Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como: "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
#37169
Na série "Coisa mais linda" a protagonista, Ana Luiza é roubada e abandonada pelo marido, depois de voltar para o Rio de Janeiro. Após se sentir traida. Relembra seus antigos prazeres, e seu amor pela música à ajuda na sua nova jornada. Com o coração ainda doendo, mas com sua vontade de recomeçar. Ela encontra outras mulheres cheias de histórias, que ensinam a ela o poder do amor próprio e quantas possibilidades ela ainda tem. Em síntese, a história de Ana Luiza é a mesma que de tantas outras, que são enganadas e se sentem sozinhas, podendo não ser assim, se a sororidade fosse posta em pratica. Mas são as que mais deviam entender, que pejorativamente "culpam" sua amiga, colega ou conhecida, perguntando se cometeu algum erro para ser deixada. Porque assim foram criadas, para culparem a si mesmas, quando um homem as deixa, as xinga ou até mesmo agredi.
Sabemos que outrora no Brasil, as mulheres precisavam de um marido rico para ajudar a família, eram também "vendidas" por dotes e vistas apenas como um complemento da vida. Tinham ensinamentos dados por sua mãe durante a vida, em que devia ficar calada, obedecer seu marido e não contender com ele. Porque assim como elas, suas mães também foram ensinadas pelas mães delas. Mas como ainda explicar que em pleno século XXI, ainda não se aprendeu o que é sororidade, uma palavra que parece complicada, mas que tem um significado tão simples, "Sejam fraternas com outras mulheres" isto é, seja empatica, não julgue só por ouvir a versão masculina, por mais horrível que você ache a atitude que uma mulher teve, não a chame por apelidos criados por homens para depreciar a todas, não viva como se estivesse nos séculos passados.
Mormente, sabe-se que com o passar dos anos muitas coisas evoluíram, mas não tudo o que é essencial. A visão que uma mulher tem das outras, isso ainda continua. E precisam quebrar o conceito de concordarem que a roupa da outra é muito curta, e que isso parece um convite, que uma mulher apanha porque gosta ou até mesmo utilizar palavras que foram criadas para humilhar a todas. O ápice do feminismo no Brasil acontecerá quando, a ignorância der lugar ao bom senso. E perceberem que todo o dia em que desvalorizam uma outra mulher, estão dando força para que mais para frente, aconteça o mesmo com ela. Uma vez alguém disse "seja uma mulher que levanta outras mulheres" nosso país ainda não aprendeu isso, muitos não sabem se quer o que é feminismo, se conduzem pelo achismo de que é um movimento que odeia homens. Isso porque infelizmente a grande maioria não conhece seu real significado, e sua historia. Pois não é um assunto exposto nas escolas, faculdades ou nas mídias.
Mediante a tudo que foi exposto, é indubitável que no país precisam implementar palestras para falar sobre a rivalidade feminina nas escolas, trabalho e cursos. ensinar coisas como o movimento sufragista. Movimento pós-revolução industrial, em que todas foram as ruas pelo simples direito ao voto, precisam saber a origem de palavras tão íngremes, que muitas vezes são utilizadas em seus cotidianos, mas foram criadas para diminuir a elas próprias. E ensinarem que cada mulher determina seu valor, e não seu marido, pai ou namorado. Afinal, uma sociedade que não conheceu seu passado poderia determinar o valor de alguém, se à mesma está fadada a repertir os mesmos erros em seu presente e futuro. A reeducação feminina na socidade pode fazer, com que cada vez mais historias de sororidade, como na série "Coisa mais linda" sejam vistas e praticadas.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Falta de segurança no Brasil

Promulgada pela ONU em 1948, a declaraç&ati[…]

Ashiley Muito obrigado por ter corrigido!

As fakes news, são as notícias falsa[…]

Com a descoberta do coronavírus em Wuhan, c[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM