Por Anne24
Tempo de Registro Quantidade de postagens
#75924
A Constituição Federal de 1988, documento jurídico mais relevante do país, prevê em seu artigo 231° o reconhecimento dos costumes,línguas crenças e a posse das terras ocupadas tradicionalmente pelos índios. Entretanto, o descaso e a omissão do governo para como os indígenas e as dificuldades enfrentadas por estes no Brasil, impossibilita que essa parcela da população desfrute desse direito universal , na prática. Diante dessa perspectiva, cabe analisar as causas da problemática: a negligência governamental diante das invasões às terras indígenas e o desrespeito às suas crenças e costumes.

Precipuamente, deve-se ressaltar que a supressão de atitudes por parte do governo contribui para esse fator. Nesse sentido, a administração pública do país não adota um posicionamento frente ao assenhoramento de terras indígenas direcionadas ao agronegócio,à mineração e ao desmatamento, pelo contrário, a irreverência ao direito constitucionalista dos aborígenes vem aumentando nos últimos anos,e consequentemente, culminando na expulsão e assassinato de povos aboriginários. Essa conjuntura, tem relação com a ideia de violação do "Contrato Social" do filósofo contratualista de John Locke,já que o Estado não cumpre sua função de garantir que as pessoas desfrutem de direitos indispensáveis. Dessarte, é mister que essa quadro seja suprimido.

Ademais, é fundamental salientar a discriminação dos hábitos dos índios com impulsionadora das dificuldades enfrentadas por eles no Brasil. Nesse contexto, essa situação já vem desde a chegada da Companhia de Jesus em 1549, os quais promoveram a catequização dos nativos, não respeitando suas crenças e religiões. Diante desse exposto, na contemporaneidade, a população ainda está arraigada na ideologia de mudar os costumes indígenas, não tolerando o pensamento indianista, suas línguas, costumes, crenças e etnia, e muitas vezes utiliza-se de práticas violentas e ofensivas contra estes. Logo, é preciso reverter esse cenário.

Infere-se, portanto, a necessidade de combater os tais obstáculos. Para isso, é imprescindível que o Ministério da Justiça, através da FUNAI - Fundação Nacional do Índio, a qual é o órgão responsável pela proteção aos povos indígenas - promova estudos de delimitação, demarcação e a regularização das terras indígenas, por meio do registro das propriedades tradicionalmente ocupadas, bem como a organização e reconhecimento de seus costumes, línguas, crenças e tradições, a fim de que a sociedade indígena alcance a plena autonomia e autodeterminação. Somente assim, se consolidará uma nação admiradora de suas diferenças, na qual a Magna Carta seja permeada pela efetivação.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com boa estrutura sintática, com poucos desvios de pontuação, de grafia e de emprego do registro exigido.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo, ou seja, em seu texto, o tema é desenvolvido de modo consistente e autoral, por meio do acesso a outras áreas do conhecimento, com progressão fluente e articulada ao projeto do texto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema proposto, de forma consistente e organizada, configurando autoria, ou seja, os argumentos selecionados estão organizados e relacionados de forma consistente com o ponto de vista defendido e com o tema proposto, configurando-se independência de pensamento e autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula as partes do texto com poucas inadequações e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora excelente proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Trata-se de redação cuja proposta de intervenção seja muito bem elaborada, relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, abrangente e bem detalhada.

Avatar do usuário
Por Biagea
Tempo de Registro Quantidade de postagens
#76162
Introdução: parabéns você compreendeu a construção de uma introdução.
Argumentação: na primeira argumentação seria melhor ter colocado o filósofo no começo do parágrafo após isso você explicaria muito melhor a sua tese e depois concluiria melhor para dar coerência ao parágrafo.
Obs: a única coisa que não está muito boa na argumentação são as conclusões lembre-se que essas conclusões tem que explicar a sua tese Então sempre que terminar lá volte para ver se você está explicando a sua tese. Lembre-se também que conclusão é um resumo do que você escreveu no parágrafo.
Conclusão: parabéns você compreendeu a construção de uma introdução.
Ademais, dou os parabéns, pois esse tema é muito difícil e a ocorrência de repetições das palavras índios, indígenas e nativos São muito frequentes, mas você usou sinônimos muito bons o que fez seu texto não ficar repetitivo.
Gramática: frase "essa quadro" está incorreta o certo seria "esse quadro".
Não sou uma expert em correção de redação e muito menos de gramática, mas espero ter ajudado.
Obs: pratique a conclusão da argumentação para alcançar a excelência
0
Similar Topics
Tópicos Estatísticas Última mensagem
A questão do Índio no Brasil contemporâneo
por Carmo    - In: Outros temas
2 Respostas 
175 Exibições
por Larasaaaa
A questão do Índio no Brasil contemporâneo
por Carmo    - In: Outros temas
1 Respostas 
68 Exibições
por Carmo
0 Respostas 
139 Exibições
por Gioenvan
3 Respostas 
234 Exibições
por Jubileu
2 Respostas 
369 Exibições
por Iurymed
0 Respostas 
134 Exibições
por Vestibular21
6 Respostas 
297 Exibições
por JoaoPedro72
18 Respostas 
551 Exibições
por Mylike
0 Respostas 
85 Exibições
por ludmylaa
0 Respostas 
85 Exibições
por Stephbe

ALGUÉM CORRIGE ISSO, PELO AMOR!

Na obra "A política" de A[…]

O tema do texto ser trata de obesidade infantil no[…]

Invisibilidade civil

Em 1888 foi o ano em que a "lei Áu[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM