• Avatar do usuário
#81178
Na série "Round 6", 456 pessoas altamente endividadas participam de um jogo mortal para quitar suas dívidas e melhorar de vida por meio de um grande prêmio em dinheiro. A realidade apresentada na série é semelhante a de milhões de brasileiros atualmente, criando a necessidade da educação financeira nas escolas como forma de acompanhar as mudanças da sociedade e disciplinar a relação do brasileiro com o dinheiro.
Em princípio, destaca-se as rápidas transformações sociais como fator para a implementação da educação financeira no Brasil. O filósofo Zygmunt Bauman analisa o impacto da globalização e da revolução digital na contemporaneidade, criando o conceito de modernidade líquida. Nesse sentido, o aumento do fluxo de informações, capital e transações comerciais tornaram a economia mundial altamente volátil, dada a infinidade de formas de aplicação do dinheiro, como o mercado de NFTs e criptomoedas, forçando os indivíduos a se adaptarem a esta nova realidade.
Ademais, o ensino da educação financeira nas escolas contribuiria para o estabelecimento de uma relação mais harmônica entre a população e o dinheiro desde a infância. Segundo dados do Mapa da Inadimplência no Brasil de 2021, 62,5 milhões de brasileiros estavam endividados. Este número, além da conjuntura pandêmica de coronavírus, é fruto do descontrole da maioria dos cidadãos com os gastos no cartão de crédito, concessão e aquisição de empréstimos em decorrência do grande apelo do capitalismo ao consumo e pela falta de planejamento econômico das famílias brasileiras.
É necessário, portanto, que o Ministério da Educação implemente uma reforma educacional que institua a educação financeira como parte do currículo básico das escolas, capacitando professores com cursos gratuitos, que deverão ensinar aos alunos formas de aplicação do dinheiro e seus riscos. Assim, espera-se a formação de cidadãos que saibam lidar com o dinheiro, diminuindo a inadimplência do país para que situações como a proposta em "Round 6" fiquem apenas no plano ficcional.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

"O mais escandaloso dos escândalos &eac[…]

Redação ENEM 2021

Na obra utopia do escritor inglês Thomas Mor[…]

"O mais escandaloso dos escândalos &eac[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM