Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
#58376
Primeiramente é preciso entender o conceito desses dois temas, para que possamos descobrir as adversidades entre eles. A moralidade privada aborda sobre seu conhecimento individual, o  que acha certo ou errado e como prefere seus meios de viver. Enquanto a moralidade pública aborda uma ação de modo coletivo, ou seja, ações relacionadas ao que um grupo de pessoas pensa, ou vive do formato que avalia ser justo.

Por isso muitas das vezes ao agirmos dentro de um conceito de formação privado, é deixado de lado a ética, tendo a escolha de fazer o que é bom ou não para o próximo, ou a ele mesmo, se torna uma ação de bem particular, não pensando nos que essas ações podem  causar a outrem. Mas a moralidade pública, procede das ações coletivas, fazendo o que é certo ou errado, feito a um indivíduo ou a uma sociedade, como benefício universal.

A partir disso, o que pratica a moralidade pública ele é considerado agente dessa ação, pois não lhe resta escolha do que fazer só agir com ética e o da moralidade privada passa a ser sujeito, pois, assume o direito de escolher ou não a finalidade destas ações.

A complexidade destas duas ações põe em conflito a ética e a moral, pois assim fica impossível de exercer totalmente às duas. Pois, indivíduo tem seu convívio particular e social. Vamos citar um exemplo de um fiscal de um órgão que fiscaliza um setor do meio ambiente de autarquia nacional, devendo autuar se determinada empresa ou pessoa não estiver cumprindo com as normas ou leis vigentes para conservação do mesmo, e o tal fiscal encontra sendo feito um desmatamento e lhe é oferecido um suborno para passar desapercebido tais ações, fica tendente a se portar como agente, cumprindo com suas obrigações não ferindo as regras que está sendo submetido ou atuar como sujeito onde ele define se quer ou não aceitar a aliciação ofertada para a realização das punições desta atividade, devido a uma necessidade de interesse particular.

A este dilema social e filosófico dá-se a problemática dos dois contextos em qual forma o indivíduo deve ou vai agir na moralidade privada, ou pública.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

:D Segundo Paul Atson, co- fundador da Greenpeace […]

O isolamento social durante a pandemia de covid-19[…]

camis23 adorei a correção, concert[…]

No livro, "Os sete maridos de Evelyn Hugo&quo[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM