• Avatar do usuário
#75510
Brasil, um país belo, repleto de diversidade, simplesmente extraordinário! Porém, atualmente, de modo persistente, sua natureza vem sendo devastada pelas chamas, algo lamentável. Ações ignominiosas e a falta de um conhecimento adequado sobre o assunto são uma das principais atitudes humanas responsáveis por catástrofes como essas.

Sob esse prisma, dois dos biomas mais importantes do Brasil registraram recordes de queimadas. No Pantanal, segundo o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), o ano de 2020 é considerado o pior, em relação ao número de focos ativos de fogo, desde 1998. Já na Amazônia, o número de ocorrências supera os meses de janeiro e outubro de 2019. Uma das hipóteses que pode colaborar é o fato da utilização de métodos arcaicos que muitos agricultores ainda aderem, como: limpar o terreno para o plantio, através do fogo para de forma contraditória garantir a fertilidade do solo, porém, muitas vezes acaba se expandido de forma descontrolada e destruindo a flora nativa.

Além disso, atitudes individualistas e consideradas frugais, como jogar uma simples ponta de cigarro causa danos irreparáveis à natureza. As queimadas geram consequências colossais ao meio ambiente, são exemplares disso: redução da biodiversidade, o aumento da liberação de CO2 na atmosfera provocando o aquecimento global, poluição do ar e emissão de gases poluentes. Como já afirmava o pensador Victor Hugo: “É triste pensar que a natureza fala e que o gênero humano não a ouve”. A natureza tenta expressar suas mazelas, mas o ser humano não consegue compreendê-la.

É evidente, portanto, a necessidade de medidas para controlar as queimadas no Brasil. É preciso que a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária juntamente com o Ministério do Meio Ambiente, proporcione formações aos agricultores sobre as diversas formas de manejo do solo sem denegri-lo, afim de que um futuro sustentável seja construído. Cabe também ao Governo Federal, com o apoio do Ibama, ampliar as fiscalizações em locais que sofrem com essa instabilidade ambiental, que poderia ser feita com o auxílio de aparelhos tecnológicos modernos, para que a vida e natureza seja preservada.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Anabia15 , PFVRR CORRIGE MINHA REDAÇ&Atild[…]

Olá, thayolivb . Aqui está a corre&[…]

https://projetoredacaonota1000.com.br/combate-ao-a[…]

GabrielFelix obg💕

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM