• Avatar do usuário
#66738
Em 2006 foi criada uma lei que protege as mulheres de qualquer violência praticada por homens: a Lei Maria da Penha. Maria da Penha foi a mulher inspiradora dessa lei após sofrer de violência do seu agressor e lutar a favor de uma condenação para ele. Assim como milhões de mulheres ao redor do mundo, Maria foi uma vítima de uma herança violenta e possessiva de homens com uma mentalidade falha.
Durante a Antiguidade, era comum ver reis com diversas mulheres e esposas a seu dispor, acatando qualquer ordem mesmo contra a sua vontade. A partir disso, ou até muito antes, o gênero feminino foi visto como um objeto de poder e prazer para diversos indivíduos. Na atualidade essa visão não sumiu por completo visto que os índices de violência contra a mulher aumentam muito. Para o agressor, inicialmente conquistar a mulher com atitudes amorosas e educadas é o primeiro passo, depois ele vai apresentando sinais de um tipo de violência, por exemplo dizer que a esposa é propriedade dele até evoluir a uma agressão física. Esta persistência à violência pode ser resultado de uma má educação patriarcal onde o masculino era visto como absoluto.
Ademais, essa mentalidade também pode ser explicada pela psicologia, na qual o agressor tem dificuldade em lidar com o stress do dia a dia e impulsos e assim se deixa levar por um alvo: sua companheira. Nos demais casos, uma atitude que não foi aprovada por ele, uma palavra inofensiva que foi distorcida também colabora. O mesmo sentimento de poder perdura para todos os círculos em que se vive.
Logo, essa questão pode ser resolvida com a quebra de paradigmas antigos e desrespeitosos a cerca da mulher co uma nova educação familiar e patrimonial, consultas com um psicólogo para resolver as atitudes ofensivas, e principalmente uma rapidez no encerramento e justiça de um caso com a sua devida punição para efetivar ainda mais a lei Maria da Penha.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com boa estrutura sintática, com poucos desvios de pontuação, de grafia e de emprego do registro exigido.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação previsível e apresenta domínio mediano do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. Com essa pontuação, ou o tema da redação é desenvolvido adequadamente, porém de forma previsível, com pouco avanço em relação ao senso comum ou, embora o texto demonstre domínio adequado do tipo textual exigido, a progressão textual apresenta algum problema.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 100

Você atingiu aproximadamente 50% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, mas limitados aos argumentos dos textos motivadores e pouco organizados, ou seja, os argumentos estão pouco articulados, além de relacionados de forma pouco consistente ao ponto de vista defendido.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 100

Você atingiu aproximadamente 50% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante articula de forma mediana as partes do texto com inadequações ou alguns desvios e apresenta repertório pouco diversificado de recursos coesivos.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 100

Você atingiu aproximadamente 50% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo parcialmente aos critérios definidos a seguir. O participante elabora, de forma mediana, pouco consistente, proposta de intervenção relacionada ao tema e articulada à discussão desenvolvida no texto.

Doação do coração

A série médica americana "Grey'[…]

Carinho sanguíneo

A série médica americana "Grey'[…]

Índio no Brasil

Hoje,na sociedade brasileira, as políticas […]

Emily Silva muito obrigada😃! Quando disse que […]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM