• Avatar do usuário
#62749
No século XVIII, a geração romântica indianista buscava valorizar , na literatura a figura do índio como verdadeira essência do povo brasileiro. Entretanto, a valorização proposta no romantismo permaneceu apenas como obra literária, de modo que as populações indígenas e os seus interesses sejam negligenciados . Nessa conjuntura, convém analisar que a inobservância estatal e o etnocentrismo social são pilares fundamentais da chaga.




Em primeira análise, destaca-se que a negligência governamental apresenta íntima relação com a desvalorização indígena no Brasil contemporâneo. Acerca disso segundo o filósofo italiano Norberto Bobbio a dignidade humana é uma qualidade intrínseca ao homem capaz de lhe dar o direito ao respeito e á consideração por parte do estado. Nessa lógica é notável que o poder público não cumpre o seu dever enquanto agente fornecedor de direitos mínimos uma vez que não oferece aos Indigenas , a proteção de suas terras constitucionalmente demarcadas , deixando-as livres para a apropriação ilegal de terceiros. Desse modo,o governo atua como agente perpetuador da deturpação da terra dos Índios , sendo imperioso a análise do problema.




Ademais, é fulcral pontuar que o etnocentrismo da sociedade também colabora para a valorização dos Índios no território brasileiro. A esse respeito, o sociólogo Gilberto Freyre defendia em sua obra " casa grande e senzala" , que a formação do Brasil aconteceu baseada na figura etnocentrica e
preconceituosa. Nesse sentido, evidencia -se que o preconceito denunciado por Freyre impôs a desvalorização da cultura Indígena , cuja imposição representa um retrocesso e motiva as generalizações de que os costumes Indígenas , baseia-se apenas nos cocas e pinturas corporais . Assim, enquanto a cultura dos Índios for marginalizada ,tal minoria será desvalorizada.







Infere-se portanto, que a situação hodierna dos Índios é um tema relevante e que carece de soluções. Sendo assim , cabe ao ministério público defender as terras demarcadas, por meio do intermédio dos processos judiciais pertinentes , como ação público, focando na retirada de invasores ilegais das terras deturpadas e devolução para os verdadeiros donos , a fim de erradicar a apropriação de terras demarcadas. Dessa forma , diferentemente da geração indianista, a valorização dos interesses dos Índios não seja apenas ficção .
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Ashiley , jherodrigues , eurodrigo , Dant[…]

No Brasil, apesar dos avanços promovidos pe[…]

Muitas pessoas hoje em dia usam a tecnologia ao se[…]

No Brasil, apesar dos avanços promovidos pe[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM