• Avatar do usuário
#64325
“Não são as crises que mudam o mundo, e sim nossa reação a elas”. Essas palavras citadas pelo filósofo polonês Zygmunt Bauman refletem a realidade da pandemia de Covid-19, que surgiu na China, gerando um certo preconceito com asiáticos, inclusive no Brasil. Feito isso, a ignorância é apresentada na ação de culpar os asiáticos e nas “fake news”. Assim, medidas precisam ser tomadas para amenizar essa situação.

Com efeito, a ação de culpar os asiáticos é desencadeada graças a ignorância. Visto que, algumas pessoas não procuram informações, gerando uma violência verbal e causando até mesmo problemas psicológicos nas vitimas. A exemplo, a Safernet relatou que o número de denúncias relacionadas à xenofobia cresceu no Brasil em 271% e de 67 alertas feitos em abril de 2019, o número subiu para 249 em 2020 devido a pandemia. Portanto, é notável que deve surgir iniciativas para evitar o agravamento desse problema.

Além disso, as famosas “fake news” transmitem um certo rancor pela China, como o falso boato de que os chineses criaram a doença em laboratório para transmitir pelo mundo. Por consequência, discursos de ódio são direcionados aos chineses e até mesmo aos asiáticos em geral, com o intuito de ofendê-los. Exemplificando, uma pesquisa da Avaaz revelou que a cada 10 brasileiros, 7 são influenciadas por notícias falsas, o que os leva a acreditar em informações erradas e por isso, praticam o ato de xenofobia. Com isso, ações são necessárias para combater o crescimento das “fake news”.

Em suma, com o intuito de reduzir as denúncias de xenofobia, cabe ao Ministério da Justiça elaborar e promover mais proteções para que os casos diminuam. Ademais, para evitar o aumento de informações falsas, o Ministério da Ciência e Tecnologia forneça investimentos em segurança e fiscalização, estabelecendo um maior cuidado na divulgação de notícias. Assim, as reações contra a xenofobia vão mudar o mundo, como previsto por Bauman.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Felipe082 cassiahso chihirukiki vitoriac[…]

╭──────────────╯ ✍ ⌕ 𖨂 Correção d[…]

A cultura de assédio no Brasil

No livro “50 tons de cinza” é a[…]

joenir jheromagnoli cassiahso Higorrair

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM