Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como: "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
#39554
Na série "Anne With an E", o personagem Cole sofreu com bullying verbal e físico por causa de sua sexualidade fazendo com que ele abandonasse a escola. Fora da ficção, a violência também quebra as regras da sociedade ao contrariar a Declaração Universal dos Direitos humanos, a qual declara que todos os cidadãos têm direito a segurança. Esse comportamento pode ser ocasionado pela má educação familiar e pela de desestruturação desta.
Segundo os antigos filósofos gregos, o ser humano aprende por imitação, ou seja, ao ver tão ação um jovem pode repeti-la para alguém, como acontece com o agressor de Cole, que tem uma família extremamente conservadora que abomina a sexualidade diferente.
Em sequência, outra causa para esse problema é a falta de estrutura familiar. De acordo com uma pesquisa do IBGE, em 2016 os divórcios aumentaram em 269%, junto disso os jovens (frutos dessas famílias) sentem medo do abandono, podendo ocorrer a queda de suas notas escolares e o despejo de sua frustação em seus colegas de classe.
Por tanto, esse impasse deve ser resolvido. Por meio da parceria entre o Ministério da Família, da Mulher e dos Direitos Humanos, com o Ministério da Educação e ONGs de acolhimento, realizando o palestras em escolas junto com psicólogos a fim de evitar o bullying e a perda de alunos, pois como disse Immanuel Kant "O homem não é nada além daquilo que a educação faz dele".
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com boa estrutura sintática, com poucos desvios de pontuação, de grafia e de emprego do registro exigido.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo, ou seja, em seu texto, o tema é desenvolvido de modo consistente e autoral, por meio do acesso a outras áreas do conhecimento, com progressão fluente e articulada ao projeto do texto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, de forma organizada, com indícios de autoria, ou seja, os argumentos, embora ainda possam ser previsíveis, estão organizados e relacionados de forma consistente ao ponto de vista defendido e ao tema proposto, e há indícios de autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula as partes do texto com poucas inadequações e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 140

Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante elabora bem proposta de intervenção relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, articulada e abrangente, ainda que sem suficiente detalhamento.

#39561
Bom dia, explicarei o porquê de cada nota que dei.

Competência 1 - 160 - Em um geral, você domina a língua portuguesa, mas ainda há alguns erros de ortografia e marcas de oralidade no seu texto.
Competência 2 - 200 - O seu repertório foi produtivo e a redação está de acordo com os moldes do texto dissertativo-argumentativo.
Competência 3 - 160 - Os dados são coerentes com o tema e suficientes para sustentar a sua argumentação, porém alguns deles estão incompletos.
Competência 4 - 160 - O seu vocabulário é variado e o uso de conectivos está adequado na maior parte do texto, mas ainda há o que melhorar.
Competência 5 - 140 - A proposta de intervenção é viável e coerente com o seu texto, porém não ficou claro se a primeira parte dela se referia ao agente ou ao meio. Ao meu ver, o Ministério da Família, da Mulher e dos Direitos Humanos, o Ministério da Educação e as ONGs de acolhimento são os agentes. No caso, estaria faltando o modo de realizar a ação de fazer palestras. Também fiquei confusa quanto ao detalhamento: não sei se a sua proposta possui um detalhamento, porém não descontei pontos por isso.

Irei apontar alguns erros na sua redação para facilitar a melhora.

Na série "Anne With an E", o personagem Cole sofreu com bullying verbal e físico por causa de sua sexualidade (aqui deveria ter uma vírgula) fazendo com que ele abandonasse a escola. Fora da ficção, a violência também quebra as regras da sociedade ao contrariar a (seria mais adequado colocar, após o "Fora da ficção, a violência também", um "está presente na sociedade, o que contraria a[...]", pois colocar a violência como sujeito ativo da frase poderia ser caracterizado como uma marca de oralidade) Declaração Universal dos Direitos humanos, a qual declara (este caso é semelhante ao que eu apontei anteriormente) que todos os cidadãos têm direito a segurança. Esse comportamento (me parece que a frase ficou um pouco solta, porque a anterior tinha várias orações, então fica meio estranho colocar o "esse comportamento" para retomar. Eu colocaria "essas agressões") pode ser ocasionado pela má educação familiar e pela de desestruturação desta.
Segundo os antigos filósofos gregos (saber quais são os filósofos poderia te dar mais credibilidade, mas caso haja falta de repertório, é melhor do que nada), o ser humano aprende por imitação, ou seja, ao ver tão ação um jovem pode repeti-la para alguém, como acontece com o agressor de Cole, que tem uma família extremamente conservadora que abomina a sexualidade diferente.
Em sequência, outra causa para esse problema é a falta de estrutura familiar. De acordo com uma pesquisa do IBGE, em 2016 os divórcios aumentaram em 269% (em comparação com os dados de qual ano?), junto disso os jovens (frutos dessas famílias) (alguns professores de redação não recomendam o uso de parênteses nas redações) sentem medo do abandono, podendo ocorrer a queda de suas notas escolares e o despejo de sua frustação (frustração) em seus colegas de classe.
Por tanto (portanto), esse impasse deve ser resolvido. Por meio da parceria entre o Ministério da Família, da Mulher e dos Direitos Humanos, com o Ministério da Educação e ONGs de acolhimento, realizando (Não houve coesão dentro da frase. O ideal seria trocar o "realizando" por "devem ser realizadas". Além disso, não ficou claro se o início da sua proposta de intervenção é um agente ou um modo/meio) o palestras em escolas junto com psicólogos a fim de evitar o bullying e a perda de alunos, pois como disse Immanuel Kant "O homem não é nada além daquilo que a educação faz dele".

Geralcinoj muito obrigada pela avaliaç&at[…]

Negligência gera desinformação[…]

Há aqueles que dizem que a arte copia a rea[…]

Desigualdade social

No Hino Nacional do Brasil, é descrita uma […]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM