Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos como: "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
#41960
A música de Jennifer Lopez "Ain't your mama", faz uma crítica ao pensamento marxista e patriarcal. Nessa perspectiva, a irseção da mulher no mercado de trabalho se tornou um grande problema. Isso porque a sociedade ainda sofre influência do sistema patriarcado, além de permitir a desigualdade de gênero.

Primeiramente, a influência do sistema patriarcado se faz presente de forma significativa no mercado de trabalho.Tal conceito se confirmar com um dado do Departamento Intersindical de Estatística e Estudo (DIEESE), o desemprego das mulheres brasileiras responsáveis pelo domicílio é o dobro que dos homens. Dessa forma, essa estatística só comprova como o sexo masculino ainda é visto como o responsável pela administração famíliar, enquanto o feminino como zelador do lar, o que deixa a mulher em um patamar desfavorecido. Sendo assim, essa influência só as impede de serem independentes.

Outrossim, a desigualdade de gênero é outro problema, pois a sociedade não respeita o direito trabalhista feminino. Todavia, no livro "eu sou Malala", prova que aos poucos isso está mudando. Atualmente, assim como Malala, muitas mulheres não aceitam mais essa desigualdade, porque sabem sobre a sua capacidade de se intregar onde quiser. Desse modo, elas precisam continua lutando para que no futuro essa diferença desapareça.

Portanto, para que haja cada vez mais mulheres no mercado de trabalho, é preciso que os Mistérios da economia, da cidadania e o do justiça - do quais atualmente são os responsáveis pelos direitos trabalhistas- se unem na criação de uma lei, que proíba qualquer mudança nos salários, de modo que não exita mais diferença entre homens e mulheres que compartilharem o mesmo cargo. Assim, as mulheres poderão receber sua remuneração de acordo com o seu desepenho, e dizer para sociedade marxista: "Ain't your mama".
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra domínio mediano da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com alguns desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com estrutura sintática mediana para o grau de escolaridade exigido, porém com alguns desvios morfossintáticos, de pontuação, de grafia ou de emprego do registro adequado ao tipo textual.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 200

Você atingiu aproximadamente 100% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação consistente, a partir de um repertório sociocultural produtivo e apresenta excelente domínio do texto dissertativo-argumentativo, ou seja, em seu texto, o tema é desenvolvido de modo consistente e autoral, por meio do acesso a outras áreas do conhecimento, com progressão fluente e articulada ao projeto do texto.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, mas limitados aos argumentos dos textos motivadores e pouco organizados, ou seja, os argumentos estão pouco articulados, além de relacionados de forma pouco consistente ao ponto de vista defendido.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula as partes do texto com poucas inadequações e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante elabora bem proposta de intervenção relacionada ao tema, decorrente da discussão desenvolvida no texto, articulada e abrangente, ainda que sem suficiente detalhamento.

#41986
P300 escreveu:@Ashiley
@Anna1
@Andree
@Geralcinoj
Poderia corrigir essa redação por obséquio? :D
NÃO!!!

Brincadeira. Farei alguns comentários quando possível. :D
#42086
CORREÇÃO

A música de Jennifer Lopez, "Ain't your mama", faz uma crítica ao pensamento marxista e patriarcal. Nessa perspectiva, a inserção da mulher no mercado de trabalho se tornou um grande problema. Isso porque a sociedade ainda sofre influência do sistema patriarcado, além de permitir a desigualdade de gênero.

Primeiramente, a influência do sistema patriarcado se faz presente de forma significativa no mercado de trabalho. Tal conceito se confirma com um dado do Departamento Intersindical de Estatística e Estudo (DIEESE),que afirma que o desemprego das mulheres brasileiras responsáveis pelo domicílio é o dobro que dos homens. Dessa forma, essa estatística só comprova como o sexo masculino ainda é visto como o responsável pela administração familiar, enquanto o feminino como zelador do lar, o que deixa a mulher em um patamar desfavorecido. Sendo assim, essa influência só as impede de serem independentes.

Outrossim, a desigualdade de gênero é outro problema, pois a sociedade não respeita o direito trabalhista feminino. Todavia, no livro "Eu sou Malala"(,) prova que aos poucos isso está mudando. Atualmente, assim como Malala, muitas mulheres não aceitam mais essa desigualdade, porque sabem sobre a sua capacidade de se integrar onde quiser. Desse modo, elas precisam continua lutando para que no futuro essa diferença desapareça.

Portanto, para que haja cada vez mais mulheres no mercado de trabalho, é preciso que os Mistérios da economia, da cidadania e da justiça - dos quais atualmente são os responsáveis pelos direitos trabalhistas- se unam na criação de uma lei(,) que proíba qualquer mudança nos salários, de modo que não exista mais diferença entre homens e mulheres que compartilharem o mesmo cargo. Assim, as mulheres poderão receber sua remuneração de acordo com o seu desempenho(,) e dizer para sociedade marxista: "Ain't your mama".

Observações:
Muitos erros de digitação. Atente-se a isso porque será penalizado na competência 1 mesmo assim.
#42090
Introdução
Contextualização e afirmação do problema
Afirmação do problema situando na atualidade
Causas ou soluções

A música de Jennifer Lopez "Ain't your mama", faz uma crítica ao pensamento marxista e patriarcal. Nessa perspectiva, a irseção da mulher no mercado de trabalho se tornou um grande problema. Isso porque a sociedade ainda sofre influência do sistema patriarcado, além de permitir a desigualdade de gênero.

Observações:
*Eu noto que a contextualização está muito solta em seu texto. Você deveria ter falado mais um pouco sobre, porque assim não possui uma boa relação com a afirmação do problema. É como se tivesse citado só por ser ambos machismo, sendo que o tema é mais específico que isso.
*Ressalto também que as causas estão muito semelhantes. Perceba que a primeira pode ocasionar a segunda. Desse modo, seria melhor ser mais específico do que irá falar nos desenvolvimentos.
#42095
Desenvolvimentos
Tópico frasal
Contextualização
Desenvolver a contextualização
Arrematação

Primeiramente, a influência do sistema patriarcado se faz presente de forma significativa no mercado de trabalho.Tal conceito se confirmar com um dado do Departamento Intersindical de Estatística e Estudo (DIEESE), o desemprego das mulheres brasileiras responsáveis pelo domicílio é o dobro que dos homens. Dessa forma, essa estatística só comprova como o sexo masculino ainda é visto como o responsável pela administração famíliar, enquanto o feminino como zelador do lar, o que deixa a mulher em um patamar desfavorecido. Sendo assim, essa influência só as impede de serem independentes.

Outrossim, a desigualdade de gênero é outro problema, pois a sociedade não respeita o direito trabalhista feminino. Todavia, no livro "eu sou Malala", prova que aos poucos isso está mudando. Atualmente, assim como Malala, muitas mulheres não aceitam mais essa desigualdade, porque sabem sobre a sua capacidade de se intregar onde quiser. Desse modo, elas precisam continua lutando para que no futuro essa diferença desapareça.

Observações:
*Olha aí! Os tópicos frasais são paralelos em relação ao tema, o que seria importante estar assim nas causas também.

DESENVOLVIMENTO 1
*Na arrematação, você poderia ter trazido mais problemas sobre essa problemática, pois ficou muito curta.

DESENVOLVIMENTO 2
*Direito trabalhista feminino? Quais são esses direitos? Você deixou em aberto.
*Os seus argumentos poderiam ser mais trabalhados nesse desenvolvimento.
*Essa arrematação é naturalmente encontrada em textos motivadores. Deixo claro que não está errado, porém o problema sempre está localizado no Estado nas redações, o que elimina essa forma de locução de que as pessoas precisam reivindicar os seus direitos, a população precisa contrapor, o problema está na população, etc.
#42097
Conclusão
Conclusão e recapitulação
Proposta de intervenção
Resumo final

Portanto, para que haja cada vez mais mulheres no mercado de trabalho, é preciso que os Mistérios da economia, da cidadania e o do justiça - do quais atualmente são os responsáveis pelos direitos trabalhistas- se unem na criação de uma lei, que proíba qualquer mudança nos salários, de modo que não exita mais diferença entre homens e mulheres que compartilharem o mesmo cargo. Assim, as mulheres poderão receber sua remuneração de acordo com o seu desepenho, e dizer para sociedade marxista: "Ain't your mama".

Observações:
*A sua causa só possui três das cinco competências da conclusão. (Agente; Ação; Efeito; Modo; Detalhamento)
*O seu resumo final ficou confuso pelo motivo de utilizar o termo em inglês da introdução, só que de forma literal agora, o que resultou em confusão no entendimento.
#42098
Olá, @P300 . Deixo claro que não sou corretor e posso ter falado algo de errado em algum momento.
Deixo aqui alguns links que provavelmente irá te ajudar no seu desenvolvimento da escrita.

(!)materiais-de-apoio-f6.html
(!)exemplos-de-redacoes-nota-1000-f15.html

Ah, esqueci de marcar o " nossa " (concl[…]

José de Alencar, grande escritor na fase do[…]

Boa noite! Sua redação está […]

ensino remoto

Os avanços tecnológicos vem facilita[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM