Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos de "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
#49663
Na série criminal espanhola "Vis a Vis", é retratado dia dia a dia de prisioneiras na penitenciária Cruz do Norte. Ao longo da trama, a narrativa revela a violência vivenciada pelas detentas, sobretudo pela personagem Saray, que mesmo grávida sofre vários psicológicos e físicos, além de não ter acesso a um pré-natal adequado. Fora da ficção, fica claro que a realidade apresentada no seriado pode ser relacionada à situação da gestante no Brasil. Isso se evidencia não só pelo descumprimento da responsabilidade constitucional , mas como também por seus preconceitos históricos.
Em primeiro lugar, é importante destacar a ineficiência do Estado como fator fundamental para o agravamento da situação precária em que as gestantes privadas de liberdade se encontram, visto que os presídios brasileiros são administrados de forma estatal. Segundo a constituição de 1988, todo cidadão tem direito á saúde para garantia a garantia de dignidade. Entretanto, a situação das grávidas demonstra que esse direito mão é aplicado na prática, já que muitas vezes nem mesmo o pré-natal pode ser feito de maneira correta.
Além disso, o preconceito e desrespeito á mulheres em situação de cárcere é um fator que reforça a problemática. O Cadastro Nacional de Presas Grávidas e Lactantes, constatou que de todo o total das mulheres que tiveram filhos na prisão 70% são negras, pardas e de baixa renda, parcela historicamente marginalizada e excluída da sociedade. Logo, é vergonhoso que o Estado não tome medidas efetivas para o combate das desigualdades socioeconômicas em presídios.
Portanto, é preciso que o Estado tome providências para amenizar o quadro atual. O Governo deve criar campanhas mais efetivas que visem garantir saúde e qualidade de vida para as gestantes e seus filhos, por meio de redirecionamento de verbas e inspeções aos presídios femininos. Espera-se com isso assegurar o direito constitucional a uma vida digna e saudável não só para as gestantes, mas também para seus filhos.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Embora a Constituição Federal de 198[…]

Embora a Constituição Federal de 198[…]

De acordo com a Constituição Federal[…]

No Brasil o número de doenças mentai[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM