• Avatar do usuário
#81596
"Amai o próximo como a si mesmo". Essa citação feita no livro sagrado dos cristãos, a Bíblia, mostra como é importante promover a empatia e respeito pelo próximo na sociedade. Entretanto, tanto em cenário brasileiro como também no mundial, é evidente a falta desses sentimentos, conforme pode ser vistos os inúmeros casos de aversão ao estrangeiro em todos os países. Assim, torna se necessária a adoção de medidas visando sanar este problema.
Em primeira análise, vale apena conceituar a xenofobia; é a aversão e o preconceito contras pessoas estrangeiras ou de culturas diferentes. Este preconceito pode ser expresso por ataques, como agressões físicas e verbais, mas também de maneira silenciosa, falas que, de alguma forma, menosprezem os estrangeiros, quando vemos algum país tomando certas medidas para conter uma intensa imigração e esses imigrantes são muitas vezes hostilizados, tratados de forma tão brutal. É urgente que todos os países coloquem essa questão em discussão para resolver este impasse.
Em segunda análise, é possível observar que, por trás dos casos de xenofobia, haja também o racismo implícito, pois a origem nacional de uma pessoa implica, muitas vezes, uma etnia diferente, de forma que, podemos ter como exemplo a perseguição de judeus e muçulmanos pela Igreja Católica na idade média, chegando ao ápice durante a Segunda Guerra Mundial, com o holocausto nazista. É nítida a problemática dessa questão e é preciso medidas para resolve-la.
Á vista disso, observemos, que para chegar s uma resolução deste problema, é dever da Organização das Nações Unidas através de reuniões reunir países para discutir esse impasse e dessa maneira implementar cada um desses países membros medidas como, debates em escolas e universidade, utilizando-se da publicidade para fomentar a empatia social. Discussões acerca do tratamento de imigrantes nas fronteiras, é necessária uma forma organizada e civilizada de tratar essas pessoas, de modo a termos uma sociedade mais igualitária e empática.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com boa estrutura sintática, com poucos desvios de pontuação, de grafia e de emprego do registro exigido.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 100

Você atingiu aproximadamente 50% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação previsível e apresenta domínio mediano do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. Com essa pontuação, ou o tema da redação é desenvolvido adequadamente, porém de forma previsível, com pouco avanço em relação ao senso comum ou, embora o texto demonstre domínio adequado do tipo textual exigido, a progressão textual apresenta algum problema.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, mas limitados aos argumentos dos textos motivadores e pouco organizados, ou seja, os argumentos estão pouco articulados, além de relacionados de forma pouco consistente ao ponto de vista defendido.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 80

Você atingiu aproximadamente 40% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante apresenta repertório limitado de recursos coesivos e articula as partes do texto de forma insuficiente, com muitas inadequações, o que compromete a organização das ideias.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora, de forma mediana, pouco consistente, proposta de intervenção relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto.

#81597
gabii09 escreveu:"Amai o próximo como a si mesmo". Essa citação feita no livro sagrado dos cristãos, a Bíblia, mostra como é importante promover a empatia e respeito pelo próximo na sociedade. Entretanto, tanto em cenário brasileiro como também no mundial, é evidente a falta desses sentimentos, conforme pode ser vistos os inúmeros casos de aversão ao estrangeiro em todos os países. Assim, torna se necessária a adoção de medidas visando sanar este problema.
Em primeira análise, vale apena conceituar a xenofobia; é a aversão e o preconceito contras pessoas estrangeiras ou de culturas diferentes. Este preconceito pode ser expresso por ataques, como agressões físicas e verbais, mas também de maneira silenciosa, falas que, de alguma forma, menosprezem os estrangeiros, quando vemos algum país tomando certas medidas para conter uma intensa imigração e esses imigrantes são muitas vezes hostilizados, tratados de forma tão brutal. É urgente que todos os países coloquem essa questão em discussão para resolver este impasse.
Em segunda análise, é possível observar que, por trás dos casos de xenofobia, haja também o racismo implícito, pois a origem nacional de uma pessoa implica, muitas vezes, uma etnia diferente, de forma que, podemos ter como exemplo a perseguição de judeus e muçulmanos pela Igreja Católica na idade média, chegando ao ápice durante a Segunda Guerra Mundial, com o holocausto nazista. É nítida a problemática dessa questão e é preciso medidas para resolve-la.
Á vista disso, observemos, que para chegar s uma resolução deste problema, é dever da Organização das Nações Unidas através de reuniões reunir países para discutir esse impasse e dessa maneira implementar cada um desses países membros medidas como, debates em escolas e universidade, utilizando-se da publicidade para fomentar a empatia social. Discussões acerca do tratamento de imigrantes nas fronteiras, é necessária uma forma organizada e civilizada de tratar essas pessoas, de modo a termos uma sociedade mais igualitária e empática.
@mariamigon @larissa0205 @lurymed @Anne24 gente se puderem corrigir ficarei grata, pfvv
Invisibilidade e registro civil

A despeito de todo progresso científico e h[…]

A despeito de todo progresso científico e h[…]

O caso da xenófoba no brasil

A xenofobia é um problema não so loc[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM