Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como: "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
#43876
No documentário brasileiro "GIG- a uberização do trabalho" é mostrada a hostil realidade de trabalhadores de diversas plataformas digitais. No Brasil, esses serviços são bastante populares por serem uma alternativa ao desemprego, porém trazem um grande desafio: a precarização, que é potencializada pela negligência do Estado.

Em primeiro lugar, cabe ressaltar a precariedade como um fator negativo na problemática. Sobre isso, segundo um estudo da Associação Aliança Bike, os ciclistas entregadores de app da cidade de São Paulo trabalham, em média, 12 horas por dia, sem folga e ganham menos de mil reais por mês. À vista disso, fica perceptível uma generalização da péssima qualidade laboral para com esses trabalhadores, o que os deixa vulneráveis, seja financeiramente ou à acidentes no trânsito devido ao cansaço extremo.

Ademais, vale destacar o papel da negligência do Governo Federal na questão. Acerca disso, segundo o pensador Thomas Hobbes, o papel do Estado é garantir o bem estar social. No entanto, não é o que se vê no Brasil no que concerne aos trabalhadores de aplicativos online, pois o Poder Legislativo não age de modo adequado, visto que não há leis que melhorem tais condições precárias de trabalho supracitadas.

Portanto, são necessárias medidas estratégicas a fim de resolver esse problema. Para isso, o poder público deve melhorar as condições laborais de todos os trabalhadores de plataformas digitais. Isso se dará por meio da criação de leis que regulamentem esses serviços, colocando sob responsabilidade das empresas de aplicativo o pagamento do salário e material utilizado por seus empregados. Desse modo, os impasses envolvendo a uberizacão do trabalho poderão ser superados do Brasil.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com boa estrutura sintática, com poucos desvios de pontuação, de grafia e de emprego do registro exigido.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente e apresenta bom domínio do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. Embora ainda possa apresentar alguns problemas no desenvolvimento das ideias, o tema, em seu texto, é bem desenvolvido, com indícios de autoria e certa distância do senso comum demonstrando bom domínio do tipo textual exigido.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, mas limitados aos argumentos dos textos motivadores e pouco organizados, ou seja, os argumentos estão pouco articulados, além de relacionados de forma pouco consistente ao ponto de vista defendido.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula bem as ideias, os argumentos, as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos, sem inadequações.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora excelente proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Trata-se de redação cuja proposta de intervenção seja muito bem elaborada, relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, abrangente e bem detalhada.

#43918
@mandy13, oi!

Legenda:
ERRO
SUBSTITUIÇÃO/SUGESTÃO
MELHORÁVEL
DESNECESSÁRIO
(IDENTIFICAÇÃO DOS 5 ELEMENTOS)
(MEUS COMENTÁRIOS)
REPETIÇÃO

No documentário brasileiro "GIG- a uberização do trabalho", é mostrada a hostil realidade de trabalhadores de diversas plataformas digitais. No Brasil, esses serviços são bastante populares por serem uma alternativa ao desemprego, porém trazem um grande desafio: a precarização, que é potencializada pela negligência do Estado.
PS: Poderia ter desenvolvido mais a sua alusão e relacionado ela melhor à atualidade. Uma dica: pode "enrolar" mais, não seja muito breve na intro.

Em primeiro lugar, cabe ressaltar a precariedade como um fator negativo na problemática. Sobre isso, segundo um estudo da Associação Aliança Bike, os ciclistas entregadores de app da cidade de São Paulo trabalham, em média, 12 horas por dia, sem folga e ganham menos de mil reais por mês. À vista disso, fica perceptível uma generalização da péssima qualidade laboral para com esses trabalhadores, o que os deixam vulneráveis, seja financeiramente ou à acidentes no trânsito devido ao cansaço extremo.
PS: Não se esqueça da argumentação, você apresentou o tema, desenvolveu um pouquinho e pronto. Exponha totalmente a sua opinião sobre o assunto e faça um fechamento.

Ademais, vale destacar o papel da negligência do Governo Federal na questão. Acerca disso, segundo o pensador Thomas Hobbes, o papel do Estado é garantir o bem estar social. No entanto, não é o que se vê no Brasil no que concerne aos trabalhadores de aplicativos online, pois o Poder Legislativo não age de modo adequado, visto que não há leis que melhorem tais condições precárias de trabalho supracitadas.
PS: Mesmo comentário do D1.

Portanto, são necessárias medidas estratégicas a fim de resolver esse problema (finalidade). Para isso, o poder público deve melhorar as condições laborais de todos os trabalhadores de plataformas digitais (agente+ação). Isso se dará por meio da criação de leis que regulamentem esses serviços, colocando sob responsabilidade das empresas de aplicativo o pagamento do salário e material utilizado por seus empregados (meio+detalhamento). Desse modo, os impasses envolvendo a uberizacão do trabalho poderão ser superados do Brasil.
PS: Coloque uma finalidade mais direta e relacionada ao tema. A meu ver, a proposta está completa! Parabéns!

Você escreve muito bem, o único problema relevante é a questão da argumentação mesmo.
Qualquer dúvida estou à disposição, bons estudos! :D
#43961
mandy13 escreveu:Obrigada por corrigir! ;) vc poderia me explicar melhor como exatamente teria q ficar a argumentação? Tenho MT dificuldade nessa parte.
Posso sim! O ideal é que você faça um tópico frasal, em que dirá brevemente sobre o assunto tratado. Depois, você vai aprensetar o repertório e desenvolvê-lo de acordo com o que foi apresentado, sem fazer deduções ou falsa argumentação. Por fim, fará o fechamento do parágrafo, nele você vai arrematar a sua ideia.
Por exemplo, vamos separar o seu D1 com base nisso que eu disse:
"Em primeiro lugar, cabe ressaltar a precariedade como um fator negativo na problemática (tópico frasal). Sobre isso, segundo um estudo da Associação Aliança Bike, os ciclistas entregadores de app da cidade de São Paulo trabalham, em média, 12 horas por dia, sem folga e ganham menos de mil reais por mês (repertório). À vista disso, fica perceptível uma generalização da péssima qualidade laboral para com esses trabalhadores, o que os deixam vulneráveis, seja financeiramente ou à acidentes no trânsito devido ao cansaço extremo (argumentação)."
Perceba que não tem fechamento, o que prejudica a C2. Mas, em relação à argumentação, ela basicamente explica o que o dado apresenta. A única parte que seria válida é esta: "...o que os deixam vulneráveis, seja financeiramente ou à acidentes no trânsito devido ao cansaço extremo". Ali vemos que você de fato desenvolveu a ideia, mas anteriormente você só explicou o repertório, o que não se considera argumentação.
Relendo o D2 achei ele bom, então retiro a minha primeira opinião sobre ele.
Espero ter ajudado em algo :D
#43964
Jeniffeeee escreveu:
mandy13 escreveu:Obrigada por corrigir! ;) vc poderia me explicar melhor como exatamente teria q ficar a argumentação? Tenho MT dificuldade nessa parte.
Posso sim! O ideal é que você faça um tópico frasal, em que dirá brevemente sobre o assunto tratado. Depois, você vai aprensetar o repertório e desenvolvê-lo de acordo com o que foi apresentado, sem fazer deduções ou falsa argumentação. Por fim, fará o fechamento do parágrafo, nele você vai arrematar a sua ideia.
Por exemplo, vamos separar o seu D1 com base nisso que eu disse:
"Em primeiro lugar, cabe ressaltar a precariedade como um fator negativo na problemática (tópico frasal). Sobre isso, segundo um estudo da Associação Aliança Bike, os ciclistas entregadores de app da cidade de São Paulo trabalham, em média, 12 horas por dia, sem folga e ganham menos de mil reais por mês (repertório). À vista disso, fica perceptível uma generalização da péssima qualidade laboral para com esses trabalhadores, o que os deixam vulneráveis, seja financeiramente ou à acidentes no trânsito devido ao cansaço extremo (argumentação)."
Perceba que não tem fechamento, o que prejudica a C2. Mas, em relação à argumentação, ela basicamente explica o que o dado apresenta. A única parte que seria válida é esta: "...o que os deixam vulneráveis, seja financeiramente ou à acidentes no trânsito devido ao cansaço extremo". Ali vemos que você de fato desenvolveu a ideia, mas anteriormente você só explicou o repertório, o que não se considera argumentação.
Relendo o D2 achei ele bom, então retiro a minha primeira opinião sobre ele.
Espero ter ajudado em algo :D
Entendi! Obrigada pela explicação, vou por isso em prática agora.

OBSERVAÇÃO: Sua redaç&atil[…]

Abandono paterno no Brasil

Na música "Somos como os nossos pais&q[…]

Saúde mental no século xxi

Promulgada pela ONU em 1948, a Declaraç&at[…]

A Revolução Industrial ocorreu, inic[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM