Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos de "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
Por Joaonetomvp
#50047
No filme a Menina que Roubava Livros, é retratada a história de uma garota que pegava livros para ler, na intenção de não desperdiçar-los, uma vez que seriam queimados. Nesse sentido a narrativa revela a busca pelo conhecimento demonstrado pela menina e a intenção dela de partilhar esses livros. Fora da ficção fica claro que a realidade apresentada no filme não pode ser relacionada com àquela do século XXI: onde o número de analfabetização é enorme, acarretando em mais pessoas desempregadas.

Em primeiro lugar é importante destacar que para que o número de alfabetizados seja maior do que o atual, e que ele continue em crescimento, tem que haver disposição e incentivo por meio das pessoas e do governo, respectivamente, para que haja um entrosamento, e ambos buscarem o mesmo objetivo, o combate a analfabetização. Segundo Nelson Mandela, a educação é arma mais poderosa que você pode usar para mudar o mundo. Assim, para que o futuro seja promissor e crescente, o conhecimento se faz necessário entre nós.

Consequentemente, não só a educação, mas a economia do país, aos poucos vai usufruindo desta ação, ao promover jovens e adultos, que não apresentam condições ou oportunidades de uma instituição educacional, para o mercado de trabalho. Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o analfabetismo no Brasil afeta 7,0% da população brasileira, o que corresponde a 11,5 milhões de pessoas. Paralelamente, o número de pessoas desempregadas progride na mesma proporção. Logo, o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) é afetado diretamente, sendo incontestável que o Brasil trata-se de um país subdesenvolvido.

Portanto, é preciso que o Estado tome providências para amenizar o quadro atual. Para a alfabetização em massa da população, urge que o Ministério da Educação (MEC) faça, por meio de investimentos estatais, um programa que facilite o acesso de jovens e adultos a progressão do meio educacional; proporcionando campanhas e fornecendo disponibilidades de instituições que tenham por objetivo proporcionar a busca pelo conhecimento das pessoas, induzindo-as aos estudos primordiais. Somente assim, será possível que a educação mude o mundo, de forma que a alfabetização seja vista como algo necessário para a formação dos cidadãos.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Em uma de suas obras, o escritor Machado de Assis […]

As doenças mentais são um dos maiore[…]

Saúde mental entre jovens

No que se refere a saúde mente entre os jov[…]

A* série "13 Reasons Why", origin[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM