• Avatar do usuário
#53603
A constituição Federal brasileira de 1988, garante a todos o direito de liberdade individual. Porém um tema de discussão atual: '' a proibição do consumo de bebidas alcoólicas em vias públicas'', vem colocando em risco o direito individual. É inviável essa proibição, pois passa a ferir um direito garanta a liberdade, porém deve-se observar também que o direito de cada um deve ter limites.

Primeiramente, a proibição do uso de álcool em vias públicas fere fortemente o artigo 5 da Constituição Federal, visto que impediria a liberdade individual o que é garantido por ela. Em Canoinhas estado de Santa Catarina, houve uma lei municipal que proibia o uso de bebida alcoólicas em alguns locais públicos, logo a lei foi derrubada justamente por ser considerada inconstitucional pelo Tribunal de Justiça local.

Em segundo lugar, a partir do momento em que o consumo de álcool exagerado em vias públicas, passe a incomodar a ordem, deve-se observar que o direito de cada um termina onde o do outro começa. É evidente que se estabeleça um limite, para a desordem provocada pelo exagero, buscando respeitar também os direitos e garantias fundamentais estabelecidos no Brasil.

Sendo assim, a proibição do álcool em si não é inconstitucional mas a privação de liberdade do indivíduo sim. Portanto, cabe ao Estado por meio da criação de leis mais rígidas impor sanções e multas para aqueles que: exagerem no álcool e venha a causar danos e desordem públicas. A conscientização também é importante visto que em certos pontos o alcoolismo é uma doença. Cabendo ao Estado também dar assistência em internação ou em grupos de apoio.


@GlendaMorais se puder ver mais uma. Muito obrigado!!!!
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

#53740
A Constituição Federal brasileira de 1988, garante a todos o direito de liberdade individual. Porém, um tema de discussão atual: ''a proibição do consumo de bebidas alcoólicas em vias públicas'', vem colocando em risco o direito individual. [faltou conectivo] É inviável essa proibição, pois passa a ferir um direito garanta a liberdade, porém deve-se observar também que o direito de cada um deve ter limites.
* Acho que radicalizou muito o ponto de vista, se no final você vai defender que não é inconstitucional, então deveria apresentar os argumentos de ponderação de direitos fundamentais, o princípio da razoabilidade e proporcionalidade, essas coisas...
* Deixou a redação confusa e contraditória. Uma hora ataca a proibição e depois defende, ficou incoerente. Cuidado que isso perde muito ponto no concurso público


[vi em uma aula que é bom evitar esse conectivo, prefira: Em uma primeira análise] Primeiramente, a proibição do uso de álcool em vias públicas fere fortemente < muito bom colocar palavras assim para impactar seu ponto de vista] o artigo 5 da Constituição Federal, visto que impediria a liberdade individual o que é garantido por ela. [faltou conectivo] Em Canoinhas, estado de Santa Catarina, houve uma lei municipal que proibia o uso de bebida alcoólicas em alguns locais públicos, logo a lei foi derrubada justamente por ser considerada inconstitucional pelo Tribunal de Justiça local.
* Muito repertório e pouca argumentação
* Faltou arrematar a tese no final


Em segundo lugar, a partir do momento em que o consumo de álcool exagerado em vias públicas, passe a incomodar a ordem, deve-se observar que o direito de cada um termina onde o do outro começa. [faltou conectivo] É evidente que se estabeleça um limite, para a desordem provocada pelo exagero, buscando respeitar também os direitos e garantias fundamentais estabelecidos no Brasil.
* Faltou organizar o parágrafo: apresentar o argumento + repertório + argumentação + arrematação

Sendo assim, a proibição do álcool em si não é inconstitucional, mas a privação de liberdade do indivíduo sim. Portanto, cabe ao Estado por meio da criação de leis mais rígidas impor sanções e multas [já existe isso] para aqueles que: exagerem no álcool e venha a causar danos e desordem públicas. [faltou conectivo] A conscientização também é importante visto que em certos pontos o alcoolismo é uma doença. [faltou conectivo] Cabendo ao Estado também dar assistência em internação ou em grupos de apoio.
* Há alteração da lei frequentemente nesse sentido de rigidez, poderia ter proposto mais fiscalização em estabelecimentos e a realização de blitz, para assim obter a eficiência da lei. Na parte da conscientização poderia ter sugerido a continuidade em campanhas do detran e outros órgãos cabíveis.

Espero ter ajudado! :D

Aqui está a minha análise da sua r[…]

Ficou espetacular! :) Muito obrigado!!

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM