Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos de "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
#53628
A obra Capitães da Areia de Jorge Amado escrita em 1937, retrata a vida de um grupo de menores abandonados que crescem nas ruas de Salvador e que diante de condições hostis cometem crimes, como furtos e roubos, para sobreviver. Tendo em vista o atual cenário brasileiro fica evidente que tais questões sociais não se diferenciam da obra literária. São muito os fatores que levam pessoas à situação de rua, mas um grande impasse é retirá-las de tal condição. Esse fator se dá tanto pela inoperância das políticas públicas, quanto pelo olhar preconceituoso da sociedade em relação a pessoa nessas condições.
Segundo o artigo 25 da Declaração Universal dos Direitos Humanos (DUDH) todo indivíduo tem direito a um nível de vida suficiente para assegurar-lhe saúde, bem-estar social, alimentação e habitação, porém vê-se que tais direitos são negligenciados na prática, e que pessoas em situação de rua sofrem as consequências advindas deste negligenciamento. Dado outro exemplo, é a Polícia Nacional para a população de rua, mas tal política também não tem sido suficiente, pois é evidente que no cenário atual ainda é comum indivíduos morando em ruas.
Desta maneira, enquanto o Poder Público não cumprir o seu dever constitucional de promover a construção de habitações para a população que necessita, a nação brasileira será obrigada a conviver com uma das maiores dificuldades atualmente: a moradia negligenciada.
Outrossim, destaca-se o preconceito da sociedade como um propulsor desse problema. Alguns indivíduos veem as pessoas em situação de rua como alguém inferior, portanto trata-se de uma população marcada pela invisibilidade social. Esta população tem sofrido diariamente as consequências de um preconceito enraizado pela sociedade em diversos setores, como por exemplo de comerciantes, policiais, hospitais e pedestres. Destarte, fica evidente a falta de inclusão de tais pessoas e a pouca empatia por parte da população como um dos fatores da falta de inclusão de tal esfera social, dificultando assim o acesso desses ao mercado de trabalho e a uma nova vida social.
Sendo assim, faz-se necessário que o Estado junto ao Ministério do Desenvolvimento social façam projetos habitacionais e construção de moradias destinadas a ajudar tal população, também é de grande relevância medidas que incluam os tais em instituições de ensino e que proporcione vagas de emprego a essas pessoas. Ademais, o Ministério da Educação deve propor palestra em escolas e faculdades com o objetivo de introduzir valores éticos e morais nessa geração e nas futuras e assim formar cidadãos mais empáticos e que se preocupem com o próximo. Deixando claro assim que a população em situação de rua não é invisível, mas sim que algumas pessoas não querem enxergá-la.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

A sociedade e a polícia sempre apresentaram[…]

Um conselho para você, estudante

Jeniffeeee , ke isso, a opinião de qualque[…]

Jeniffeeee oi, poderia dar uma olhada?

Nos tempos atuais temos muita tecnologia e com el[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM