• Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
#73624
A Constituição Federal, promulgada em 1988, garante o direito ao lazer, como; visita a patrimônio históricos brasileiros. Entretanto, é evidente que apesar do que se é garantido na carta magma e a importância para o entretenimento dos cidadãos, o patrimônio histórico cultural sofre um notório descaso perante a sua preservação. Isso porque, há frequentemente uma negligência estatal e a falta de conhecimento, principalmente dos jovens, perante a importância desses recursos, levando – os a promoverem gestos de vandalismo contra esses patrimônios.


Em primeira análise, é importante destacar a negligencia estatal como um dos principais fatores para a continuidade desse descaso perante essas estruturas culturais. Sob essa ótica, o estado contradiz com seus deveres quanto zelar e promover medidas para a preservação desses patrimônios brasileiros. Dentro desse contexto, tem- se como exemplo, o incêndio na Cinemateca brasileira em São Paulo no ano de 2021, causado pelo silenciamento e ineficácia do estado perante a solicitação dos representantes do futuro museu, uma equipe para a fiscalização dos materias, para escassear as possibilidades de incêndio. Urge, dentro desse aspecto, que medidas sejam tomadas para a preservação desses bens da cultura brasileira.


Ademais, a falta de conhecimento dos cidadãos perante a importância desses recursos culturais e históricos levam a degradação destes e intensificação da problemática. Dentro desse aspecto, segundo a teoria “ Instituições Zumbis”, do sociólogo Zygmunt Bauman, algumas associações deixam de fazer suas funções. Nesse panorama, fica evidente a escola como uma instituição zumbi, haja vista que, por não cumprir com seu dever de ensinar sobre a educação cultural, muitos cidadãos tendem a degradar esses patrimônios jogando lixo e fazendo pichações. Sendo assim, tornando necessário o ensino acerca do tema nas escolas.


Logo, medidas são necessárias para resolver o impasse. Para isso, o Ministério da Educação adicione na grade escolar o ensino sobre a importância do patrimônio público, por meio de uma palestra e reunião com os educadores. Somando a isso, o Poder Legislativo – este responsável por estabelecer as leis do estado- deve criar uma lei com intuito de punir e fiscalizar a realização do estado perante solicitações para a preservação do patrimônio histórico cultural, a fim de diminuir a negligência e desinformação perante a importância desses legados. Com essas medidas, será possível a preservação do patrimônio histórico cultural e a eficácia do o acesso ao lazer como garantido na constituição Federal.

@Dante
@Hello
@GabyyOliver
@vitoriaca

Poderiam corrigir e pontuar minha redação? Por favor? Obrigada desde já! 💖

Peço desculpas caso tenham pedido a análise de alguma redação! Em decorrência da volta das aulas e certa dificuldade para organizar meu tempo, não estou conseguindo fazer análises. 🥺
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra domínio mediano da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com alguns desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com estrutura sintática mediana para o grau de escolaridade exigido, porém com alguns desvios morfossintáticos, de pontuação, de grafia ou de emprego do registro adequado ao tipo textual.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo, ou seja, em seu texto, o tema é desenvolvido de modo consistente e autoral, por meio do acesso a outras áreas do conhecimento, com progressão fluente e articulada ao projeto do texto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema proposto, de forma consistente e organizada, configurando autoria, ou seja, os argumentos selecionados estão organizados e relacionados de forma consistente com o ponto de vista defendido e com o tema proposto, configurando-se independência de pensamento e autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula as partes do texto com poucas inadequações e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora bem proposta de intervenção relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, articulada e abrangente, ainda que sem suficiente detalhamento.

#74743
geoca escreveu:A Constituição Federal, promulgada em 1988, garante o direito ao lazer, como; visita a patrimônio históricos brasileiros. Entretanto, é evidente que apesar do que se é garantido na carta magma e a importância para o entretenimento dos cidadãos, o patrimônio histórico cultural sofre um notório descaso perante a sua preservação. Isso porque, há frequentemente uma negligência estatal e a falta de conhecimento, principalmente dos jovens, perante a importância desses recursos, levando – os a promoverem gestos de vandalismo contra esses patrimônios.


Em primeira análise, é importante destacar a negligencia estatal como um dos principais fatores para a continuidade desse descaso perante essas estruturas culturais. Sob essa ótica, o estado contradiz com seus deveres quanto zelar e promover medidas para a preservação desses patrimônios brasileiros. Dentro desse contexto, tem- se como exemplo, o incêndio na Cinemateca brasileira em São Paulo no ano de 2021, causado pelo silenciamento e ineficácia do estado perante a solicitação dos representantes do futuro museu, uma equipe para a fiscalização dos materias, para escassear as possibilidades de incêndio. Urge, dentro desse aspecto, que medidas sejam tomadas para a preservação desses bens da cultura brasileira.


Ademais, a falta de conhecimento dos cidadãos perante a importância desses recursos culturais e históricos levam a degradação destes e intensificação da problemática. Dentro desse aspecto, segundo a teoria “ Instituições Zumbis”, do sociólogo Zygmunt Bauman, algumas associações deixam de fazer suas funções. Nesse panorama, fica evidente a escola como uma instituição zumbi, haja vista que, por não cumprir com seu dever de ensinar sobre a educação cultural, muitos cidadãos tendem a degradar esses patrimônios jogando lixo e fazendo pichações. Sendo assim, tornando necessário o ensino acerca do tema nas escolas.


Logo, medidas são necessárias para resolver o impasse. Para isso, o Ministério da Educação adicione na grade escolar o ensino sobre a importância do patrimônio público, por meio de uma palestra e reunião com os educadores. Somando a isso, o Poder Legislativo – este responsável por estabelecer as leis do estado- deve criar uma lei com intuito de punir e fiscalizar a realização do estado perante solicitações para a preservação do patrimônio histórico cultural, a fim de diminuir a negligência e desinformação perante a importância desses legados. Com essas medidas, será possível a preservação do patrimônio histórico cultural e a eficácia do o acesso ao lazer como garantido na constituição Federal.

@Dante
@Hello
@GabyyOliver
@vitoriaca

Poderiam corrigir e pontuar minha redação? Por favor? Obrigada desde já! 💖

Peço desculpas caso tenham pedido a análise de alguma redação! Em decorrência da volta das aulas e certa dificuldade para organizar meu tempo, não estou conseguindo fazer análises. 🥺
Alguém poderia corrigir, por favor?
#75906
geoca escreveu:A Constituição Federal, promulgada em 1988, garante o direito ao lazer, como; visita a patrimônio históricos brasileiros. Entretanto, é evidente que apesar do que se é garantido na carta magma e a importância para o entretenimento dos cidadãos, o patrimônio histórico cultural sofre um notório descaso perante a sua preservação. Isso porque, há frequentemente uma negligência estatal e a falta de conhecimento, principalmente dos jovens, perante a importância desses recursos, levando – os a promoverem gestos de vandalismo contra esses patrimônios.


Em primeira análise, é importante destacar a negligencia estatal como um dos principais fatores para a continuidade desse descaso perante essas estruturas culturais. Sob essa ótica, o estado contradiz com seus deveres quanto zelar e promover medidas para a preservação desses patrimônios brasileiros. Dentro desse contexto, tem- se como exemplo, o incêndio na Cinemateca brasileira em São Paulo no ano de 2021, causado pelo silenciamento e ineficácia do estado perante a solicitação dos representantes do futuro museu, uma equipe para a fiscalização dos materias, para escassear as possibilidades de incêndio. Urge, dentro desse aspecto, que medidas sejam tomadas para a preservação desses bens da cultura brasileira.


Ademais, a falta de conhecimento dos cidadãos perante a importância desses recursos culturais e históricos levam a degradação destes e intensificação da problemática. Dentro desse aspecto, segundo a teoria “ Instituições Zumbis”, do sociólogo Zygmunt Bauman, algumas associações deixam de fazer suas funções. Nesse panorama, fica evidente a escola como uma instituição zumbi, haja vista que, por não cumprir com seu dever de ensinar sobre a educação cultural, muitos cidadãos tendem a degradar esses patrimônios jogando lixo e fazendo pichações. Sendo assim, tornando necessário o ensino acerca do tema nas escolas.


Logo, medidas são necessárias para resolver o impasse. Para isso, o Ministério da Educação adicione na grade escolar o ensino sobre a importância do patrimônio público, por meio de uma palestra e reunião com os educadores. Somando a isso, o Poder Legislativo – este responsável por estabelecer as leis do estado- deve criar uma lei com intuito de punir e fiscalizar a realização do estado perante solicitações para a preservação do patrimônio histórico cultural, a fim de diminuir a negligência e desinformação perante a importância desses legados. Com essas medidas, será possível a preservação do patrimônio histórico cultural e a eficácia do o acesso ao lazer como garantido na constituição Federal.

@Dante
@Hello
@GabyyOliver
@vitoriaca

Poderiam corrigir e pontuar minha redação? Por favor? Obrigada desde já! 💖

Peço desculpas caso tenham pedido a análise de alguma redação! Em decorrência da volta das aulas e certa dificuldade para organizar meu tempo, não estou conseguindo fazer análises. 🥺
@Gi69
@beatrix
@jheromagnoli
@sixthero
@KISTX

Poderiam corrigir e pontuar minha redação? Por favor!! <3
#76226
Oi, Geo! Espero que esteja bem!🥰

💡》Correção modelo Enem
@gi69▶️@geoca

🤸‍♀️Ressalto que não sou especialista e ainda estou na fase de aprendizagem.

✍🏽✍🏽INTRODUÇÃO ✍🏽✍🏽

A Constituição Federal, promulgada em 1988, garante o direito ao lazer, como; visita a patrimônio à patrimônios históricos brasileiros. Entretanto, é evidente que apesar do que se é garantido na carta magma Carta Magna e a da importância para o do entretenimento dos para os cidadãos, o patrimônio histórico cultural sofre um notório descaso perante no que tange a sua preservação. Isso porque, há frequentemente uma negligência estatal e a falta de conhecimento, principalmente dos jovens, perante a acerca da/ sobre a importância desses recursos, levando – os a promoverem gestos de vandalismo contra esses patrimônios.

👩🏻‍🚀MUITO BEM! NÃO VI FALHAS QUANTO À ESTRUTURA DA SUA INTRODUÇÃO.

CUIDADO COM AS REPETIÇÕES!

✍🏽✍🏽D.1✍🏽✍🏽

Em primeira análise, é importante destacar a negligencia estatal como um dos principais fatores para a continuidade desse descaso perante essas estruturas culturais. Sob essa ótica, o estado contradiz com seus deveres quanto zelar e promover medidas para a preservação desses patrimônios brasileiros. 《SUGESTÃO: Sob essa ótica, o Estado contradiz com seus deveres, uma vez que não zela nem promove medidas para a preservação desses patrimônios brasileiros.》Dentro desse contexto, tem- se como exemplo, o incêndio na Cinemateca brasileira em São Paulo no ano de 2021, causado pelo silenciamento e ineficácia do estado Estado perante a solicitação dos representantes do futuro museu, : uma equipe para a fiscalização dos materias, para escassear as possibilidades de incêndio. Urge, dentro desse aspecto, que medidas sejam tomadas para a preservação desses bens da cultura brasileira.

👩🏻‍🚀MUITO BEM! SÓ UMA OBSERVAÇÃO: VOCÊ USOU "PERANTE" VÁRIAS VEZES E NÃO ERA NECESSÁRIO. MAS SEU DESENVOLVIMENTO ESTÁ MUITO BOM.

D.2

Ademais, a falta de conhecimento dos cidadãos perante sobre a importância desses recursos culturais e históricos levam a à degradação destes e à intensificação da problemática. Dentro desse aspecto, segundo a teoria “ Instituições Zumbis”, do sociólogo Zygmunt Bauman, algumas associações deixam de fazer suas funções. Nesse panorama, fica evidente a escola como uma instituição zumbi, haja vista que, por não cumprir com seu dever de ensinar sobre a educação cultural, muitos cidadãos tendem a degradar esses patrimônios jogando lixo e fazendo pichações. Sendo assim, tornando faz-se necessário o ensino acerca do tema nas escolas.

👩🏻‍🚀SHOW!

✍🏽✍🏽CONCLUSÃO ✍🏽✍🏽
Logo, medidas são necessárias para resolver o impasse. Para isso, o Ministério da Educação adicione deve adicionar na grade escolar o ensino sobre a importância do patrimônio público, por meio de uma palestra e reunião com os educadores. Somando Somado a isso, o Poder Legislativo – este responsável por estabelecer as leis do estado- deve criar uma lei , com o intuito de punir e fiscalizar a realização do estado Estado perante solicitações para a preservação do patrimônio histórico cultural, a fim de diminuir a negligência e desinformação perante a importância desses legados. Com essas medidas, será possível a preservação do patrimônio histórico cultural e a haverá eficácia do o acesso ao lazer como garantido na constituição Constituição Federal.

👩🏻‍🚀SUGIRO COLOCAR O MEIO, OU SEJA, COMO A AÇÃO VAI SRR CONCRETIZADA NA 2° PROPOSTA PARA COMPLETÁ-LA. AO MENOS 1 PROPOSTA DEVE ESTAR COMPLETA.

🥰Você está melhorando cada vez mais. Parabéns!😘

Fiz uma análise simples, pois estou sem tempo. No entanto, espero ter ajudado.

A logística e infraestrutura da Funda&ccedi[…]

oii gente! Quem puder corrigir minha redaç&[…]

Deivid16 3m1ly Willa Quem puder corrigir ess[…]

Eraldonunes , Davila pode corrigir pfv EuDavi[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM