• Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
Avatar do usuário
Por MariaHtinha
#82873
Na Grécia antiga, somente homens livres, acima dos 21 anos e naturais de seus estados, eram considerados cidadãos. Hodiernamente, no Brasil, basta a posse da certidão de nascimento para ter acesso à cidadania. Entretanto, alguns indivíduos oriundos de famílias pouquíssimos instruídas, não detém esse documento e portanto são invisíveis para usurfruir seus direitos e cumprir seus deveres.
Segundo o filósofo Bauman, "Na era da informação, a invisibilidade é equivalente a morte". Visto que a falta de conhecimento afeta sobretudo as pessoas de menor poder aquisitivo, não são escassas as vezes em que famílias mais pobres e de poucos saberes, deixam de registrar em cartório seu filho, após o nascimento. A falta de dados, em máxime é de extremo prejuízo.
Ademais, as consequências do registro cívil faltoso, são a não visibilidade pessoal para a sociedade e a inexistência desse, para o Estado. Desse modo, o sujeito torna-se incapaz de acessar instituições públicas e privadas. Como escolas, hospitais, faculdades e conseguir empregos formais. Além de estar impedido de votar.
Destarte, é obrigação do Ministério da cidadania, promover campanhas e chamadas midiáticas para reunir e concretizar os cidadãos, ao estabelecer seus documentos, para que sejam contemplados e possam exercer sua cidadania. Somente dessa forma, ser cidadão não será mais, um título excludente como na Grécia antiga.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

#82877
A constituição de 1988, artigo 6° enfatiza que todos devem ter acesso a cidadania, porém essa não é a realidade de muitas pessoas no Brasil. A maioria da população que não apresenta documentação básica como CPF, RG, certidão de nascimento, etc, são as minorias sociais, contudo nos dias de hoje já existe alguns grupos humanistas que lutam para garantir o acesso a cidadania no Brasil contemporâneo.
  Antes de tudo é bom frisar que a maioria  da população que não apresenta documentação pessoal são pessoas que não tem acesso à saneamento básico, não conseguem enxergar a importância dessa documentação ou simplesmente não conseguem ter acesso por motivos pessoais. Por mais que seja difícil acreditar nessa realidade ela existe e temos que lutar para acabar com essa desigualdade.
  Outrossim na atualidade em que vivmeos ja existe pessoas que estão agindo para identificar essa minoria e dar a eles a visibilidade que todos deveriam ter. Para garantir o acesso a cidadania no Brasil precisamos comentar cada vez mais sobre esse tema tão importante, além do mais estamos na era da tecnologia.
  Por fim, pode-se concluir que cabe ao governo investir mais nessa tema, com palestras em escolas, com filmes, seriados retratando essa realidade, e cabe a população em geral dar a visibilidade que esse assunto merece, assim vamos garatir que o acesso a cidadania no Brasil seja uma realidade de todos e não de muitos.

Mylike , Jotaveh , marimoon , larissa0205 , […]

A invisibilidade dos "cidadãos"

A invisibilidade decorrente da falta de registro c[…]

Para começar sua redação, &ea[…]

Certo, muito obrigada!! Por nada!

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM