• Avatar do usuário
#82176
A Constituição Federal de 1988 assegura todos os direitos aos cidadãos. Entretanto, ao observar a violência doméstica no Brasil contemporâneo, nota-se que na prática é bastante diferente, uma vez que com o distanciamento social ocasionado pela pandemia de COVID-19, essa terrível situação vivida, na maioria das vezes pelas mulheres, se agravou muito. Logo, isso ocorre, sobretudo, devido a falta de atenção estatal, além do desemprego e problemas financeiros.
Diante disso, cabe destacar a falta de atenção estatal como um dos agravantes da problemática. Acerca disso, segundo o filósofo Noberto Bobbio, a dignidade humana é uma qualidade intrínseca ao homem capaz de lhe dar o direito ao respeito e à consideração por parte do Estado. Todavia, é notável que o poder público não cumpre o seu dever, visto que as leis existentes não impedem que qualquer tipo de pessoa seja agredida em sua própria casa e muitas vezes, também não punem quem pratica tal atrocidade, nem mesmo após denúncias. Com isso, são necessárias mudanças urgentes acerca disso.
Ademais, vale ressaltar também o desemprego e problemas financeiros como um marcador da violência doméstica no Brasil contemporâneo. Sendo assim, ao afirmar em sua célebre canção "O Tempo não Para", o poeta Cazuza faz, de certo modo, uma comparação entre o passado e o futuro. De fato, ele estava certo, pois não é de hoje que muitos são violentos e passam a demonstrar tal personalidade ao estarem nessa situação. Dessa forma, a pessoa coloca a culpa de seus problemas financeiros e desemprego na vítima a qual mora com ela, o que resulta em violências psicológicas e e físicas. Com isso, é inadmissível que nada seja feito para mudar essa realidade.
Levando em conta o exposto, é inegável a necessidade de fazer algo contra a violência doméstica no Brasil contemporâneo. Para isso, cabe ao Ministério da Cidadania, criar um programa que ajude pessoas em situaçao de violência doméstica, através da divulgação de propagandas em canais abertos, como Globo, os quais incentivem a quem passa por isso a denunciar, a fim de que nenhuma desses crimes fiquem impune. Assim, aos poucos a Constituição Federal será devidamente colocada em prática.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 180

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra excelente domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro. Desvios gramaticais ou de convenções da escrita, neste nível, são aceitos somente como excepcionalidade e quando não caracterizam reincidência.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo, ou seja, em seu texto, o tema é desenvolvido de modo consistente e autoral, por meio do acesso a outras áreas do conhecimento, com progressão fluente e articulada ao projeto do texto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema proposto, de forma consistente e organizada, configurando autoria, ou seja, os argumentos selecionados estão organizados e relacionados de forma consistente com o ponto de vista defendido e com o tema proposto, configurando-se independência de pensamento e autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula bem as ideias, os argumentos, as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos, sem inadequações.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora excelente proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Trata-se de redação cuja proposta de intervenção seja muito bem elaborada, relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, abrangente e bem detalhada.

Mylike , Jotaveh , marimoon , larissa0205 , […]

A invisibilidade dos "cidadãos"

A invisibilidade decorrente da falta de registro c[…]

Para começar sua redação, &ea[…]

Certo, muito obrigada!! Por nada!

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM