Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
#58227
Na série “Bom dia, Verônica”, a protagonista Verônica é uma escrivã da delegacia de homicídios que auxilia mulheres em situação de abuso. Ao receber o pedido de ajuda de Janete, que sofre de agressões por parte do marido, Verônica descobre que este também está envolvido em crimes de feminicídio, e que assassina diversas mulheres durante a trama. Já fora da ficção, a violência contra a mulher ainda é um mal persistente na sociedade brasileira.
Desde os primórdios da humanidade, existe uma relação de domínio dos homens sobre as mulheres. Esta relação problemática se faz presente justamente pela existência da sociedade patriarcal, que subjuga as mulheres como seres inferiores e as trata como objetos. Consequentemente, a violência é um fator que está diretamente ligado a essa inferiorização feminina, visto que os homens se veem em uma posição de poder perante as mulheres, o que torna muitos deles agressivos com suas companheiras e parceiras do cotidiano.
Segundo o Fórum Brasileiro de Segurança Pública, em 2018, o número de casos de violência doméstica era alarmante: cerca de 263.067 casos no total, além de 1206 casos de feminicídio. Essas modalidades de violência são cometidas, geralmente, por homens de convivência familiar das vítimas. Ademais, os estigmas deixados por essas agressões mudam para sempre a vida dessas mulheres, pois além da possibilidade de desenvolver doenças como estresse pós - traumático e síndrome do pânico, a vítima tem os seus direitos violados e pode ser prejudicada em diversos âmbitos sociais, tendo suas liberdades civis restringidas.
Portanto, torna-se evidente que medidas devem ser tomadas para combater este impasse. Para mudar essa situação, cabe ao Governo Federal garantir à população feminina a sua segurança, fiscalizando leis e tornando-as mais rígidas ao tornar a prisão por violência doméstica inafiançável, além de assegurar que medidas protetivas funcionem. Assim, tais medidas visam tornar o Brasil um país mais justo e igualitário para todos.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Promugada pela ONU em 1948, a declaraç&atil[…]

Sua redação não encaixa corre[…]

O filósofo francês Sartre defende que[…]

"Só pro meu prazer..."

Obrigada Ashiley , ficarei mais atenta quanto as […]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM