• Avatar do usuário
#92618
Segundo a pesquisa realizada em 2019 do jornal Datafolha, cerca de 22% dos brasileiros entrevistados afirmaram já terem sido discriminados racialmente. Diante desse dado, é perceptível a persistência que essa intolerância, com raízes de meados do século XVI, época do tráfico e comércio de escravos, ainda é uma atribuição. Isso se deve por falhas no processo de formação cidadã aliado a falta de empatia.
Primeiramente, evidencia-se que a abordagem e aprofundamento do racismo no início da formação dos "pequenos" é algo totalmente dissociado da realidade. Durkheim, sociólogo francês, defendeu: "A sociedade e cada meio social particular determinam o ideal que a educação realiza". Diante disso, percebe-se que a escola tem forte influência social e que, desse modo, necessita-se debater essa adversidade nesta poderosa instituição.
Outrossim, vale ressaltar que a falta de empatia é outro principal fator. Segundo o filósofo Bauman, o amar é mais falado do que vivido e por isso vivemos um tempo de secreta angústia. Sobre isso, tiramos que os indivíduos estão cada vez menos amorosos, consequentemente menos empáticos, uma vez que vivemos a ilusão de um mundo em que o amar é só falado.
Concluir-se que, tomando conhecimento das causas da intolerância racial, cabe ao Poder Executivo Federal intensificar, nas redes educacionais, abordagens ao tema, de modo que, as pessoas tomem conhecimento e reflitam sobre o assunto. Com isso, será possível formar cidadãos tolerantes, mudando a precariedade do cenário brasileiro atual.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

0
#92632
duduzx escreveu:Segundo a pesquisa realizada em 2019 do jornal Datafolha, cerca de 22% dos brasileiros entrevistados afirmaram já terem sido discriminados racialmente. Diante desse dado, é perceptível a persistência que essa intolerância, com raízes de meados do século XVI, época do tráfico e comércio de escravos, ainda é uma atribulição. Isso se deve por falhas no processo de formação cidadã aliado a falta de empatia.
Primeiramente, evidencia-se que a abordagem e aprofundamento do racismo no início da formação dos "pequenos" é algo totalmente dissociado da realidade. Durkheim, sociólogo francês, defendeu: "A sociedade e cada meio social particular determinam o ideal que a educação realiza". Diante disso, percebe-se que a escola tem forte influência social e que, desse modo, necessita-se debater essa adversidade nesta poderosa instituição.
Outrossim, vale ressaltar que a falta de empatia é outro principal fator. Segundo o filósofo Bauman, o amar é mais falado do que vivido e por isso vivemos um tempo de secreta angústia. Sobre isso, tiramos que os indivíduos estão cada vez menos amorosos, consequentemente menos empáticos, uma vez que vivemos a ilusão de um mundo em que o amar é só falado.
Concluir-se que, tomando conhecimento das causas da intolerância racial, cabe ao Poder Executivo Federal intensificar, nas redes educacionais, abordagens ao tema, de modo que, as pessoas tomem conhecimento e reflitam sobre o assunto. Com isso, será possível formar cidadãos tolerantes, mudando a precariedade do cenário brasileiro atual.
0
#92635
duduzx escreveu:Oiii, vocês poderiam corrigir minha redação?
Desculpa estar incomodando @anasilva1 @Fortes @Mylike @Felipe082 @JoaoPedro72
oii, agora que vi que o texto foi com alguns erros de digitação. No parágrafo introdutório tem a palavra atribuição, quando na verdade é atribulação. No início do D1 tem “do racismo”, mas é “do estudo sobre racismo”.
1
Similar Topics
Tópicos Estatísticas Última mensagem
1 Respostas 
257 Exibições
por TainaraENEM
7 Respostas 
420 Exibições
por GabyyOliver
0 Respostas 
45 Exibições
por Iraine
0 Respostas 
49 Exibições
por ilecyla
3 Respostas 
184 Exibições
por abiaacs
0 Respostas 
6 Exibições
por Alicebbiz
4 Respostas 
478 Exibições
por Arthurdel
Tema: a persistência do racismo.
por Marifini    - In: Outros temas
0 Respostas 
68 Exibições
por Marifini
A persistência do Racismo no Brasil
por RyanSX222    - In: Outros temas
1 Respostas 
181 Exibições
por hellsnt
A persistência do racismo no Brasil
por Lcarol    - In: Outros temas
0 Respostas 
27 Exibições
por Lcarol
1 bez

bom dia, R. li seu texto e minhas observaç[…]

Decretados pela ONU, em 1948, os direitos humanos […]

3 vez

R1000 , Claro, mais tarde eu faço a corre&[…]

Ola, tudo bem? Vou te dá uma breve corre&c[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM