• Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
Avatar do usuário
Por Neris
Quantidade de postagens
#73952
A constituição da OMS — Organização Mundial da Saúde —  afirma: “Saúde é um estado de completo bem-estar físico, mental e social, não apenas a mera ausência de doenças ou enfermidades”. Entretanto, o cenário atual do corpo social  brasiliano rege a vigência  de escassez nutricional no país, devido ao avanço tecnológico no setor alimentício e a desinformação nutrícia. Nessa perspectiva, convém analisar as principais consequências alusivas a esse fenômeno na sociedade brasileira.
  Primeiramente, é válido ressaltar que o centro da enfrenta do avanço tecnológico na área alimentícia corrobora esta entrave. Segundo o Médico Nutricionista, Dirceu Azevedo, pelo hábito de alimentar errado podemos dizer que o homem morre pela boca. Visto que, com o advento das revoluções industriais e implantação de tecnologias na agropecuária, a produção de alimentos mundial dispôs de atender as permanências alimentares da população para atender as demandas da industrialização.
   Portanto, é notória a deterioração nutrícia restringido a conduta não exercida a ideal alimentação. Conforme a pesquisa divulgada pelo Ministério da saúde, os brasileiros atingiram o maior índice de obesidade nos últimos 13 anos; o número de pessoas nessa condição aumentou 67,8% entre 2006 e 2018. Dessa forma, percebe-se  que  os alimentos ultra-processados  transcorreram a serem mais acessados por constituírem um preço acessível, entrementes,  a orientação  para os cidadãos sobre uma essencial alimentação não é revigorada.
    Em suma, observa-se como a saúde nutricional contorna-se em contrastes no cenário hodierno.  Sendo assim, O Governo Federal, em parceria com o Ministério da Saúde, devem criar campanhas para um programa abordando a alimentação nas redes públicas — como escolas e oficinas voluntariadas — para  que  as crianças e os demais cidadãos possam ser orientados  a obter uma alimentação saudável; com a finalidade de prevenir doenças e conceber a oportunidade a população de alimentar-se adequadamente. Dessa maneira, o país poderia superar os estereótipos da saúde nutricional.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

#76480
A constituição da OMS — Organização Mundial da Saúde — afirma: “Saúde é um estado de completo bem-estar físico, mental e social, não apenas a mera ausência de doenças ou enfermidades”. Entretanto, o cenário atual do corpo social brasiliano rege a vigência de escassez nutricional no país, devido ao avanço tecnológico no setor alimentício e a desinformação nutrícia. Nessa perspectiva, convém analisar as principais consequências alusivas a esse fenômeno na sociedade brasileira.

Primeiramente < evite esse conectivo] , é válido ressaltar que o centro da enfrenta do avanço tecnológico na área alimentícia corrobora esta entrave. Segundo o Médico Nutricionista, Dirceu Azevedo, pelo hábito de alimentar errado podemos dizer que o homem morre pela boca < deveria isolar com aspas e transformar em uma citação direta, por conta da 1ª pessoa utilizada ou reescrever o trecho]. [melhorar conectivo > Visto que, com o advento das revoluções industriais e implantação de tecnologias na agropecuária, a produção de alimentos mundial dispôs de atender as permanências alimentares da população para atender as demandas da industrialização. [faltou arrematação]

[deveria usar conectivo de adição e não de conclusão > Portanto, é notória a deterioração nutrícia restringido a conduta não exercida a ideal alimentação. Conforme a pesquisa divulgada pelo Ministério da saúde, os brasileiros atingiram o maior índice de obesidade nos últimos 13 anos; o número de pessoas nessa condição aumentou 67,8% entre 2006 e 2018. Dessa forma, percebe-se que os alimentos ultraprocessados transcorreram a serem mais acessados por constituírem um preço acessível, entrementes, a orientação para os cidadãos sobre uma essencial alimentação não é revigorada. [faltou arrematação]

Em suma, observa-se como a saúde nutricional contorna-se em contrastes no cenário hodierno. Sendo assim, o Governo Federal, em parceria com o Ministério da Saúde, devem criar campanhas para um programa abordando a alimentação nas redes públicas — como escolas e oficinas voluntariadas — para que as crianças e os demais cidadãos possam ser orientados a obter uma alimentação saudável; com a finalidade de prevenir doenças e conceber a oportunidade a população de alimentar-se adequadamente. Dessa maneira, o país poderia < traga sensação de certeza e não de dúvida] superar os estereótipos da saúde nutricional.

Anabia15 , PFVRR CORRIGE MINHA REDAÇ&Atild[…]

Olá, thayolivb . Aqui está a corre&[…]

https://projetoredacaonota1000.com.br/combate-ao-a[…]

GabrielFelix obg💕

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM