no mercado de consumo, com o foco nas dificuldades experimentadas por esses indivíduos. Logo, muitas instituições evitam arriscar seu próprio rendimento em projetos que, contrários àqueles ligados à jovens, não apresentam lucro garantido.


Ademais, ainda existe um grande desconhecimento da população em relação aos benefícios trazidos pela tecnologia em relação aos idosos. Segundo o filósofo inglês John Locke, o homem é resultado de suas experiências. Logo, um cidadão que está incluído no meio tecnológico possui oportunidades de aprimorar sua capacidade motora, mental e física, sendo capaz de agir de maneira independente e realizar variadas tarefas do cotidiano. Assim, o tecido social contemporâneo passa a abranger de forma harmônica os anosos.


Fica evidente, portanto, a necessidade de medidas que garantam a alfabetização tecnológica de idosos no país. O Ministério da Educação, responsável por formular o sistema de ensino brasileiro, preparar oficinas de informática gratuitas para esses indivíduos, por meio de grupos interativos que estimulem de forma mútua, a fim de promover a inclusão da população de terceira idade no âmbito das relações tecnológicas. Desse modo, será possível assegurar a equidade desses cidadãos garantida no Estatuto do Idoso.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 130

Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com boa estrutura sintática, com poucos desvios de pontuação, de grafia e de emprego do registro exigido.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 190

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo, ou seja, em seu texto, o tema é desenvolvido de modo consistente e autoral, por meio do acesso a outras áreas do conhecimento, com progressão fluente e articulada ao projeto do texto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema proposto, de forma consistente e organizada, configurando autoria, ou seja, os argumentos selecionados estão organizados e relacionados de forma consistente com o ponto de vista defendido e com o tema proposto, configurando-se independência de pensamento e autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 170

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante articula bem as ideias, os argumentos, as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos, sem inadequações.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 150

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora bem proposta de intervenção relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, articulada e abrangente, ainda que sem suficiente detalhamento.

#73218
O Estatuto do Idoso, em seu artigo 21, "determina a inclusão de indivíduos de avançada idade em cursos especiais relativos às técnicas de comunicação, a fim de que sejam integrados à vida contemporânea". Contudo, é indubitável que os idosos na sociedade brasileira, por desconhecerem sobre a utilização destes mecanismos, sofrem o processo de exclusão digital. Por isso, faz-se necessário analisar os atores que corroboram com essa problemática.
  • :arrow: FALTOU SUA TESE
Em primeira análise, vale ressaltar que as empresas do ramo tecnológico priorizam as necessidades do público jovem, por isso, não possuem interesse em tornar seus produtos mais acessíveis à terceira idade. Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística apontam que apenas 14% da população brasileira acima de sessenta anos utiliza a internet[1]. Isso ocorre porque tal iniciativa requer um alto investimento financeiro em pesquisas no mercado de consumo, com o foco nas dificuldades experimentadas por esses indivíduos. Logo, muitas instituições evitam arriscar seu próprio rendimento em projetos que, contrários àqueles ligados à jovens[2], não apresentam lucro garantido.

:arrow:
  • [1] Essa palavra refere ao ESTRANGEIRISMO e isso usa-se aspa ; " entre a palavra
    :arrow: [2] Erro de concordância numeral, o certo seria: ás jovens


Ademais, ainda existe um grande desconhecimento da população em relação aos benefícios trazidos pela tecnologia em relação aos idosos. Segundo o filósofo inglês John Locke, o homem é resultado de suas experiências. Logo, um cidadão que está incluído no meio tecnológico possui oportunidades de aprimorar sua capacidade motora, mental e física, sendo capaz de[3] agir de maneira independente e realizar variadas tarefas do cotidiano. Assim, o tecido social contemporâneo passa a abranger de forma harmônica os anosos.

:arrow:
  • [3] Possível perífrase: poderia ser substituída por 'capaz'


Fica evidente, portanto, a necessidade de medidas que garantam a alfabetização tecnológica de idosos no país. O Ministério da Educação, responsável por formular o sistema de ensino brasileiro, preparar oficinas de informática gratuitas para esses indivíduos, por meio de grupos interativos que estimulem de forma mútua, a fim de promover a inclusão da população de terceira idade no âmbito das relações tecnológicas. Desse modo, será possível assegurar a equidade desses cidadãos garantida[4] no Estatuto do Idoso.

:arrow:
  • [4]Erro de concordância de gênero, seria possível coloca ; cidadãos garantidos

De acordo com o Artigo Sétimo da Constitui&[…]

Saúde Pública no Brasil

OLÁ! Tudo bem? Espero que seu dia estej[…]

3m1ly aaah muito obrigada pela correç&ati[…]

Consumismo no Brasil

Eraldonunes eurodrigo Gi69 Anne24 Lol[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM