Avatar do usuário
Por Lolars
Quantidade de postagens
#130271
bandono afetivo do idoso no Brasil
Djamila Ribeiro afima que o primeiro passo a ser dado para solucionar uma questão retirá-la da invisibilidade. Na realidade brasileira, a crítica da autora é verificada no abandono afetivo do idoso no Brasil, que à cada dia se agravo no país, fazendo com que os abandonados vão parar em abrigos.

Nesse cenário, ressalta-se, de início, que a displicência do governo é um fator do problema. John Loke, define que "as leis fizeram-se para os homesm e não para as leis". De fato, a legislação tem papel crucial no abandona afetivo. Com isso, emerge um problema sério, em virtude do abandono do Idoso, ele se configura com qualquer tipo de negligência ou até mesmo a ausência dos familiares para uma pessoa idosa.

Além disso, a influência dos meios digitais é um fator agravante no que tange ao problema. Para Cimamanda Adichie, mudar o "status quo"- o estado atual das coisas- é sempre penoso. Seja em um lar na própria casa, em um hospital... deixar o idoso à propria sorte, sem amparo, atenção e cuidado pode ser caracterizado como crime. As denúncias de abandono e violência dobraram em 2023. Segundo o Ministério dos Direitos Humanos foram 22.636 registro em 2023 contra 11.359 em 2022.

Portanto, é necessário que esta situação seja dissolvida. Para isso, o governo, órgão responsável por garantir a condição e existência de todos, deve prover apoio psicológico os idosos e financeiramente as casas de apoio, a fim de sanar a vulnerabilidade socioeconômica existente no cotidiano desses grupos. Paralelamente, os meios de comunicação precisam se destacar em divulgações para combater a falta de afeto e respeito pelos mais velhos. Assim, será possível solucionar esta questão, pois será retirada do cenário de invisibilidade, como propõe Djamila.
NOTA GERAL (USUÁRIOS)
Sem
nota
Pontuar redação
NOTA AUTOMÁTICA (IA)
Sem
nota
Passe ilimitado
Comentários
Texto não corrigido.
COMPETÊNCIA 1: Demonstrar domínio da norma da língua escrita.
Texto não corrigido.
COMPETÊNCIA 2: Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.
Texto não corrigido.
COMPETÊNCIA 3: Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.
Texto não corrigido.
COMPETÊNCIA 4: Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.
Texto não corrigido.
COMPETÊNCIA 5: Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.
Texto não corrigido.
Similar Topics
Tópicos Estatísticas Última mensagem
Abandono afetivo do idoso no Brasil
por YnayarhSV23    - In: Outros temas
0 Respostas 
162 Exibições
por YnayarhSV23
Abandono afetivo do idoso no Brasil
por Lolars    - In: Outros temas
0 Respostas 
38 Exibições
por Lolars
O abandono afetivo do idoso
por Yane134    - In: Outros temas
0 Respostas 
48 Exibições
por Yane134
abandono afetivo de crianças no Brasil
por marinarochag    - In: Outros temas
1 Respostas 
115 Exibições
por marinarochag
Abandono afetivo dos idosos no Brasil
por Nando132    - In: Outros temas
0 Respostas 
55 Exibições
por Nando132
Abandono de animas domésticos no Brasil.
por MayanieRod    - In: Outros temas
2 Respostas 
171 Exibições
por MayanieRod
0 Respostas 
133 Exibições
por Duda1266
Abandono paterno no Brasil
por lais458    - In: Outros temas
5 Respostas 
366 Exibições
por Felipe082
0 Respostas 
121 Exibições
por leonupy
1 Respostas 
103 Exibições
por Rosario2

A obra "Abaporu", da pintora Tarsila do […]

Na obra "Utopia", do escritor inglês Tho[…]

Racismo

Histórias, registros, escritos, não é conto, nem f[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM