Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos de "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
#46280
Um estudo publicado pela Revista de Direito Sanitário, em 2016, revela que a criança brasileira passa, em média, 5 horas e meia por dia em frente à televisão, sendo exposta a uma quantidade exorbitante de publicidade. À vista disso, percebe-se que a publicidade infantil, efetuada de forma irresponsável no Brasil, configura-se como uma realidade, permitida em razão da má influência midiática e da lacuna educacional, fatores que a tornam uma problemática no contexto atual.

Em primeira análise, a má influência midiática é uma causa latente do problema. A respeito disso, o sociólogo Pierre Bourdieu defende que não deve ser convertido em mecanismo de opressão o que foi criado para ser instrumento de democracia. Contudo, empresas e suas associadas vêm utilizando, de forma inadequada, propagandas com elementos que atraem o público infantil, incentivando o consumo descontrolado desse público sobre seus produtos, e visando somente o lucro dos mesmos.

Outrossim, a lacuna educacional é um fator que permite a perpetuação do problema. Nesse sentido, o filósofo Immanuel Kant afirma que o homem é resultado da educação que teve. Sob esse viés, é inadmissível que as instituições escolares não promovam, de forma ampla, debates acerca da publicidade infantil irresponsável. Por consequência, essa atitude ocasiona silenciamento da problemática entre os seus jovens alunos, fazendo com que os mesmos não saibam discernir, de forma correta, as propagandas que visam somente o consumo demasiado e o lucro sobre seus produtos.

Portanto, faz-se necessária uma intervenção. Sob essa lógica, cabe ao Ministério da Educação, em parceria com as instituições escolares, combater a publicidade infantil inadequada, por meio de palestras em sala de aula, a fim de que as crianças saibam discernir, de forma correta, as propagandas a que são expostas. Além disso, essas palestras podem contar com a reprodução de vídeos, que mostrem os perigos acerca da influência negativa da publicidade, na vida das crianças. Dessa forma, as propagandas infantis irresponsáveis não serão uma realidade no Brasil.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com boa estrutura sintática, com poucos desvios de pontuação, de grafia e de emprego do registro exigido.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente e apresenta bom domínio do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. Embora ainda possa apresentar alguns problemas no desenvolvimento das ideias, o tema, em seu texto, é bem desenvolvido, com indícios de autoria e certa distância do senso comum demonstrando bom domínio do tipo textual exigido.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, mas limitados aos argumentos dos textos motivadores e pouco organizados, ou seja, os argumentos estão pouco articulados, além de relacionados de forma pouco consistente ao ponto de vista defendido.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula bem as ideias, os argumentos, as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos, sem inadequações.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora excelente proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Trata-se de redação cuja proposta de intervenção seja muito bem elaborada, relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, abrangente e bem detalhada.

#46291
Contextualização
Apresentação do tema
Tese
Tópico Frasal
Dados
Argumentação
Arrematação da Tese
Arrematação de tese na conclusão
Elementos da proposta de intervenção
Frase de efeito
Termos coesivos
Comentários

Um estudo publicado pela Revista de Direito Sanitário, em 2016, revela que a criança brasileira passa, em média, 5 horas e meia por dia em frente à televisão, sendo exposta a uma quantidade exorbitante de publicidade. À vista disso, percebe-se que a publicidade infantil, efetuada de forma irresponsável no Brasil, configura-se como uma realidade, permitida em razão da má influência midiática e da lacuna educacional, fatores que a tornam uma problemática no contexto atual.( Boa, contextualiza, apresenta o tema e a tese! Só aconselho a separar a apresentação do tema da tese por períodos!)

Em primeira análise, a má influência midiática é uma causa latente do problema. A respeito disso, o sociólogo Pierre Bourdieu defende que não deve ser convertido em mecanismo de opressão o que foi criado para ser instrumento de democracia. Contudo, empresas e suas associadas vêm utilizando, de forma inadequada, propagandas com elementos que atraem o público infantil, incentivando o consumo descontrolado desse público sobre seus produtos, e visando somente o lucro dos mesmos.( Nesse d1, sua argumentação está rasa e superficial. Faltou arrematar a tese!!)

Outrossim, a lacuna educacional é um fator que permite a perpetuação do problema. Nesse sentido, o filósofo Immanuel Kant afirma que o homem é resultado da educação que teve. Sob esse viés, é inadmissível que as instituições escolares não promovam, de forma ampla, debates acerca da publicidade infantil irresponsável. Por consequência, essa atitude ocasiona silenciamento da problemática entre os seus jovens alunos, fazendo com que os mesmos não saibam discernir, de forma correta, as propagandas que visam somente o consumo demasiado e o lucro sobre seus produtos.( Nesse d2 sua argumentação está pertinente, só falta arrematar a tese!)

Portanto, faz-se necessária uma intervenção. Sob essa lógica, cabe ao Ministério da Educação, em parceria com as instituições escolares,( Agente) combater a publicidade infantil inadequada( Ação), por meio de palestras em sala de aula( Meio), a fim de que as crianças saibam discernir, de forma correta, as propagandas a que são expostas( Finalidade). Além disso, essas palestras podem contar com a reprodução de vídeos, que mostrem os perigos acerca da influência negativa da publicidade, na vida das crianças( Detalhamento). Dessa forma, as propagandas infantis irresponsáveis não serão uma realidade no Brasil.]( Conclusão completa!!)

Sua redação precisa de melhora. Estude argumentação e arrematação de tese![
No mais , é só!

Nota 680. Competência I: 160 (Voc&eci[…]

analfabetismo no Brasil

Atualmente, o analfabetismo ainda tem sido um prob[…]

De acordo com o sociólogo Émile Durk[…]

Podemos ver no filme "Muito além do Pe[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM