Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos de "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
#53769
“Todos têm direito a proteção igual contra qualquer discriminação que viole a presente Declaração e contra qualquer incitamento a tal discriminação” De acordo com o artigo 7 da Constituição Federal de 1998, todos os cidadãos, independente de seu gênero, são iguais. Contudo, essa teoria não se aplica a realidade oriunda de grande parte das mulheres brasileiras visto que sofrem inúmeras discriminações no Brasil hodierno. Sendo assim, visasse necessário tomar medidas para a mudança de tal cenário de submissão feminina na sociedade brasileira.

Primeiramente, é de extrema importância ressaltar o contexto histórico como principal causa desse problema. Sob essa visão, vale salientar que o sistema patriarcal é responsável por atribuir o homem e a figura masculina a liderança seja socialmente, economicamente ou familiar. Em virtude disso, a mulher tem um papel inferior já que criou a imagem de um ser frágil e incapaz, a qual só servia para cuidar do lar e dos afazeres domésticos. Logo, se tornou ‘’normal’’ a condição de submissão e acatamento da mulher, a transformando em um mero objeto.


Por outro lado, segundo a escola de Frankfurt, a mídia produz padrões de comportamentos e pensamentos a serem seguidos pela sociedade. Sendo esse, um dos maiores motivos já que os seriados de TV possuem personagens com preconceitos enraizados onde a mulher tende a ficar em casa e cuidar dos filhos enquanto os homens são considerados os líderes da família. Podendo citar um episódio de ‘’Eu a patroa e as crianças’’ Onde Jay, mulher de Michael Kyle decide voltar a trabalhar, causando uma grande revolta em seu marido já que os afazeres domésticos ficarão pendentes sem ela. A série cria todo um contexto apoiando o lado de Michael. Consequentemente, influenciando os telespectadores a terem esse pensamento machista e criando pessoas intolerantes quanto à ida da mulher no mercado de trabalho, dificultando cada vez mais a liberdade da mulher no mundo hodierno.

:| Em vista dos argumentos apresentados, torna-se necessário atitudes para combater tal realidade. Dessarte, cabe ao Ministério da Educação (MEC) juntar-se com as mídias com o objetivo da inserção de campanhas televisivas que influenciam diretamente a sociedade a denunciar os casos de violência. Então, por sua vez o MEC promoverá palestras com o intuito de mostrar às crianças e os adolescentes a importância de denunciar. Com isso, as mulheres enfrentariam finalmente este obstáculo que está as assombrando desde os primórdios.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Jeniffeeee oi, poderia dar uma olhada?

Sim!

Nos tempos atuais temos muita tecnologia e com el[…]

De acordo com o filósofo Oscar Wilde a ins[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM