Por MariNavarro
#78846
Há milênios os seres-humanos utilizam os recursos naturais de acordo com suas necessidades diárias. Com o passar do tempo a humanidade foi aprendendo e decifrando cada vez mais sobre tudo ao seu redor, oque integra a natureza em si. A relação entre sociedade e natureza está associada a demanda de estratégias e meios sustentáveis de atender as necessidades para com as nações. Infelizmente esta "relação", causa severas consequências. O planeta Terra dispõe recursos formidavelmente benéficos, desde que saibamos resguardá-lo, entretanto apenas utilizamos dos recursos incessantemente, sem que haja necessariamente uma reposição para que tudo se equilibre. O desequilíbrio por sua vez, causa acontecimentos como: aquecimento global, efeito estufa, secas, desmatamentos... Tendo a maioria destas ocorrências por uma marcante do ser-humano, o que muitos consideram e nomeiam como "ganância", embora esta não seja a única razão.
No inicio dos anos de 2019 e 2020 sucederam-se diversas grandes consequências ambientais, entre elas os incêndios na Austrália e Amazônia. Tais acontecimentos poderiam ter tido origem nas características multifatoriais (Velocidade do vento, quantidade de chuva, tipo de matéria orgânica, entre outros), porém entre tantos fatores naturais, foi a obra-humana a razão para tais episódios terem surgido. Conquanto que esteja claro para todos que a ciência necessita de ser bastante cautelosa para apontar um dedo para uma razão específica, o fato do ser-humano ser visto como um forte agente de destruição é no mínimo alarmante. Profusos pesquisadores creem, ainda sim, nas mesclas da ação humana com fatores naturais. Um exemplo são as atividades humanas que causam mudanças climáticas, que por sua vez têm relação com a violenta onda de incêndios. Então a combinação de temperaturas mais escaldantes, de origem natural, com florestas progressivamente mais secas, causadas pelas demandas humanas, são literalmente explosivas e prejudiciais para todo o planeta e sua biosfera. O desfecho que se dá a estes acontecimentos é que a vida, tanto da sociedade quantos dos animais e plantas, é prejudicada.
A fim de chegarmos à um equilíbrio sustentável, necessitamos de estabelecer princípios básicos: incumbir-se das consequências e entender que de nada vale a riqueza se não tivermos um planeta rijo.
@SirRoland69 @pdrinsz @MariNavarro @Henrique796 @Eueduardo
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

GabrielPB , Mylike JoaoPedro72 Alexsandro […]

São muitos os casos de impunidade do sistem[…]

Bom dia pessoal, JoaoPedro72 , muito obrigado p[…]

Agora que lembrei que não é poss&iac[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM