Por brimoura
Tempo de Registro
#77138
A Constituição de 1988 assegurou os direitos sociais para todos os cidadãos brasileiros. Entretanto, ao observar o cenário nacional atual, percebe-se que essa determinação não tem sido respeitada, já que a gordofobia — bastante presente no cotidiano brasileiro — impossibilita certos indivíduos do acesso à educação, a espaços de lazer, etc. Os principais problemas resultados desse preconceito são o desenvolvimento de doenças mentais em crianças e adolescentes e a falta de acessibilidade para pessoas gordas. Dessa forma, é preciso pensar nas formas de combater essa discriminação.
Em primeiro lugar, a gordofobia pode ser extremamente prejudicial para as crianças e adolescentes. Isso porque, nessa fase de estruturação mental, as brincadeiras e comentários maldosos causam grandes danos na autoestima do indivíduo. Eles podem, inclusive, gerar transtornos psicológicos e alimentares a partir do descontentamento com o próprio corpo. Nesse sentido, pode-se citar o estudo realizado em Porto Alegre, do Hospital das Clínicas, em que mais de 75% das crianças entrevistadas apresentaram insatisfação com sua imagem corporal. Logo, o perigo de desenvolverem depressão e ansiedade é grande e, por isso, é preciso considerar meios de proteger essas crianças da gordofobia.
Além disso, a privação de acesso físico a lugares públicos é uma realidade para a população gorda. Isso se deve devido ao preconceito estrutural na sociedade que planeja a construção de espaços destinados apenas às pessoas magras. Consequentemente, aqueles que não se encaixam nesse padrão precisam lidar com situações constrangedoras, como ficar preso na catraca de ônibus, por exemplo. Ademais, essa exclusão social é refletida também no mercado de trabalho, como mostra a empresa Catho Online: 59% dos gerentes entrevistados admitiram ter certa objeção no momento de contratar funcionários obesos. Assim, é mister que o Governo adote medidas que visem o aumento de acessibilidade para cidadãos gordos.
Fica evidente, portanto, que ações precisam ser tomadas para resolver esse problema. O Ministério do Trabalho deve organizar ações de incentivo a contratação de pessoas gordas, por meio de palestras e campanhas publicitárias, a fim de demonstrar a importância da igualdade de oportunidades. Dessa forma, será possível aumentar o número de gordos nos postos de trabalho e os direitos sociais, da Constituição Cidadã, alcançarão uma parte maior da população.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

A logística e infraestrutura da Funda&ccedi[…]

oii gente! Quem puder corrigir minha redaç&[…]

Deivid16 3m1ly Willa Quem puder corrigir ess[…]

Eraldonunes , Davila pode corrigir pfv EuDavi[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM