• Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
#47016
No filme "O Corcunda de Notre Dame", Quasimodo, o protagonista, é considerado um monstro, por não ter uma aparência "comum." Por mais que fictícia, a animação traz uma problemática predominante na sociedade, a padronização da beleza, em que apenas é aceito, aquele que está inserido no padrão. Este entrave precisa ser mitigado, seja pela impossibilidade de se alcançar a perfeição, seja pela essência humana esquecida.
A priori, desde a Grécia antiga, um padrão de beleza foi estabelecido, e até o tempo vigente, muitos possuem a determinação de querer segui-lo, mesmo sendo ultrapassado, e sem sentido. Cientistas descobriram que a proporção entre as medidas da boneca "Barbie" e as do ser humano é impossível, pois o brinquedo tem a cintura mais fina que o diâmetro da cabeça, impossibilitando o armazenamento dos órgãos essenciais, mas, por vários anos, meninas do mundo inteiro ansiavam ser iguais a boneca. Com isso, entende-se que a beleza perfeita é inexistente.
Outroassim, Feurbach, filósofo alemão, concepciona de forma antropológica a essência humana, e o conceito está relacionado com a razão, vontade e coração, não estando nem um pouco atribuída ao físico externo. No curta-metragem " O corcunda de Notre Dame" é perceptível que o monstro não é protagonista, e sim o seu pai, que externamente condiz com o "padrão", mas em seu interior não faz jus a essência humana, assim como muitos indivíduos na sociedade atual.
Urge, então, a conscientização de classe, citada por Karl Marx, filósofo comunista, em que uma classe se conscientiza de um problema, para que esse seja erradicado. Cabe ao ministério da Educação, ensinar as crianças de hoje, "adultos de amanhã", que o padrão de beleza é inexistente, e o que verdadeiramente importa é o interior, o caráter, dessa forma o mal será cortado pela raiz. É mister que a problemática da padronização da beleza seja propagada, para que então se faça jus ao lema do Brasil: Ordem e Progresso, dessa forma todos se sentirão aceitos, independentemente da aparência que possuem.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

#47029
No filme "O Corcunda de Notre Dame", Quasimodo, o protagonista, é considerado um monstro, por não ter uma aparência "comum." Por mais que fictícia, a animação traz uma problemática predominante na sociedade, a padronização da beleza, em que apenas é aceito, aquele que está inserido no padrão. [faltou conectivo] Este entrave precisa ser mitigado, seja pela impossibilidade de se alcançar a perfeição, seja pela essência humana esquecida.
* Cuidado com o excesso de vírgulas

A priori, [faltou chamar o argumento aqui, já começou com repertório] desde a Grécia antiga, um padrão de beleza foi estabelecido, e até o tempo vigente, muitos possuem a determinação de querer segui-lo, mesmo sendo ultrapassado, e sem sentido. [faltou conectivo]Cientistas descobriram que a proporção entre as medidas da boneca "Barbie" e as do ser humano é impossível, pois o brinquedo tem a cintura mais fina que o diâmetro da cabeça, impossibilitando o armazenamento dos órgãos essenciais, mas, por vários anos, meninas do mundo inteiro ansiavam ser iguais a boneca. Com isso, entende-se que a beleza perfeita é inexistente.
* Sugiro estudar pontuação, o uso de vírgulas
* Muito repertório e pouca argumentação, não precisa trazer muitos dados e citações, só um basta para comprovar a sua tese


Outroassim, [faltou chamar o argumento aqui, já começou com repertório]Feurbach, filósofo alemão, concepciona < é melhor usar outra palavra] de forma antropológica a essência humana, e o conceito está relacionado com a razão, vontade e coração, não estando nem um pouco atribuída ao físico externo. [faltou conectivo] No curta-metragem "O corcunda de Notre Dame" é perceptível que o monstro não é protagonista, e sim o seu pai, que externamente condiz com o "padrão", mas em seu interior não faz jus a essência humana, assim como muitos indivíduos na sociedade atual.
* Muito repertório e pouca argumentação, mesma coisa do § anterior

Urge, então, a conscientização de classe, citada por Karl Marx, filósofo comunista, em que uma classe se conscientiza de um problema, para que esse seja erradicado. [faltou conectivo] Cabe ao Ministério da Educação, ensinar as crianças de hoje < evite esse tipo de termo], "adultos de amanhã", que o padrão de beleza é inexistente, e o que verdadeiramente importa é o interior, o caráter, dessa forma o mal será cortado pela raiz. É mister que a problemática da padronização da beleza seja propagada, para que então se faça jus ao lema do Brasil: Ordem e Progresso, dessa forma todos se sentirão aceitos, independentemente da aparência que possuem.
* Não se traz informação nova na conclusão, só se retoma ao que já foi dito. Se você tivesse citado o Marx antes, poderia retomar
* Conscientização é considerado algo ineficaz, tem que trazer uma solução mais técnica junto


Espero ter ajudado! ;)
Abuso sexual infantil

Boa noite, você escreve muito bem, mas recom[…]

Celular um amigo ou inimigo?

É notório que, na modernidade contem[…]

Invisibilidade e Registro civil

No romance filosófico "Utopia" cr[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM