Avatar do usuário
Por AnaLu08
Quantidade de postagens
#94508
"O cidadão invisível" trata da desvalorização de alguns indivíduos na sociedade brasileira. A crítica de Dimenstein é verificada na persistência de pessoas em situação de rua no Brasil. Nesse sentido, observa-se um delicado problema, que tem como causa o silenciamento e a omissão governamental.
Dessa forma, em primeira análise, a falta de debate é um desafio presente no problema. A pensadora Djamila Ribeiro, explica que é preciso tirar uma situação da invisibilidade para que soluções sejam promovidas. Porém, há um silenciamento instaurado sobre a população em situação de rua, visto que, pouco se fala das circunstância e da realidade dessas pessoas, tratando o tema como algo supérfluo. Assim, é inadiável tirar essa situação da invisibilidade para atuar sobre ela, como defende a pensadora.
Em paralelo, cabe responsabilizar a negligência governamental pelo problema. O filósofo Thomas Hobbes, em sua tese afirma que o Estado é o principal responsável pelo bem-estar social. De fato, não se desdobra na sociedade brasileira, pois, pessoas em situação de rua morrem de frio e fome, visto que, eles têm direitos que não são garantidos. Segundo o Centro Nacional de Defesa Direitos Humanos da População em Situação de Rua, no Estado de São Paulo, cerca de 25 mortes foram registradas e ao menos 10 foi por essas pessoas estarem exposta ao frio. Sendo assim, deve o governo priorizar esse caso.
Portanto, é indispensável intervir sobre o problema da população em situação de rua. Para isso, o Poder Público e Ministério do desenvolvimento social devem elaborar um plano social, por meio de políticas públicas que visam encontrar essas pessoas, a após identificá-las, encaminhar elas para os departamentos de tratamento de saúde e educação, a fim de garantir os direitos de cada indivíduo. Tal ação, deve ser divulgada pelos meios de comunicação. Dessa forma, o Brasil poderá ter menos "cidadãos invisíveis", como defende Dimenstein.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 147

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com boa estrutura sintática, com poucos desvios de pontuação, de grafia e de emprego do registro exigido.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 187

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo, ou seja, em seu texto, o tema é desenvolvido de modo consistente e autoral, por meio do acesso a outras áreas do conhecimento, com progressão fluente e articulada ao projeto do texto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 133

Você atingiu aproximadamente 70% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, de forma organizada, com indícios de autoria, ou seja, os argumentos, embora ainda possam ser previsíveis, estão organizados e relacionados de forma consistente ao ponto de vista defendido e ao tema proposto, e há indícios de autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula de forma mediana as partes do texto com inadequações ou alguns desvios e apresenta repertório pouco diversificado de recursos coesivos.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 173

Você atingiu aproximadamente 90% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante elabora excelente proposta de intervenção, detalhada, relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto. Trata-se de redação cuja proposta de intervenção seja muito bem elaborada, relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, abrangente e bem detalhada.

Avatar do usuário
Por Higorvaz
Quantidade de postagens
#94675
Olá, @AnaLu08! Irei fazer uma correção simplificada, isto é, em cada competência, irei dizer, no meu ponto de vista, informações derivadas do seu texto de forma critica e pontuar cada uma delas.

Lembrando que não sou profissional, portanto, caso discorde ou queira recolocar algo que não foi bem interpretado por mim, sinta-se livre para me dizer.


Competência - 1 Você escreve bem, com poucos desvios gramaticais, porém, recomendo revisar os parágrafos de desenvolvimento para análise e correção de erros ortográficos.

Nota geral: 160

Competência - 2 O tema foi, sem dúvidas, bem analisado e compreendido e, portanto, está sem erros.

Nota geral: 200

Competência - 3 Sua base de argumentação é solida e, logo, de facil compreensão por parte do leitor, porém, ainda assim, poderia ter argumentos mais bem construidos e "originais" — não entenda errado e
stá "aspas", o que quero dizer é sobre um argumento que não é de senso comum e, assim, "único" do escritor do texto, onde escaparia dos argumentos mais prováveis de serem vistos.


Competência - 4 O texto, principalmente nos desenvolvimentos, carece de recursos como conectivos, portanto, está parcialmente inadequado ao idela para um texto dissertativo-argumentativo, onde há, após todo fim de raciocínio, um conectivo.

Competência - 5 O texto apresenta todos os elementos necessários para a proposta de intervenção, logo está ideal.

Obrigado :mrgreen: !

O importante não é acertar, e sim tentar. Existem aqueles que tentam, e aqueles que fracassam.
0
Avatar do usuário
Por Higorvaz
Quantidade de postagens
#94676
Opa, esqueci de por as notas ai nas últimas competências :roll:

4 - 120
5 - 200

O importante não é acertar, e sim tentar. Existem aqueles que tentam, e aqueles que fracassam.
0
Avatar do usuário
Por abiaacs
Quantidade de postagens
#94791
boa noite, Ana

li seu texto e minhas observações estarão a seguir.

AC - sigla para "Ausência de conectivo";
PC - sigla para "Palavras Centrais", são elas que fazem com que não haja fuga do tema;
TF - sigla para "Tópico Frasal";
[] - erros;
() - correções;
{} - observações.

TEMA: A POPULAÇÃO EM SITUAÇÃO DE RUA NO BRASIL.

PC: POPULAÇÃO, SITUAÇÃO DE RUA e BRASIL.

"O cidadão invisível" {o que é isso? um livro, filme? contextualize melhor} trata da desvalorização de alguns indivíduos na sociedade brasileira. {AC} A crítica de Dimenstein é verificada [na] (quando se analisa a) persistência de pessoas em situação de rua no Brasil. Nesse sentido, observa-se um delicado problema {que problema seria esse?}, que tem como causa o silenciamento {de quem?} e(, também,) a omissão governamental.

Dessa forma, em primeira análise, a falta de debate (no meio social sobre as pessoas em situação de rua) é um desafio [presente no] (que agrava o) problema. {AC} A pensadora Djamila Ribeiro, (em uma de suas palestras) explica que é preciso tirar uma situação da invisibilidade(,) para que (as) soluções sejam promovidas. Porém, há um silenciamento instaurado sobre (os "sem tetos") [a população em situação de rua], visto que, pouco se fala das circunstância e da realidade dessas pessoas, tratando o tema como algo supérfluo (e agravando ainda mais os problemas dessa camada da população). Assim, é inadiável tirar essa situação da invisibilidade para atuar sobre ela, como defende a pensadora.

[Em paralelo] (Ademais), cabe responsabilizar a negligência governamental pelo problema. {AC} {1- O filósofo Thomas Hobbes, em sua tese afirma que o Estado é o principal responsável pelo bem-estar social}. {AC} De fato, não se desdobra na sociedade brasileira, pois, pessoas em situação de rua morrem de frio e fome, visto que, eles têm (seus) direitos [que não são] garantidos. {1- Segundo o Centro Nacional de Defesa Direitos Humanos da População em Situação de Rua, no Estado de São Paulo, cerca de 25 mortes foram registradas e ao menos 10 foi por essas pessoas estarem exposta ao frio}. Sendo assim, [deve] o governo (deve) priorizar esse caso. {Ausência de um TF de argumentação, a que você fez está expositiva}

{1}: use somente um repertório sociocultural e use as linhas para discutir seus argumentos.

Portanto, é indispensável intervir sobre o problema da população em situação de rua. Para isso, o Poder Público(, juntamente com o) [e] Ministério do desenvolvimento social(,) devem elaborar um plano social, por meio de políticas públicas que visam encontrar essas pessoas, (e) [a] após identificá-las, encaminhar [elas] para os departamentos de tratamento de saúde e educação, a fim de garantir os direitos de cada indivíduo. Tal ação, deve ser divulgada pelos meios de comunicação. Dessa forma, o Brasil poderá ter menos "cidadãos invisíveis", como defende Dimenstein. {assim, para diminuir as pessoas em situação de rua, a principal coisa é disponibilizar moradia, para, obviamente, tirarem eles das ruas. logo, acredito que a sua intervenção não soluciona a problemática. Mas, desconsiderando essa parte, a sua construção da estrutura da conclusão está perfeita, parabéns!}

OBS. não vejo nenhuma falha grave na organização de seus tópicos frasais, mas aconselho a ler mais, pra melhorar as organizações das palavras e assim ter uma melhor linearidade. Não se esqueça que, para que não ocorra fuga parcial do tema, sempre repita as Palavras Centrais. Cuidado, também, com a ausência de conectivos. Desculpa pela demora, espero ter ajudado, abraços! ❤

Se você acha que eu contribuí com seu aprendizado e que minha correção vale o preço de um café, meu pix é abia.caetano12@gmail.com.
Além disso, fiquem a vontade de me mandar mensagem caso surjam dúvidas. ❤
1
Similar Topics
Tópicos Estatísticas Última mensagem
A população em situação de rua no Brasil
por livsxw    - In: Outros temas
0 Respostas 
107 Exibições
por livsxw
A população em situação de rua no Brasil
por VitorXsx    - In: Outros temas
2 Respostas 
178 Exibições
por VitorXsx
0 Respostas 
132 Exibições
por alanafischer
População em situação de rua no Brasil.
por Clara17    - In: Outros temas
3 Respostas 
221 Exibições
por Clara17
A população em situação de rua no Brasil
por Anne24    - In: Outros temas
4 Respostas 
522 Exibições
por 3m1ly
A população em situação de rua no Brasil
por laliminho    - In: Outros temas
0 Respostas 
80 Exibições
por laliminho
0 Respostas 
233 Exibições
por thaissarosa
0 Respostas 
140 Exibições
por lopestatiana
0 Respostas 
70 Exibições
por RebecaChamy
2 Respostas 
145 Exibições
por EmillyySilva
O feio e o bonito

A padronização estética atual[…]

Na obra "Utopia", do escritor in[…]

No que concerne a "O direto de ir e vir n[…]

luiz filipe laura loyse Carla ionara iara0

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM