Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos de "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
#52138
Barão de Itararé um dos criadores do jornalismo alternativo no período da ditadura do país, estava certo ao dizer, o Brasil é feito por nós só falta desatar os nós. Neste contexto a prática do bullying nas escolas é um dos nós a serem desatados. Portanto é de suma importância a resolução do problema, que seja pela falta de incentivo da população ou pela negligência governamental, o descaso com o óbice continua afetando o cotidiano brasileiro, o que exige reflexão urgente.
Em primeira análise a displicência estatal com o bullying mostra-se um desafio aos jovens que sofrem violência física ou psicológica todos os dias nas escolas, pois mesmo com a constituição no papel resolvendo o impasse não vê isso na prática. De acordo com Thomas Jefferson- terceiro presidente dos Estados Unidos e um dos principal autor da declaração da independência do país-, a efetivação das leis é mais importante que a sua elaboração. Sob esse viés faz-se mister que as autoridades brasileiras tenham um olhar mais atento para essa questão já que pessoas têm sido afetadas devido a essa incúria.
Somado a isso a falta de incentivo ao governo pela população, dificulta na execução de melhorias nas relações dos alunos no âmbito escolar. Segundo a filósofa francesa Simone de beauvoir,o mais escândaloso dos problemas é nos habituamos a eles.Dessa forma observa-se que o corpo social tem se acomodado ao ver esse tipo de agressão, ao invés de intervir e lutar para garantir o seus direitos.
Portanto medidas são necessárias para resolver o impasse.Então,Para amenizar o cenário supracitado acima urge que o Ministério da Educação(MEC) implemente por meio de verbas governamentais, psicólogos nas escolas,com o objetivo de tratar do psicológico tanto das vítimas como dos agressores.Ademais, é necessário que a população faça manifestações por meio de abaixo-assinados aos gestores do país, com o intuito de pressionar para resolução desse inconveniente. Espera-se com essa medida solucionar a prática do bullying nas escolas do Brasil. Uma ação iniciada agora, pode modificar todo o futuro do povo brasileiro.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

dudaramos1 Assim que possível corrige min[…]

Já faz alguns anos que a reduç&atild[…]

O estigma da saúde mental

Transtornos psicológicos Com freq[…]

atualmente, é difícil estabelecer co[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM