Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como: "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
#41629
O filme "Tempos Modernos", do cineasta Charlie Chaplin, retrata o mundo do trabalho recém transferido para as fábricas e as péssimas condições as quais os trabalhadores eram submetidos. Muito anos se passaram e os trabalhadores foram, aos poucos, conquistando seus direitos. Entretanto, percebe-se que na atualidade o trabalho está sofrendo um processo de precarização principalmente por causa do crescimento do número de autônomos e pelo processo da "uberização do trabalho".
Em primeiro lugar, hodiernamente é muito propagado os benefícios de ser um trabalhador autônomo: não ter patrão, trabalhar a hora que quiser e fazer o que quiser. Todavia, essa falsa divulgação de liberdade vai ao encontro do penamento do sociólogo Zygmunt Bauman, que afirmou que na contemporaneidade a liberdade é totalmente ilusória. Nesse sentido, apesar da autonomia trazer essas qualidades, o que se esconde por trás de tudo isso é uma completa perda de direitos em comparação com um trabalhador de vínculo empregatício. Sendo assim, o crescimento do número de autônomos no mercado de trabalho, revelam que o trabalho no Brasil está se tornando mais precarizado.
Além disso, os sociólogos contemporâneos alertam para o fenômeno da "uberização do trabalho", no qual o trabalhador depende do uso dos aplicativos. Partindo desse contexto, cabe ressaltar que a conquista dos direitos dos trabalhadores se deu através de uma constante luta que resultou, no ano de 1943, na criação da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) por Getúlio Vargas. Porém, o uso dos aplicativos de entrega e de viagem trouxeram para atualidade dilemas já vivenciados anteriormente: trabalhadores sem carteira assinada, sem vínculo algum com as empresas dos aplicativos, sem direito a salário, décimo terceiro e férias, e sujeitos a acidentes no trabalho. Dessa maneira, esse fenômeno configura-se como um atentado as CLTs e tira dos trabalhadores seus direitos fundamentais.
Portanto, cabe que o Congresso Nacional e o Senado Federal, órgãos do Poder Legislativo brasileiro, tomem as providências para mitigar a problemática. Isso se dará através da articulação das duas câmaras para promover a ampliação dos direitos dos autônomos e dos trabalhadores de aplicativos por meio de alterações nas Leis Trabalhistas. Dessa forma, espera-se que todos os trabalhadores possuam os mesmos direitos e que a precarização do trabalho seja um problema do passado, como em "Tempos Modernos", e não mais da nossa realidade.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com boa estrutura sintática, com poucos desvios de pontuação, de grafia e de emprego do registro exigido.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo, ou seja, em seu texto, o tema é desenvolvido de modo consistente e autoral, por meio do acesso a outras áreas do conhecimento, com progressão fluente e articulada ao projeto do texto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 170

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema proposto, de forma consistente e organizada, configurando autoria, ou seja, os argumentos selecionados estão organizados e relacionados de forma consistente com o ponto de vista defendido e com o tema proposto, configurando-se independência de pensamento e autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula bem as ideias, os argumentos, as partes do texto e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos, sem inadequações.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 190

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora excelente proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Trata-se de redação cuja proposta de intervenção seja muito bem elaborada, relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, abrangente e bem detalhada.

#41846
@oqueres

Erros
Correção dos erros
Comentários
Os 5 elementos
Demais observações

Introdução
O filme "Tempos Modernos", do cineasta Charlie Chaplin, retrata o mundo do trabalho recém transferido para as fábricas e as péssimas condições as quais os trabalhadores eram submetidos. Muito anos se passaram e os trabalhadores foram, aos poucos, conquistando seus direitos. Entretanto, percebe-se que na atualidade o trabalho está sofrendo um processo de precarização principalmente por causa do crescimento do número de autônomos e pelo processo da "uberização do trabalho".
:arrow: Boa introdução, não vejo problemas aparentes!

Desenvolvimento 1
Em primeiro lugar, hodiernamente é muito propagado os benefícios de ser um trabalhador autônomo: não ter patrão, trabalhar a hora que quiser e fazer o que quiser. Todavia, essa falsa divulgação de liberdade vai ao encontro do penamento pensamento do sociólogo Zygmunt Bauman, que afirmou afirma que na contemporaneidade a liberdade é totalmente ilusória. Nesse sentido, apesar da autonomia trazer essas qualidades, o que se esconde por trás de tudo isso é uma completa perda de direitos em comparação com um trabalhador de vínculo empregatício. Sendo assim, o crescimento do número de autônomos no mercado de trabalho, revelam que o trabalho no Brasil está se tornando mais precarizado.
Observação 1: [...] trabalhar a hora que quiser e fazer o que quiser [...], esse trecho poderia ser elaborado de uma forma mais formal!
:arrow: De resto, bom desenvolvimento e boa argumentação e organização!


Desenvolvimento 2
Além disso, os sociólogos contemporâneos alertam para o fenômeno da "uberização do trabalho", no qual o trabalhador depende do uso dos aplicativos. Partindo desse contexto, cabe ressaltar que a conquista dos direitos dos trabalhadores se deu através de uma constante luta que resultou, no ano de 1943, na criação da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) por Getúlio Vargas. Porém, o uso dos aplicativos de entrega e de viagem trouxeram para atualidade dilemas já vivenciados anteriormente: trabalhadores sem carteira assinada, sem vínculo algum com as empresas dos aplicativos, sem direito a salário, décimo terceiro e férias, e sujeitos a acidentes no trabalho. Dessa maneira, esse fenômeno configura-se como um atentado as CLTs e tira dos trabalhadores seus direitos fundamentais.
:arrow: bom desenvolvimento também, não tenho muito o que falar!

Conclusão
Portanto, cabe que o Congresso Nacional e o Senado Federal (agente), órgãos do Poder Legislativo brasileiro (detalhamento), tomem as providências para mitigar a problemática. Isso se dará através da articulação das duas câmaras para promover a ampliação dos direitos dos autônomos e dos trabalhadores de aplicativos (ação) por meio de alterações nas Leis Trabalhistas (meio/modo). Dessa forma, espera-se que todos os trabalhadores possuam os mesmos direitos e que a precarização do trabalho seja um problema do passado, como em "Tempos Modernos", e não mais da nossa realidade (efeito/finalidade).
Sua proposta de intervenção está completa e bem elaborada. 200 na C5!

Espero ter ajudado, bons estudos!
Sistema carcerário

A série brasileira ‘‘A Irmandad[…]

Ao se discorrer sobre a tecnologia no séc. […]

Na animação de longa metragem, "[…]

O humor é a arte de encantar e simultaneame[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM