Avatar do usuário
Por irysc
Tempo de Registro Quantidade de postagens
#95436
De acordo com o filósofo grego Aristóteles, "A base da sociedade é a justiça." Entretanto, o Brasil como país no século XXI vai contra esse pensamento, visto que os casos de violência contra a população idosa caracterizam-se como situações injustas e que desestruturam a base da sociedade brasileira. Sendo assim, vê-se necessário a aplicação de estratégias para que essa situação, causada pela falta de políticas públicas e negligência familiar, seja resolvida.
Em primeiro lugar, o Artigo 1° da Declaração Universal dos Direitos Humanos afirma que: "Todos os seres humanos nascem livres e iguais em dignidade e em direitos." No entanto, quando analisada a situação dos idosos brasileiros, é notável que isso não é aplicado da forma correta, de modo que ainda existem falhas nas leis destinadas a assegurarem a proteção e os direitos dessa parcela da sociedade, a qual se mantem codependente de pessoas e instituições que não lhes garante uma vida digna.
Em segundo lugar, a dependência anteriormente citada coloca o idoso sem opção para melhorar sua qualidade de vida, uma vez que, na maioria dos casos, são os familiares os responsáveis pelo abuso físico e psicológico dessas pessoas. De tal forma, esse viés pode se correlacionar à frase do filósofo inglês John Locke "Onde não há lei, não há liberdade" que exemplifica o aprisionamento dos idosos a situações degradantes à medida que falta amparo estatal.
É indubitável a necessidade, em maior escala, da criação de projetos de lei mais rigorosos pelo Poder Legislativo e também a produção de campanhas locais, que informem e incentivem a denúncia de casos de negligência ao idoso, afim de reduzir as agressões e aumentar o número de idosos protegidos. Além disso, é importante a criação de alojamentos seguros para receber aqueles que não possuem familiares, para que possam, assim, viver com melhor qualidade de vida.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com boa estrutura sintática, com poucos desvios de pontuação, de grafia e de emprego do registro exigido.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo, ou seja, em seu texto, o tema é desenvolvido de modo consistente e autoral, por meio do acesso a outras áreas do conhecimento, com progressão fluente e articulada ao projeto do texto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, mas limitados aos argumentos dos textos motivadores e pouco organizados, ou seja, os argumentos estão pouco articulados, além de relacionados de forma pouco consistente ao ponto de vista defendido.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula as partes do texto com poucas inadequações e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora, de forma mediana, pouco consistente, proposta de intervenção relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto.

Avatar do usuário
Por abiaacs
Tempo de Registro Quantidade de postagens
#95754
bom dia, Iry.

li seu texto e minhas observações estarão a seguir.

AC - sigla para "Ausência de conectivos";
PC - sigla para "Palavras Centrais", são elas que fazem com que não haja fuga do tema;
TF - sigla para "Tópico Frasal";
[] - erros;
() - correções;
{} - observações.

TEMA: A VIOLÊNCIA CONTRA A PESSOA IDOSA NO BRASIL.

PC: VIOLÊNCIA, PESSOA IDOSA e BRASIL.

De acordo com o filósofo grego Aristóteles, "A base da sociedade é a justiça." Entretanto, o Brasil(,) como país(,) no século XXI vai contra esse pensamento, visto que os casos de violência contra a população idosa caracterizam-se como situações injustas e que desestruturam a base da sociedade brasileira. Sendo assim, vê-se necessário a aplicação de estratégias para que essa situação, causada pela falta de políticas públicas e negligência familiar, seja resolvida. {excelente introdução, parabéns!}

{1- [Em primeiro lugar]}, o Artigo 1° da Declaração Universal dos Direitos Humanos afirma que[:] "Todos os seres humanos nascem livres e iguais em dignidade e em direitos." No entanto, quando analisada a situação dos idosos brasileiros, é notável que isso não é aplicado da forma correta, de modo que ainda existem falhas nas leis destinadas a assegurarem a proteção e os direitos dessa parcela da sociedade {quais são essas falhas? traga alguma que comprove que realmente as leis são ineficientes}, a qual se mantem [co]dependente de pessoas e instituições que não lhes garante uma vida digna. {ausência do TF de iniciação e de finalização}

{1}: conectivos como: Em primeiro lugar, Em primeiro plano, De início, Inicialmente; são conectivos para serem usados na introdução e não depois dela. Procure usar: Nesse sentido, Diante desse cenário, Sob esse viés...

[Em segundo lugar] (Além disso), a {2- dependência anteriormente citada} coloca o idoso sem opção para melhorar sua qualidade de vida, uma vez que, na maioria dos casos, são os familiares os responsáveis pelo abuso físico e psicológico dessas pessoas. De tal forma, esse viés pode se correlacionar à frase do filósofo inglês John Locke "Onde não há lei, não há liberdade"(,) que exemplifica o aprisionamento dos idosos a situações degradantes à medida que falta amparo estatal. {ausência do TF de finalização e de inicialização}

{2}: não ficou claro essa relação. procure "repetir", mas com sinônimos, qual relação você quer estabelecer.

{AC} É indubitável a necessidade, em maior escala, (por meio) da criação de projetos [de lei mais rigorosos pelo Poder Legislativo] e(,) também(, d)a produção de campanhas locais, (pelo Ministério da saúde, órgão responsável pelo bem estar da população, juntamente com as mídias,) que informem e incentivem a denúncia de casos de negligência ao idoso, afim de reduzir as agressões e aumentar o número de idosos protegidos. Além disso, é importante a criação de alojamentos seguros(,) para receber aqueles que não possuem familiares, para que possam, assim, viver com melhor qualidade de vida. {eu tentei deixar sua proposta o mais completa possível, na próxima vez tome como exemplo a conclusão dessa redação}

OBS. Iry, eu gostaria de entrar em uma discussão com você, a respeito do posicionamento que tomou mediante a proposta. Você realmente acha que o aumento de violência com os idosos é devido a falta de políticas públicas? não sei se você sabe, mas não muito recente foi criado "O estatuto do Idoso", o qual tem a finalidade de suprir todas as necessidades desse grupo. Logo, acho que o problema não está na ausência de leis que os protegem, mas sim na ausência de ações que façam com que essas leis existentes sejam verdadeiramente cumpridas. Então, a meu ver as principais causas estão na ausência de investimentos governamentais na área de fiscalização, para saber se realmente as leis estão sendo cumpridas e, também, na mentalidade preconceituosa em torno da sociedade, a qual faz com que as famílias negligenciem as necessidades dos idosos. Espero que pense a respeito, qual quer dúvida a respeito não tenha vergonha de perguntar, até pq estamos aqui para aprender e em conversa que prevaleça o diálogo, ambos aprendem. No mais, vejo que você possui um conhecimento de escrita, só que esquece de iniciar e terminar seus desenvolvimentos, perdendo pontos na c3 e c4. Estarei deixando um vídeo de como melhorar essa estrutura, espero que eu tenha te ajudado de alguma maneira, fique bem!

DESENVOLVIMENTO:



CONCLUSÃO:

Se você acha que eu contribuí com seu aprendizado e que minha correção vale o preço de um café, meu pix é abia.caetano12@gmail.com.
Além disso, fiquem a vontade de me mandar mensagem caso surjam dúvidas. ❤
0
Similar Topics
Tópicos Estatísticas Última mensagem
A violência contra a pessoa idosa no Brasil
por belovr    - In: Outros temas
0 Respostas 
27 Exibições
por belovr
0 Respostas 
49 Exibições
por Filipe05
1 Respostas 
89 Exibições
por Higorvaz
0 Respostas 
254 Exibições
por Raik
0 Respostas 
70 Exibições
por Lucas09
0 Respostas 
54 Exibições
por Lucas09
0 Respostas 
51 Exibições
por Verlania1
7 Respostas 
302 Exibições
por EllenAdNaCo
0 Respostas 
55 Exibições
por skuvusgsfs
0 Respostas 
107 Exibições
por josebarros

"Looking for some thrilling entertainment[…]

Saúde mental

No filme "divertidamente", a per[…]

Dayvini se puder, dê um feedback no meu te[…]

Com uma simples pesquisa nas principais notí[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM