Avatar do usuário
Por pauloj
Quantidade de postagens
#123543
No livro "Ensaio sobre a cegueira", de José Saramago, o autor faz uma reflexão acerca da "cegueira branca", termo utilizado para referir-se a sociedade que finge não enxergar as desigualdades sociais em seu meio. Para além da ficção, essa é a realidade atual brasileira, devido ao crescente número de pessoas sem abrigo no país. Assim, faz-se necessário entender o porquê da perpetuação da invisibilidade social sob os cidadãos em situação de rua no Brasil e como combatê-la.
Diante disso, é possível observar o escasso interesse político em mitigar a população em situação de rua, bem como em proteger a mesma. Isso acontece porque, segundo a importante antropóloga brasileira - Lilia Schwarcz - há, na gestão do Estado, o patrimonialismo, que é a cultura de comandar o país como um patrimônio privado. Dessa maneira, é priorizado o desejo pessoal dos governantes, à medida que, incontestavelmente, a necessidade da população é negligenciada. Com isso, é preciso que haja políticas públicas que busquem atender as demandas desses grupos vulneráveis.
Ademais, a imagem marginalizada imposta às pessoas em questão vai de encontro à solução da problemática, pois para se instalar a igualdade social é essencial conhecer quem se espera atingir. Sob essa ótica, na obra “A vida que ninguém vê", da jornalista Eliane Brum, é registrado histórias de pessoas em condição de rua, visando reconhecer o extraordinário. Ainda segundo a escritora, esse grupo deve ser visto como agentes ativos para a criação de políticas públicas que os incluam, promovendo uma justiça social que, infelizmente, não existe. Dessa maneira, fica evidente a negligência estatal em promover a integração dessas comunidades, combatendo a desigualdade social na nação.
Portanto, são essenciais medidas operantes para a reversão da invisibilidade social de pessoas em situação de rua na sociedade brasileira. Para isso, compete ao Poder Executivo, mais especificamente ao Ministério dos Direitos Humanos e da Cidadania, investir na criação de centros públicos que acolham esse grupo. Isso deve ser feito por meio de recursos autorizados pelo Tribunal de Contas da União - órgão que opera feitos públicos - com o fito de potencializar a reintegração desses indivíduos à sociedade, garantindo o exercício de sua cidadania. Assim, o intuito dessa medida é curar o Brasil da “cegueira branca”, criticada por Saramago.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Similar Topics
Tópicos Estatísticas Última mensagem
0 Respostas 
92 Exibições
por ketillyn123
2 Respostas 
298 Exibições
por thauanyy0
0 Respostas 
124 Exibições
por Faelzinho
0 Respostas 
117 Exibições
por Faelzinho
0 Respostas 
86 Exibições
por Igor27
0 Respostas 
95 Exibições
por leosperandix
0 Respostas 
388 Exibições
por thechain
0 Respostas 
322 Exibições
por isadbertoli
0 Respostas 
142 Exibições
por Maluuuszz
0 Respostas 
176 Exibições
por Allexiaben

De acordo com o inquérito 641%, dos inquer[…]

Segundo a Constituição Federal de 19[…]

Descaso de uma sociedade

Des de muito tempo, poucas pessoas da sociedade t&[…]

É certo que a tecnologia já faz part[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM