Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
#59826
A situação atual do trabalho doméstico no Brasil é bastante precária e com isso acaba se tornando um assunto pouco falado e levado em consideração, até que afete dentro de cada casa, assim como a pandemia em si, até que um parente próximo ou um amigo venha a falecer, não dói e portanto vírus não faz nada, mas isso não é o assunto em questão.


Muitas diaristas tiveram seus trabalhos perdidos por conta da pandemia e são poucas as que continuaram a ser remuneradas por seus contratantes mesmo estando em casa, para prover seu sustento e de sua família ou que puderam continuar seus serviços mesmo com a situação atual. A desvalorização do trabalho doméstico é repugnante, essas pessoas na maioria mulheres, negras, baixa renda salarial e as vezes sem escolaridade nenhuma sofrem diversos tipos de preconceitos diariamente, seja ele racial, social, sobre sua renda, como se veste entre outros mais.

Esse é um assunto que deveria entrar em pauta mais vezes e ser defendido o direito dessas pessoas. Já que elas não tem tanta voz e muitas vezes lugar de fala na sociedade, que as pessoas com maior influência falem por elas, deem espaço para que possam dar suas opiniões sem julgamentos muito menos preconceitos, até porque essas pessoas abordam as vezes assuntos tão fúteis ao invés de buscar o que realmente acontece na realidade de muitas pessoas, até em sua volta muitas vezes. Esse assunto traz um aglomerado de problemas que deveriam ser vistos de outra forma e resolvidos, porque chega a ser desumano o jeito que tratam não só desse mas como de vários outros acontecimentos atuais, que não acontecem há 2 ou 5 anos, mas que vem de décadas, séculos.

E deveria ser dado como comum um homem por exemplo ser um diarista, porque quando se fala nesse assunto o que vem a mente das pessoas é uma mulher faxinando uma casa ou sendo babá, porque foi isso que imposto nos padrões criados e idolatrados pela sociedade, assim como deveria ser comum uma mulher ser motorista, ou jardineira. Tem diversos padrões que grande parte da população espera que sejam desconstruídos e assim construindo uma sociedade pouco melhor pra convivência social.

O feito necessário para que isso ao menos diminua, é começar por uma coisa simples, o respeito ao próximo, começa-se por aí. Esse problema deve ser resolvido e entendido pelas pessoas num contexto geral, em uma maioria os contratantes de serviço. Após boa parte do problema ser resolvido, a interação social aumentará e melhorará mil vezes mais, isso é fato, até porque onde se existe respeito existe harmonia.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Ashiley Oii, você poderia corrigir minh[…]

É de conhecimento geral que, a tradi&ccedi[…]

.Promulgada em 2014 , a Lei 12.965/2014 tem o obje[…]

GabiNatali oi, você pode analisar minha re[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM