Avatar do usuário
Por carla856
Quantidade de postagens
#131003
A Constituição federal, promulgada em 1988, prevê no artigo 6° que todos os cidadãos brasileiros possuem o direito à segurança, no entanto, a violência contra os idosos se torna um impasse para que tal norma seja concretizada. Assim tendo em vista que é crucial notabilizar a omissão da máquina pública e a negligência social.
Diante desse cenário denuncia-se o descaso estatal como principal agravante do problema. Nesse viés na obra "Manuscritos Econômicos - Filosóficos", de Karl Marx, destaca-se a ideia de que o homem só é notado pelo Estado enquanto produz para o capital. De maneira análoga à obra de Marx, pode-se associar este pensamento com a realidade da população madura, visto que por não serem mais aptos a colaborar na produção do capital são negligenciados pelo governo, o que consequentemente agrava a desvalorização desse grupo.
É necessário, além disso, discutir a cerca da displicência do corpo social e seu efeito. Acerca disso, é oportuno rememorar a ideia de Banalidade do Mal, da Anna Arendt, segundo a qual quando atos de maldade ocorrem com frequência a sociedade para de os enxergar como algo errado. Tal pensamento está intimamente ligado à realidade brasileira, visto que agressão aos seniores é um problema normalizado pela sociedade. Por conseguinte, isso pode acarretar no silenciamento das vítimas.
Logo observa-se a necessidade de atenuar os desafios relacionados à agressão sofrida pelos idosos. Para tanto cabe ao Estado, garantidor dos direitos fundamentais, promover políticas públicas que garantam seus direitos, tais medidas devem ser feitas por meio da capacitação de assistentes sociais para reconhecer e saber como atuar nesses casos, a fim de ajudar as vítimas desses maus tratos. Outrossim, junto a mídia, também deve disseminar a problemática e os meios de denúncia, através de propagandas e anúncios, com o fito de conscientizar a população e os instruir a lidar com esses casos. Somente assim, a população idosa :D teria os direitos garantidos da Carta Magna.
NOTA GERAL (USUÁRIOS)
Sem
nota
Pontuar redação
NOTA AUTOMÁTICA (IA)
Sem
nota
Passe ilimitado
Comentários
Texto não corrigido.
COMPETÊNCIA 1: Demonstrar domínio da norma da língua escrita.
Texto não corrigido.
COMPETÊNCIA 2: Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.
Texto não corrigido.
COMPETÊNCIA 3: Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.
Texto não corrigido.
COMPETÊNCIA 4: Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.
Texto não corrigido.
COMPETÊNCIA 5: Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.
Texto não corrigido.
Similar Topics
Tópicos Estatísticas Última mensagem
2 Respostas 
173 Exibições
por lais458
0 Respostas 
96 Exibições
por blaudt
0 Respostas 
157 Exibições
por Ana22082005
0 Respostas 
109 Exibições
por imilly
0 Respostas 
78 Exibições
por NickBu
0 Respostas 
59 Exibições
por caminamed
0 Respostas 
116 Exibições
por mallu0102
0 Respostas 
89 Exibições
por aninhabanana
0 Respostas 
50 Exibições
por YanaraOli
0 Respostas 
43 Exibições
por Mvmatheus

Segundo o empresário estadunidense Steve Jobs: &qu[…]

O livro "Utopia", do escritor inglês Tho[…]

A lei seca foi implementada com o intuito de evita[…]

EXCLUIR REDAÇÃO!!!

Você poderia excluir a minha primeira redação de &[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!