• Avatar do usuário
#54885
De acordo com o Conselho Nacional de Assistência Social, a família deve ser considerada como plural, pois possui formações múltiplas que vão além das relações de consanguinidade. O profissional psicólogo deve considerar que a família e suas configurações possuem impacto na formação da subjetividade. Sendo que, por vezes esse ambiente é protetor e acolhedor, mas também pode ser fator de risco para vulnerabilidade social.

A centralidade na família é um eixo norteador na construção de projetos sócio-assistenciais. Isso porque compreende-se o papel preferencial da mesma para proteção, crescimento e acolhimento dos indivíduos. Uma importante ferramenta nesse cenário é o Serviço de Proteção e Atendimento Integral às Famílias (PAIF). Tal programa objetiva o fortalecimento de vínculos familiares e comunitários, a fim de cooperar com o desenvolvimento social e individual.

Por outro lado, cumpre ressaltar que família- no sentido amplo e diverso da palavra- nem sempre é esse lugar de segurança. Dados da Ouvidoria Nacional de Direitos Humanos apontam que 57% dos casos de violência contra as crianças acontecem dentro de casa. Desse modo, tem-se que a organização familiar traz repercussão para a constituição do sujeito. Ao mesmo tempo faz pensar acerca da representação social da família, que não deve ser fixa, nem única considerando as diversas formações. Incluindo aquelas diversas da tradicional como as formadas por mães e filhos, pais e filhos, mãe, pai e filhos, avós, entre outros.

Diante do exposto, fica evidente a importância de considerar a estrutura familiar e suas diversas configurações na constituição subjetiva. O psicólogo deve buscar o perfil da comunidade, realizar o reconhecimento do território para, junto com os usuários e de forma intersetorial, criar projetos terapêuticos adequados. Assim, ao identificar casos de vulnerabilidade social, por exemplo, pode atuar junto aos serviços de proteção social especializada como o Serviço de Proteção e Atendimento Especializado à Famílias e Indivíduos (PAEFI), a fim de criar Projetos Terapêuticos utilizando estratégias como criação de grupos e construção de espaços de acolhimento e trocas comunitárias.

Alguém me ajuda com a correção?
@jherodrigues se você estiver disponível agradeço muito!!
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

#54909
De acordo com o Conselho Nacional de Assistência Social, a família deve ser considerada como plural, pois possui formações múltiplas que vão além das relações de consanguinidade. [faltou conectivo] O profissional psicólogo deve considerar que a família e suas configurações possuem impacto na formação da subjetividade. Sendo que, por vezes esse ambiente é protetor e acolhedor, mas também pode ser fator de risco para vulnerabilidade social.
* Faltou apresentar melhor a sua tese, os argumentos que você iria desenvolver

[faltou conectivo de desenvolvimento: "Em primeiro lugar"] A centralidade na família é um eixo norteador na construção de projetos socioassistenciais. Isso porque compreende-se o papel preferencial da mesma para proteção, crescimento e acolhimento dos indivíduos. [faltou conectivo] Uma importante ferramenta nesse cenário é o Serviço de Proteção e Atendimento Integral às Famílias (PAIF). Tal programa objetiva o fortalecimento de vínculos familiares e comunitários, a fim de cooperar com o desenvolvimento social e individual.

Por outro lado, cumpre ressaltar que família - no sentido amplo e diverso da palavra - nem sempre é esse lugar de segurança. [faltou conectivo] Dados da Ouvidoria Nacional de Direitos Humanos apontam que 57% dos casos de violência contra as crianças acontecem dentro de casa. Desse modo, tem-se que a organização familiar traz repercussão para a constituição do sujeito. Ao mesmo tempo faz pensar acerca da representação social da família, que não deve ser fixa, nem única considerando as diversas formações. [faltou conectivo] Incluindo aquelas diversas da tradicional como as formadas por mães e filhos, pais e filhos, mãe, pai e filhos, avós, entre outros. < evite esse termo na redação]

[faltou conectivo conclusivo primeiro] Diante do exposto, fica evidente a importância de considerar a estrutura familiar e suas diversas configurações na constituição subjetiva. [faltou conectivo] O psicólogo deve buscar o perfil da comunidade, realizar o reconhecimento do território para, junto com os usuários e de forma intersetorial, criar projetos terapêuticos adequados. Assim, ao identificar casos de vulnerabilidade social, por exemplo, pode atuar junto aos serviços de proteção social especializada como o Serviço de Proteção e Atendimento Especializado à Famílias e Indivíduos (PAEFI), a fim de criar projetos terapêuticos < evite repetir palavras e termos, use sinônimos] utilizando estratégias como criação de grupos e construção de espaços de acolhimento e trocas comunitárias.
* Precisa usar mais conectivos para ligar a organizar a redação
* E se atentar na repetição de palavras


Espero ter ajudado! :D

Aqui está a minha análise da sua r[…]

Ficou espetacular! :) Muito obrigado!!

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM