Envie sua redação para correção!
Regras do fórum: ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
🚫 Postar a mesma redação mais de uma vez = ban (não avisarei mais) 🚫
🚫 Não coloque avisos de "corrijam minha redação" na parte do tema 🚫
  • Avatar do usuário
#49948
Não há como negar que a internet ainda é vista por muitos na educação como algo prejudicial ao aprendizado. Porém a internet se tornou uma ferramenta muito eficiente, contribuindo com o ensino tradicional. Com isso, muitas escolas estão disponibizando o acesso à internet e outras tecnologias com a finalidade de auxiliar alunos e professores. Entretanto, sabe que esse privilégio não é acessível a todos, principalmente os alunos da rede pública de ensino, mostrando a grande desigualdade no aprendizado desses jovens e o questionamento sobre o por que há essa dificuldade da introdução de mais tecnologias na educação pública no Brasil.
Em uma primeira análise, é notório observar os aspectos culturais da educação brasileira, ou seja, os métodos que colocam a internet como uma vilã, o que deve ser o oposto já que ela é um grande apoio ao aprendizado. Isso se deve a uma carência informacional sobre essas tecnologias e métodos ultrapassados onde apenas o professor e os livros são a fonte de conhecimento.
Em uma segunda análise, nota-se uma enorme desigualdade na educação pública e privada em relação aos meios tecnológicos, além de escolas não terem condições para contar com salas de informática possuindo computadores, tablets e outros aparelhos eletrônicos, muitos alunos não possuem até mesmo celulares para conseguirem o acesso à Internet. Isso é consequência de um descaso governamental sobre a rede pública de ensino no Brasil, que não valoriza a educação como meio de desenvolvimento do país e toda a sociedade, não investimento, tanto na infraestrutura escolar e também em tecnologias nas escolas.
Dessa forma, além de mudar o conceito sobre a internet na educação e de suma importância que haja mais investimento em tecnologias na Rede pública, a educação escolar caminha a cada dia para um ambiente mais tecnologico, assim tirar de milhares de jovens o acesso à essas informações será um atrasado para todo país.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 1, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante demonstra bom domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa e de escolha de registro, com poucos desvios gramaticais e de convenções da escrita, ou seja, apresenta um texto com boa estrutura sintática, com poucos desvios de pontuação, de grafia e de emprego do registro exigido.

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: 120

Você atingiu aproximadamente 60% da pontuação prevista para a Competência 2, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante desenvolve o tema por meio de argumentação previsível e apresenta domínio mediano do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. Com essa pontuação, ou o tema da redação é desenvolvido adequadamente, porém de forma previsível, com pouco avanço em relação ao senso comum ou, embora o texto demonstre domínio adequado do tipo textual exigido, a progressão textual apresenta algum problema.

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 3, atendendo aos critérios definidos a seguir. Em defesa de um ponto de vista, o texto apresenta informações, fatos e opiniões relacionados ao tema, de forma organizada, com indícios de autoria, ou seja, os argumentos, embora ainda possam ser previsíveis, estão organizados e relacionados de forma consistente ao ponto de vista defendido e ao tema proposto, e há indícios de autoria.

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: 160

Você atingiu aproximadamente 80% da pontuação prevista para a Competência 4, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante articula as partes do texto com poucas inadequações e apresenta repertório diversificado de recursos coesivos.

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: 40

Você atingiu aproximadamente 20% da pontuação prevista para a Competência 5, atendendo aos critérios definidos a seguir. O participante apresenta proposta de intervenção vaga, precária, frágil, superficial, ou relacionada apenas ao assunto, de forma tangencial ao tema, isto é, sem se ater ao recorte temático solicitado.

#50077
Oi!! Corrijo sim, mas fique a vontade para contrapor ;)

Não há como negar que a internet ainda é vista por muitos na educação como algo prejudicial ao aprendizado. Porém[,] a internet se tornou uma ferramenta muito eficiente, contribuindo com o ensino tradicional. Com isso, muitas escolas estão disponibizando [disponibilizando] o acesso à internet e outras tecnologias com a finalidade de auxiliar alunos e professores. Entretanto, sabe[-se] que esse privilégio não é acessível a todos, principalmente os alunos da rede pública de ensino, mostrando a grande desigualdade no aprendizado desses jovens e o questionamento sobre o por que [porquê] há essa dificuldade da introdução de mais tecnologias na educação pública no Brasil.
---> Começou já falando bastante a palavra "internet", por estar dentro das palavras do tema, tudo bem, mas cuidado. Tem vários recursos coesivos aqui, continue assim ;)

Em uma primeira análise, é notório observar os aspectos culturais da educação brasileira, ou seja, os métodos que colocam a internet como uma vilã, o que deve ser o oposto já que ela é um grande apoio ao aprendizado. Isso se deve a uma carência informacional sobre essas tecnologias e métodos ultrapassados onde apenas o professor e os livros são a fonte de conhecimento.
---> Há bastantes argumentos e são muito bons, mas não tem uma base em um repertório. Poderia trazer algum autor ou obra que trate a internet como vilã, ou que mostre que ajuda no aprendizado e outra possibilidade seria a falta de informação sobre o assunto...

Em uma segunda análise, nota-se uma enorme desigualdade na educação pública e privada em relação aos meios tecnológicos, além de escolas não terem condições para contar com salas de informática possuindo computadores, tablets e outros aparelhos eletrônicos, muitos alunos não possuem até mesmo celulares para conseguirem o acesso à Internet. Isso é consequência de um descaso governamental sobre a rede pública de ensino no Brasil, que não valoriza a educação como meio de desenvolvimento do país e toda a sociedade, não investimento (" não investindo" ou "falta de investimento"?), tanto na infraestrutura escolar e [como] também em tecnologias nas escolas.
---> Existe algo externo que confirma esse fato de falta de estrutura ou desigualdade? Como não tem, novamente faltou um repertório, apesar da boa apresentação do problema.
(O melhor agora é você procurar por informações com fonte sendo fáceis de gravar e os curingas, porque só de ter somente um que você consiga encaixar com o tema já aumenta sua nota. No entanto, trabalhar com dois repertórios em cada parágrafo já aumenta as chances de um deles estar bom)


Dessa forma, além de (Quem irá fazer isso?) mudar o conceito sobre a internet na educação(Finalidade?)[,] e [é] de suma importância que haja mais investimento em tecnologias na Rede [rede] pública (Ação), (faltou algo para conectar a próxima ideia) a educação escolar caminha a cada dia para um ambiente mais tecnologico [tecnológico],[.] assim[,] tirar(1) de milhares de jovens o acesso à [a] (2) essas informações será um atrasado [atraso] para todo país.
(1) Um pouco confuso, porque não dá para tirar algo que parece não ser dado.
(2) Não usa crase antes dos pronomes demonstrativos isso, esse, este, esta, essa .
---> Fez uma boa conclusão, mas faltou elaborar melhor a proposta, na qual seu detalhamento e finalidade não estão claros. Além de ser necessário expor um agente e um meio para que essa ação seja realizada. Então, pesquisar sobre os elementos da proposta e como descrevê-los te pode ajudar.
#50101
Amoramts escreveu:@AnnaJuliaJu muito obrigada, eu não tenho ninguém para corrigir minhas redações então agradeço. 💜
Por nada, espero que com isso te ajude a melhorar nem que seja um pouquinho :D ... também não tenho alguém assim, tamos juntos :lol: ! Mas as correções daqui são muito boas e pode ir marcando o povo ai e dando um jeito que você consegue correções, mas o importante mesmo é treinar e buscar melhorar né ;)

É de fundamental importância discutir[…]

É de fundamental importância a discus[…]

O perigo da crise hídrica no Brasil

Avidez Inconsciente O Nilo com mais de 7 mil q[…]

Quem puder me ajudar, agradeço demais! Um a[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM