Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos de "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
#46697
Segundo as ideias do cientista Albert Einstein, ''É mais fácil desintegrar um átomo do que um preconceito. Paralelo a isso, quando se observa a questão do bullying nas escolas brasileiras, hodiernamente, nota-se que esse pensamento é constatado na teoria e na prática. Além disso, o bullying na formação educacional configura-se como um dos fatores prepoderantes que o impedem o auto desenvolvimento do indivíduo. Com isso, faz-se imperiosa a análise dos fatores que favorecem a essa problemática no ambiente de ensino do Brasil.
Em primeiro lugar, deve-se ressaltar a ausência de medidas governamentais para reduzir essa intolerância no local escolar. Nesse sentido, esse empecilho é notório durante muito tempo, onde a pessoa acaba mantendo sigilosa e sente-se inferior a outra, onde acaba não sabendo lidar com essa situação na escola. Essa conjuntura, segundo as ideias de John Locke, viola o ''Contrato Social'', já que o Estado não cumpre sua função de garantir os direitos indispensáveis, como a proteção e a saúde mental.
Em segunda instância, desde o Iluminismo, entende-se que uma sociedade só progride quando um se mobiliza com o outro. No entanto, verifica que na prática, esse ideal não funciona na nação, uma vez que o Governo acaba não dando visibilidade a esse assunto no país. A partir disso, o Bullying acaba sendo um impulsionador a doenças ligadas à saúde mental. Com isso, é inadmissível que esse cenário continue a perdurar.
Em face do exposto, o Governo deve investir na redução da Bullying, por meio da criação de programas de conscientização no local escolar, com o objetivo de levar as pessoas para conviver com a diferença. Para além disso, o Estado deve promover campanhas publicitárias, por meio de redes de comunicação, com o fito de levar as pessoas a mensagem de auto aceitação, a fim de se conviver numa sociedade harmônica e sem preconceitos, fazendo jus ao ideal de Albert Einstein.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

De acordo com a Constituição Federal[…]

Na novela "O tempo não para", &ea[…]

KelvinLucas BrendaAdnerb pvictor20 Allissom[…]

Na obra "Utopia", do escritor inglê[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM