Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como: "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
#39748
No filme "Extraordinário", conta a história de Auggie Pullman, um menino que nasceu com uma deformidade facial, ele tem 10 anos e irá frequentar a escola regular pela primeira vez como as outras crianças, no filme é visível Auggie sofrendo bullying regularmente na sala de aula pelos seus colegas de classe devido a sua aparência, isto é um reflexo do que acontece diariamente com muitas crianças e adolescentes dentro das escolas, tanto públicas como escolas particulares, a prática do bullying deve ser mais falada e observada, principalmente nesse ambiente em que existem crianças e adolescentes juntas convivendo por muito tempo. Muitos dos que praticam o bullying nem reconhecem o que estão praticando e refletindo no próximo, a maioria das crianças e adolescentes que sofrem com bullying tem muito mais probalidade de terem uma série de problemas psicólogicos como ansiedade, depressão, baixa auto-estima, entre outros. Isso se deve, sobretudo, a falta de diálogo dos pais com seus filhos e das redes de ensino com seus alunos, não só para os que sofrem mas na educação dos que praticam. Logo há necessidade de ação dos pais e das escolas com devidos cuidados, visando o enfrentamento desse exemplo de violência, que pode ser tanto verbal como físico.
As vítimas de bullying estão cada vez mais propícias a problemas psicólogicos como depressão, ansiedade, baixa auto-estima, entre outros, como na série da Netflix "13 Reasons Why" em que conta a história de uma estudante chamada Hannah Baker, que por conta do bullying e de falta de apoio psicológico, acaba cometendo suicídio ainda adolescente, também se refletindo em muitos estudantes brasileiros que acabam entrando em depressão e muitas vezes tirando sua própria vida devido a prática de bullying sofrida na rede de ensino e a falta de apoio de seus familiares e da escola em que ingressa.
Como um espelho também, na série "Anne With an E", baseado em um livro escrito em 1908, a personagem principal Anne, é uma criança que sofreu muito toda sua vida por ser órfã, quando ela é adotada e vai ingressar na escola pela primeira vez é visível a descriminação das crianças da sua sala por ela ser adotada, sem ajuda alguma de seu professor, na série mostra muitas crianças que se espelham em seus pais, os mesmos que também descriminam muito Anne, colocando em questão a educação dada em casa, infelizmente, hoje em dia podemos perceber muito isso, crianças e adolescentes sofrendo bullying sem ajuda alguma de seus professores e de qualquer outro funcionário que trabalhe nessa rede de ensino, no entanto, é indispensável a ajuda deles para combater esse tipo de violência e educar os praticantes.
Em vista de que o bullying não é praticado de hoje, pois é perceptível que ele existe a muitos anos, é necessário que os pais eduquem seus filhos desde pequenos a nunca descriminarem alguém e respeitar o próximo a cima de tudo, para os que sofrem com o bullying, é importante que os pais ajudem essa criança psicologicamente, a fim de que, não venha de ocorrer problemas psicólogicos mais tarde. A escola tem um papel tão importante quanto os familiares, pois é ali em que acontece as práticas e aonde são sofridas, por esse fato, é essencial que os funcionários das escolas tenham total foco nas atitudes das crianças e adolescentes, visando quem precisa de ajuda e quem precisa ser educado, um programa do Governo chamado "Não ao bullying" seria essencial para o fim do bullying, sendo feito pelo menos uma vez no mês paslestras nas escolas Brasileiras explicando como é a prática, por que ela não deve ser praticada, histórias sobre as práticas de bullying, claro que histórias contadas de acordo com a idade do público que escuta, criada pelo prefeito de cada estado do Brasil com o intuito de concientizar essas crianças e adolescentes de suas atitudes e de como saber quando estão sofrendo bullying, para assim, contarem a seus responsáveis ou aos seus professores, pedindo ajuda. Como diz a Anne de "Anne With an E", não é o que o mundo reserva pra você, mas o que você trás para o mundo", o mundo seria melhor com mais respeito e empatia.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Precariedade no Sus

A priori, deve-se destacar que o Sistema Unico de […]

Olá andluis , vou corrigir sua redaç[…]

Muito obrigado pela ajuda mais uma vez! jherodrig[…]

Muito obrigado pela correção!

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM