• Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
Avatar do usuário
Por matiasana
Quantidade de postagens
#74501
De acordo com a Constituição Federal-documento com jurídico mais importante do país - prever, em seu artigo 6°, o direito à segurança a todo cidadão brasileiro. Contudo, a violência contra mulher impede que as brasileiras usufruam desse direito constitucional. Esse panorama ocorre não só em razão da inoperância estatal, como também da falta de denúncia.
A princípio, é notório que a negligência do governo é um grave problema. Segundo o pensador Thomas Hobbes, é dever do Estado garantir o bem-estar da população. Entretanto, nota-se a quebra desse contrato social, visto que, o Governo, ao invés de promover a segurança das mulheres, tem uma ação omissa a qualidade de vida dessas pessoas, permitindo, assim que a violência ganhe mais espaço no cotidiano das vítimas. Desse modo, é imprescindível a reformulação dessa postura estatal urgentemente.
Outro ponto relevante, nessa temática, é a falta de denúncia. Sob essa lógica, imperativo categórico, de Immanuel Kant, preconiza que o indivíduo deve agir segundo o máximo que gostaria de ver transformada em lei universal. No entanto, no que tange a questão da agressão a mulher no Brasil há uma lacuna no dever moral contra o exercício da denúncia. Desse modo, quanto menos denúncias houver a respeito da problemática mais sua resolução vai ser utópica.
Portanto, são essenciais medidas aparentes para combater a violência contra a mulher no Brasil. Logo, o governo federal-responsável por administrar o povo e seus interesses públicos - através de verbas governamentais destinados à pasta - deve decretar e julgar os agressores em Tribunal Federal. Essa ação será realizada com o intuito de erradicar o problema. Somente assim, essas vítimas poderão usufruir do Direito Constitucional.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra excelente domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro. Desvios gramaticais ou de convenções da escrita, neste nível, são aceitos somente como excepcionalidade e quando não caracterizam reincidência.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo, ou seja, em seu texto, o tema é desenvolvido de modo consistente e autoral, por meio do acesso a outras áreas do conhecimento, com progressão fluente e articulada ao projeto do texto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema proposto, de forma consistente e organizada, configurando autoria, ou seja, os argumentos selecionados estão organizados e relacionados de forma consistente com o ponto de vista defendido e com o tema proposto, configurando-se independência de pensamento e autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula bem as ideias, os argumentos, as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos, sem inadequações.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora, de forma mediana, pouco consistente, proposta de intervenção relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto.

Avatar do usuário
Por maiconpgtu
Quantidade de postagens
#74949
❌❱𝐸𝑅𝑅𝒜𝒟𝒪
✅❱𝒫𝒜𝑅𝒜𝐵𝐸𝒩𝒮
📄❱𝑅𝐸𝐸𝒮𝒞𝑅𝐸𝒱𝐸𝑅
📝❱𝐹𝒜𝐿𝒯𝒪𝒰
😱❱ 𝒜𝒯𝐸𝒩𝒞𝒜𝒪

De acordo com a Constituição Federal-documento com jurídico mais importante do país - prever, em seu artigo 6°, o direito à segurança a todo cidadão brasileiro. Contudo, a violência contra mulher impede que as brasileiras usufruam desse direito constitucional. Esse panorama ocorre não só em razão da inoperância estatal, como também da falta de denúncia.

✅

A princípio, é notório que a negligência do governo é um grave problema. Segundo o pensador Thomas Hobbes, é dever do Estado garantir o bem-estar da população. Entretanto, nota-se a quebra desse contrato social, visto que, o Governo, ao invés de promover a segurança das mulheres, tem uma ação omissa a qualidade de vida dessas pessoas, permitindo, assim que a violência ganhe mais espaço no cotidiano das vítimas. Desse modo, é imprescindível a reformulação dessa postura estatal urgentemente.

✅

Outro ponto relevante, nessa temática, é a falta de denúncia<SEM SENTIDO]. Sob essa lógica, imperativo categórico, de Immanuel Kant, preconiza que o indivíduo deve agir segundo o máximo que gostaria de ver transformada em lei universal. No entanto, no que tange a questão da agressão a mulher no Brasil há uma lacuna no dever moral contra o exercício da denúncia. Desse modo, quanto menos denúncias houver a respeito da problemática mais sua resolução vai ser utópica.<?]

✅

Portanto, são essenciais medidas aparentes para combater a violência contra a mulher no Brasil. Logo, o Governo Federal-responsável por administrar o povo e seus interesses públicos - através de verbas governamentais destinados à pasta - deve decretar e julgar os agressores em Tribunal Federal. Essa ação será realizada com o intuito de erradicar o problema. Somente assim, essas vítimas poderão usufruir do Direito Constitucional.

  • 📝Detalhamento
    📝Meio
Avatar do usuário
Por maiconpgtu
Quantidade de postagens
#75663
matiasana escreveu:@maiconpgtu
pode me responder uma pergunta?
Eu perdi 40 pontos pela falta do detalhamemto e 40 pontos pq eu escrevi Governo Federal com letra minúscula????
Responde ai favor parceiro :)
Perdeu o ponto por falta do meio e detalhamento e seu erro de ortografia ;)

Segundo o artigo 215 da Constituição[…]

2021 tem sido um ano particularmente marcante par[…]

Introdução Na cultura japonesa, o […]

A logística e infraestrutura da Funda&ccedi[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM