• Avatar do usuário
#64608
A Lei Nº 10.639 de 2003, obriga que as escolas ensinem a cultura africana, no entanto grande parte dos estudantes tem pouco conhecimento sobre o assunto. Nesse sentido, a africanidade no currículo da educação brasileira não tem sido valorizada. Isso se evidencia no preconceito da sociedade e a falta de investimentos governamental. Em vista disso, há uma necessidade de intervenção.
A princípio, o desprezo racial da maioria das pessoas impede o emprego da africanidade no conteúdo escolar. Nesse contexto, o físico Albert Einstein afirma que: "é mais fácil desintegrar um átomo do que um preconceito enraizado", essa frase mostra o quão é difícil acabar com o preconceito. Essa referência se aplica a realidade, porque há uma crítica à sociedade preconceituosa. Logo, a limitação imposto ao tema é visível.
Outrossim, a omissão de capital por parte do estado inibe a eficiência do ensino da africanidade. Quanto a esse aspecto, o ativista Martin Luther King diz que: "toda hora é hora de fazer o certo". Esse lema se relaciona ao contexto real, pois ainda é tempo do governo investir em ações educacionais. Assim, fica evidente a contribuição dessa perspectiva para esse quadro.
Portanto, constata-se que a africanidade não é estimada. Desse modo cabe às instituições de ensino e ao governo desenvolver ações como: campanhas e investimentos, através do MEC (ministério da educação), objetivando o combate ao racismo e a especialização do ensino da cultura africana. Com essas estratégias de intervenção será possível a superação desse desafio.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Desemprego. Falência. Fome. Estas palavras d[…]

Desemprego. Falência. Fome. Estas palavras d[…]

A constituição Federal de 1988,docum[…]

No Brasil, cerca de 14 (quatorze) milhões d[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM