Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos de "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
#48101
Desde o século XIX, nota-se cada vez mais o aumento de fatores ao tempo conhecido como mal do século, que veio por se tornar amplamente mais avançado a questão da vulnerabilidade humana. Porém, estes problemas internos e externos apresentam o nível de dificuldades avançadas para enfrentar os fenômenos rotineiros da globalização, tendo em análise a saúde do homem contemporâneo. Com isso, deve-se discutir sobre o mercado de trabalho competitivo e a pressão social no âmbito estudantil.

Ademais, evidencia-se uma oposição absoluta que desfavorece a gestão dos indivíduos que tendem a regrar um nível de competitividade extra. Assim, últimos relatórios da Organização Das Nações Unidas (ONU), mostram que a globalização não beneficia a todos de maneira uniforme, o lucro censitário, ou seja, uns ganham excessivamente, outros em pequena quantia e a maioria perde. Logo, o aumento gradativo a ação pelo mercantilismo que busca maximizar a produtividade, lucro e as necessidades dos trabalhadores, dentre fatores em termos de saúde: as condições psicossociais, qualidade de vida, desemprego, violência contra a mulher e problemas familiares viabiliza a vulnerabilidade humana.

Segundo o Filósofo Habermas direciona em uma de suas condições para o agir comunicativo que: [...]“Importante que os indivíduos não sofram pressões dos sistemas políticos, econômicos ou qualquer outra forma de coação”. Como também, em âmbito escolar percebe-se o aumento em níveis de coação aos alunos, trazendo consequências significativas ao psicológico. Uma vez que, as cobranças de familiares, ou juntamente coordenadores pedagógicos que por não visualizar o lado pessoal e social do aluno, observa conforme as suas dificuldades um desafio para implementar medidas mais rígidas para o indivíduo. Logo, que por fim tende a pressiona-lo mais e instaurar planos de rotina em suma do que já se tem em seu ambiente preparatório, acarretando a uma exclusão social e desgaste mental.

Portanto, medidas devem ser adotadas para combater esta problemática. A Organização Mundial da Saúde (OMS), em conjunto com a Organização das Nações Unidas (ONU), devem capacitar profissionais de saúde com treinamentos eficazes nesta área e reorganizar os planejamentos para a saúde mental, por meio disso, aprimorar mais estratégias de prevenções psicossociais e acrescentar ações coletivas mensuráveis para Estados-Membros em relação a metas globais.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com boa estrutura sintática, com poucos desvios de pontuação, de grafia e de emprego do registro exigido.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente e apresenta bom domínio do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. Embora ainda possa apresentar alguns problemas no desenvolvimento das ideias, o tema, em seu texto, é bem desenvolvido, com indícios de autoria e certa distância do senso comum demonstrando bom domínio do tipo textual exigido.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, de forma organizada, com indícios de autoria, ou seja, os argumentos, embora ainda possam ser previsíveis, estão organizados e relacionados de forma consistente ao ponto de vista defendido e ao tema proposto, e há indícios de autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula bem as ideias, os argumentos, as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos, sem inadequações.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora, de forma mediana, pouco consistente, proposta de intervenção relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto.

#48876
Oii demorei mas vim dar uma olhada ;)

Desde o século XIX, nota-se cada vez mais o aumento de fatores ao tempo conhecido como mal do século, que veio por se tornar amplamente mais avançado a questão da vulnerabilidade humana. Porém, estes problemas internos e externos apresentam o nível de dificuldades avançadas para enfrentar os fenômenos rotineiros da globalização, tendo em análise a saúde do homem contemporâneo. Com isso, deve-se discutir sobre o mercado de trabalho competitivo e a pressão social no âmbito estudantil.
---> Ótima introdução :D

Ademais, evidencia-se uma oposição absoluta que desfavorece a gestão dos indivíduos que tendem a regrar um nível de competitividade extra. Assim, últimos relatórios da Organização Das Nações Unidas (ONU), mostram que a globalização não beneficia a todos de maneira uniforme, o lucro censitário, ou seja, uns ganham excessivamente, outros em pequena quantia e a maioria perde. Logo, o aumento gradativo a [da] ação pelo mercantilismo que busca maximizar a produtividade, lucro e as necessidades dos trabalhadores, dentre fatores em termos de saúde: as condições psicossociais, qualidade de vida, desemprego, violência contra a mulher e (1)problemas familiares viabiliza (2) a vulnerabilidade humana .
(1) Isso está certo, mas acho que ideia transmitida não é a mesma daquela que era esperada, parece que era para terminar a discussão do repertório, mas não é isso que ocorre. Só quero deixar claro que dois pontos indicaram a enumeração de "fatores em termos de saúde", então "problemas familiares viabiliza a vulnerabilidade humana" seria mais um desses fatores.
(2) Sujeito aqui será "problemas", por causa do (1), então o verbo tem que ser "viabilizam". Se realmente a intenção era o sujeito ser "aumento", portanto estaria correto como está ("viabiliza").
---> Conseguiu desenvolver o repertório dentro de boa parte do tema, mas faltou um melhor desdobramento para o lado da saúde mental, ocorrendo até por causa da interpretação em (1) o que leva a acreditar que não tem um desfecho para a argumentação.


Segundo o Filósofo Habermas direciona em uma de suas condições para o agir comunicativo que (2): [...]“Importante que os indivíduos não sofram pressões dos sistemas políticos, econômicos ou qualquer outra forma de coação”. Como também, em âmbito escolar percebe-se o aumento em níveis de coação aos alunos, trazendo consequências significativas ao psicológico. Uma vez que, as cobranças de familiares, ou juntamente coordenadores pedagógicos que por não visualizar [visualizarem] o lado pessoal e social do aluno, observa [observam] conforme as suas dificuldades um desafio para implementar medidas mais rígidas para o indivíduo. Logo, que por fim tende a pressiona-lo [pressioná-lo mais e instaurar planos de rotina em suma do que já se tem em seu ambiente preparatório, acarretando a uma exclusão social e desgaste mental.
(2) "Segundo" já mostra que vai iniciar a citação, então não precisava do "que"
---> Já aqui tem um ótimo desenvolvimento do repertório ligando-o ao tema, mas faltou retomar ao que já foi dito (reafirmar de alguma maneira a tese)


Portanto, medidas devem ser adotadas para combater esta problemática. A Organização Mundial da Saúde (OMS) (Agente), em conjunto com a Organização das Nações Unidas (ONU), devem capacitar profissionais de saúde com treinamentos eficazes nesta área e reorganizar os planejamentos para a saúde mental (Ação), por meio disso, aprimorar mais estratégias de prevenções psicossociais e acrescentar ações coletivas mensuráveis para Estados-Membros em relação a metas globais (Detalhamento).
---> Está faltando a finalidade da proposta e deixar o Meio/Modo da ação mais claro. Além disso, a proposta fala da questão da saúde mental de modo geral, mas não retoma especificamente aos problemas descritos (uma sugestão é fazer isso na finalidade ou modo da ação).
EDUCAÇÃO

Alguém me explica como apagar essa reda&cce[…]

Na obra "Se Enlouquecer não se Apaixon[…]

No final do ano 2019 se espalhou pelo mundo a not&[…]

No sitcom "futurama",o personagem Philip[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM