Avatar do usuário
Por ricardosilva
Quantidade de postagens
#125034
Na obra "A República", o filósofo grego Platão idealiza uma sociedade perfeita, a qual é caracterizada pela ausência de mazelas sociais. No entanto, ao analisar a conjuntura brasileira, vê-se uma oposição ao texto sobredito, já que a violência contra a pessoa idosa no Brasil compromete a harmonia coletiva nacional. Diante disso, têm-se um problema fomentado não só pela inoperância estatal, mas também pela falta de debates acerca da problemática.
Em primeira análise, é importante mencionar a ineficiência do Estado como fator determinante para a permanência da questão no país. Segundo o filósofo italiano Nicolau Maquiavel, no livro "O Príncipe", para se manter no poder, os governantes devem operar em busca do bem universal. No entanto, percebe-se que, no território nacional, a recorrência de obstáculos que atrapalham o desenvolvimento da luta em discordância à violência contra a pessoa idosa no Brasil, já que o Estado, mesmo sendo responsável por promover instruções aos cidadãos, não cumpre com o seu devido papel. Desse modo, é inadmissível que tal situação se perpetue, por trazer consequências gravíssimas com aumento da problemática.
Ademais, convém ressaltar que a ausência de debates em relação à violência contra a pessoa idosa no Brasil é pouco discutida. Conforme o filósofo Johann Goethe, "Nada no mundo é mais assustador que a ignorância em ação". Nesse sentido, é de extrema importância que a sociedade busque se informar e debater a respeito das agressões que os idosos sofrem na sociedade brasileira, visto que sem um diálogo sério sobre esse impasse, sua resolução é quase utópica. Dessa maneira, é visível que a ignorância humana em não expor o problema em sociedade compromete a solução das adversidades.
Diante do exposto, denota-se a urgência de propostas governamentais que alterem esse quadro. Portanto, cabe ao Estado – cuja função principal é a proteção dos direitos de seus cidadãos – criar um projeto que vise informar a população sobre a violência contra a pessoa idosa no Brasil. Isso deve ocorrer por meio de propagandas e reportagens com a participação de profissionais competentes e membros da comunidade, a fim de garantir os direitos dos indivíduos prejudicados e mobilizar a população. Dessa maneira, será possível que o problema seja gradativamente minimizado no país.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Similar Topics
Tópicos Estatísticas Última mensagem
2 Respostas 
366 Exibições
por Mylike
3 Respostas 
170 Exibições
por Kethyllyn
0 Respostas 
63 Exibições
por Junia41
0 Respostas 
66 Exibições
por JoseGomes
0 Respostas 
68 Exibições
por alicepires
1 Respostas 
76 Exibições
por AnaGrasiele
1 Respostas 
75 Exibições
por Clara5431
0 Respostas 
32 Exibições
por Jlevis
0 Respostas 
38 Exibições
por leticia13
4 Respostas 
120 Exibições
por Evely190301

Na atualidade, os seres humanos ainda estão[…]

De acordo com o inquérito 641%, dos inquer[…]

Segundo a Constituição Federal de 19[…]

Descaso de uma sociedade

Des de muito tempo, poucas pessoas da sociedade t&[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM