Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como: "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
#37506
O analfabetismo funcional não pode ser considerado semelhante ao analfabetismo total, o funcional pode ser caracterizado como o desconhecimento para realizar uma simples interpretação de texto, já o total pode ser definido quando um indivíduo não sabe ler nem escrever. O analfabetismo funcional é um grande impasse, entretanto, diversas pessoas não têm ideia de que possuem essa dificuldade, devido à desinformação. Tal problemática se deve ao negligenciamento estatal e à baixa qualidade presente no ensino público brasileiro. Diante do exposto, medidas devem ser tomadas para erradicar o problema em questão.

Em primeira instância, é importante salientar que o sociólogo Émile Durkheim afirma, em seus inúmeros estudos, que o poder público se responsabiliza pelo gerenciamento das questões que envolvam a coletividade estabelecendo, por conseguinte, o bem-estar social. Porém, a perspectiva adotada pelo estudioso manteve-se no plano teórico, pois o descaso do Estado com a educação dos jovens brasileiros é de alta gravidade. Constituindo, dessa forma, indivíduos incapazes de interpretarem textos básicos, de grande importância para futuras oportunidades que esses jovens irão encontrar, como uma prova para ingressar em uma universidade, por exemplo.

Ademais, a baixa qualidade de ensino nas escolas públicas é um extenso agravante para o obstáculo. De acordo com os resultados da Prova Brasil de 2014, no 5º ano, 14% dos estudantes não conseguiam sequer fazer uma conta de multiplicação com dois algarismos. À vista disso, fica explícita a crise encontrada no sistema de ensino brasileiro, causada pela baixa qualificação da grande pluralidade dos docentes que, frequentemente, falham em seu método de ensino, o que causa o baixo interesse do aluno, resultando em seus baixos aproveitamentos.

Portanto, torna-se indispensável pensar em caminhos para resolver esse impasse. Sendo assim, cabe ao Ministério da Educação, melhorar a qualificação dos professores por meio de cursos preparatórios, que façam com que o professor estimule o pensamento crítico do aluno, a fim de obter a expansão de suas habilidades intelectuais. Além disso, seria interessante a elaboração de um aplicativo, em que os estudantes pudessem responder questões interpretativas, para que seja possível detectar seu nível de aprendizado, e o professor possa trabalhar as dificuldades desse aluno, de uma forma mais específica. Dessa forma, essa importante questão pode ser solucionada.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 185

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra excelente domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro. Desvios gramaticais ou de convenções da escrita, neste nível, são aceitos somente como excepcionalidade e quando não caracterizam reincidência.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 185

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo, ou seja, em seu texto, o tema é desenvolvido de modo consistente e autoral, por meio do acesso a outras áreas do conhecimento, com progressão fluente e articulada ao projeto do texto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 175

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema proposto, de forma consistente e organizada, configurando autoria, ou seja, os argumentos selecionados estão organizados e relacionados de forma consistente com o ponto de vista defendido e com o tema proposto, configurando-se independência de pensamento e autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante articula bem as ideias, os argumentos, as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos, sem inadequações.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante elabora excelente proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Trata-se de redação cuja proposta de intervenção seja muito bem elaborada, relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, abrangente e bem detalhada.

Geralcinoj , sinceramente, eu não sei se o[…]

Anaaa , claroo :D A propaganda se tornou uma p[…]

Não é incomum, em séries e fi[…]

Sua nota ficou 360! Espero ter ajudado! Ajudou […]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM