Avatar do usuário
Por Barbara1912
Tempo de Registro Quantidade de postagens
#99631
Em outubro de 1988, a sociedade conheceu um dos documentos mais importantes da história do Brasil: a Constituição Cidadã, cujo conteúdo garante segurança à todos. Entretanto, a violência impede que os brasileiros usufruam desse direito constitucional. Com efeito, a solução do problema pressupõe que se combata não só a invisibilidade aos idosos, mas também a omissão do Estado.
Diante desse cenário, a violência fragiliza a dignidade humana dos idosos. Nesse sentido, a Declaração Universal dos Direitos Humanos- promulgada em 1948 pela ONU - assegurar que todos os indivíduos fazem jus a diretos básicos, a exemplo da segurança. Ocorre que, no Brasil, os idosos estão distantes de vivenciar o benefício previsto pelas Nações Unidas, sobretudo pela falta de denúncias por medo ou vergonha as agressões continuam. Assim, se estes indivíduos continuarem sendo tratados como invisíveis, os direitos firmados em 1948 permanecerão como privilégio.
Ademais, a inércia estatal inviabiliza o combate a violência. A esse respeito, o filósofo inglês John Locke desenvolveu o conceito de "Contrato Social", a partir do qual os indivíduos deveriam confiar no Estado, que, por sua vez, garantiria direitos inalienáveis à população. Todavia, a permanência dessas agressões evidência que o Poder Público brasileiro se mostra incapaz de cumprir o contrato de Locke, na medida que os maus tratos aos idosos estão relacionados ao despreparo no convívio com as dificuldades próprias do envelhecimento, como doenças degenerativas em decorrência da idade. Desse modo, enquanto a omissão estatal se mantiver, o Brasil será obrigado a conviver com uma dos mais cruéis mazelas para a população mais velha.
É urgente portanto, que medidas sejam tomadas para combater essa violência. Nesse sentido, as escolas - responsáveis pela transformação social - devem ensinar aos seus alunos a reivindicar melhorias em relação ao cuidado com idosos, por meio de projetos pedagógicas, como ações comunitárias, minicursos e palestras. Essa iniciativa terá a finalidade de romper a inércia do Estado e de garantir que o tratamento digno previsto pelas Nações Unidas deixe de ser, em breve, uma utopia no Brasil. :D
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com boa estrutura sintática, com poucos desvios de pontuação, de grafia e de emprego do registro exigido.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo, ou seja, em seu texto, o tema é desenvolvido de modo consistente e autoral, por meio do acesso a outras áreas do conhecimento, com progressão fluente e articulada ao projeto do texto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema proposto, de forma consistente e organizada, configurando autoria, ou seja, os argumentos selecionados estão organizados e relacionados de forma consistente com o ponto de vista defendido e com o tema proposto, configurando-se independência de pensamento e autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula as partes do texto com poucas inadequações e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora bem proposta de intervenção relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, articulada e abrangente, ainda que sem suficiente detalhamento.

Similar Topics
Tópicos Estatísticas Última mensagem
A violência contra a pessoa idosa no Brasil
por belovr    - In: Outros temas
0 Respostas 
27 Exibições
por belovr
0 Respostas 
49 Exibições
por Filipe05
1 Respostas 
89 Exibições
por Higorvaz
0 Respostas 
254 Exibições
por Raik
0 Respostas 
70 Exibições
por Lucas09
0 Respostas 
54 Exibições
por Lucas09
0 Respostas 
51 Exibições
por Verlania1
7 Respostas 
302 Exibições
por EllenAdNaCo
0 Respostas 
55 Exibições
por skuvusgsfs
0 Respostas 
107 Exibições
por josebarros

"Looking for some thrilling entertainment[…]

Saúde mental

No filme "divertidamente", a per[…]

Dayvini se puder, dê um feedback no meu te[…]

Com uma simples pesquisa nas principais notí[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM