Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
#57808
O sistema penitenciário surge com o Código Penal Francês de 1791, sobre a premissa de que a liberdade é o único bem individual que poderia dar a todos os cidadãos uma punição de valor igual, esse sistema rapidamente se espalhou por todo o mundo. Entretanto, enquanto saem problemas das ruas entram problemas nas penitenciárias entre os quais cabe citar: o fortalecimento da influência de facções criminosas, as injustiças, maus-tratos e violência contra os detentos assim como a superlotação dos presídios, um dos mais preocupantes deles.
Segundo dados do DEPEN (Departamento Penitenciário Nacional), o Brasil possui o terceiro maior contingente de presidiários do mundo, com 762712 presidiários em um censo de 2016, ficando atrás apenas dos EUA, com 2145110, e da China, que possui 1649804 detentos. O dado mais alarmante, nesse caso, é que 40% dos presidiários, em média, estão sobre uma prisão provisória, status que pode se arrastar por anos graças à lenta justiça brasileira. Junto disso vemos que grande parte dos presidiários vem de camadas mais baixas e marginalizadas da sociedade, por vezes recorrendo a criminalidade como a única alternativa de sobreviver.
A superlotação se torna algo natural já que o Brasil possui um déficit de mais de 250 mil vagas em penitenciárias, como apontam os dados do DEPEN. Dessa maneira ela se torna algo digno de ser debatido na busca por possíveis soluções. Entre as possíveis soluções se destaca a de reestruturações partindo da base: desde projetos sociais, reestruturação dos próprios sistemas judiciário e penitenciário até mesmo tocando projetos de reintegração de ex-presidiários (visando evitar reincidência). Cada um dos aspectos citados merece atenção especial, afinal: “O homem é fruto daquilo que a sociedade faz dele”.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

camis23 adorei a correção, concert[…]

No livro, "Os sete maridos de Evelyn Hugo&quo[…]

Wanessa4 , olá, boa-noite! sei que voc&eci[…]

Luffynho , por nada, fico feliz em ajudar. Precis[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM