Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos de "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
#47497
A Constituição Federal de 1988, garante promover o bem de todos, sem preconceitos de origem, raça, cor, sexo, idade e quaisquer outras formas de discriminação. Esse cenário contribui para a análise do bullying nas escolas, visto que, embora seja uma garantia constitucional o que se percebe é a não aplicação desse direito na prática. Desse modo, existem fatores que favorecem a existência desse entrave, como a exclusão social, além da falta de diálogo nas escolas.

Primeiramente, a exclusão social emerge como influenciador dessa problemática. No livro "O Extraordinário", Auggie Pulman, consegue enfrentar, com a ajuda de sua família, a exclusão e o bullying sofrido na escola devido a sua aparência. Nessa lógica, é possível observar o que acontece na realidade de hoje. Dessa maneira, se a postura da sociedade em relação à causa não mudar, difícil será a dissolução dessa problemática.

Além disso, a falta de diálogo nas escolas apresenta-se como fator que auxilia a permanência do bullying. Segundo o sociólogo Émile Durkhekm, a escola é uma instituição formadora de opinião e fundamental para a plena formação social do indivíduo. Nesse viés, é perceptível que se houver omissão da escola, pode afetar diretamente na formação social dos alunos.

Urge, portando, que o Ministério da Educação, deve promover projetos para serem trabalhados nas escolas, os quais promova palestras, atividades e campanhas feitas de maneira sistemática, realizadas por meio do Governo e da Escola, já que estas são a máquina socializadora do Estado, a fim de buscar o bem de todos, sem discriminação
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com boa estrutura sintática, com poucos desvios de pontuação, de grafia e de emprego do registro exigido.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente e apresenta bom domínio do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. Embora ainda possa apresentar alguns problemas no desenvolvimento das ideias, o tema, em seu texto, é bem desenvolvido, com indícios de autoria e certa distância do senso comum demonstrando bom domínio do tipo textual exigido.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, mas limitados aos argumentos dos textos motivadores e pouco organizados, ou seja, os argumentos estão pouco articulados, além de relacionados de forma pouco consistente ao ponto de vista defendido.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula bem as ideias, os argumentos, as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos, sem inadequações.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora bem proposta de intervenção relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, articulada e abrangente, ainda que sem suficiente detalhamento.

#47504
milenamelo escreveu:@Geralcinoj pode corrigir pfv? :)
Posso sim! Só peço que aguarde.
#47515
CORREÇÃO (X)

A Constituição Federal de 1988,(1) garante promover o bem de todos, sem preconceitos de origem, raça, cor, sexo, idade e quaisquer outras formas de discriminação. Esse cenário contribui para a análise do bullying nas escolas, visto que, embora seja uma garantia constitucional,(!) o que se percebe é a não aplicação desse direito na prática. Desse modo, existem fatores que favorecem a existência desse entrave, como a exclusão social(2), além da falta de diálogo nas escolas.

Primeiramente, a exclusão social emerge como influenciador dessa problemática. No livro "O Extraordinário", Auggie Pulman, consegue enfrentar, com a ajuda de sua família, a exclusão e o bullying sofrido na escola devido a sua aparência. Nessa lógica, é possível observar o que acontece na realidade de hoje. Dessa maneira, se a postura da sociedade em relação à causa não mudar, difícil será a dissolução dessa problemática.

Além disso, a falta de diálogo nas escolas apresenta-se como fator que auxilia a permanência do bullying. Segundo o sociólogo Émile Durkhekm, a escola é uma instituição formadora de opinião e fundamental para a plena formação social do indivíduo. Nesse viés, é perceptível que se houver omissão da escola, pode afetar diretamente na formação social dos alunos.

Urge, portando, que o Ministério da Educação,(1) deve promover projetos para serem trabalhados nas escolas, os quais promova palestras, atividades e campanhas feitas de maneira sistemática, realizadas por meio do Governo e da Escola, já que estas são a máquina socializadora do Estado, a fim de buscar o bem de todos, sem discriminação.

(!)-Faltou a vírgula.
(1)-Vírgula separando o sujeito do verbo. Isso é incorreto.
(2)-Você ter falado que um dos causadores do Bullying é a exclusão social é ok, mas o que você escreve ao decorrer do desenvolvimento é outro fator. O que estava esperando era falar que os praticantes de bullying são os que tem algum problema social, no âmbito familiar por exemplo. Porém, você escreve da vítima. Achei bastante estranho. :|

Não tive muito o que falar. Somente recomendo que escreva mais, principalmente na argumentação. Vou deixar alguns links como recomendação.

#47861
@milenamelo, oi! Como o Geralcino já olhou a sua correção eu sou ou fazer alguns comentários.
:arrow: tente argumentar mais, releia o seu texto e tente perceber que você não possui argumentação, só o tópico+o repertório+ o fechamento. A sua C3 vai ficar bastante prejudicada por isso :(
No próximo texto, tente se posicionar definitivamente sobre o problema.
É isso, até mais ;)

A constituição federal de 1988, docu[…]

Alfabetização

No filme, " o menino que descobriu o vento &q[…]

@Geralcinoj @Jeniffeeee @jherodrigues Oi gente,[…]

Ashley XxDamastco Francis Bacon jherodrigue[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM