• Avatar do usuário
  • Avatar do usuário
#74688
O filme americano, "Até o Último Homem", retrata os verdadeiros impactos pós-guerra por meio do soldado protagonista Desmond Dias, o qual, presenciou cenas discriminatórias e indiferentes quanto aos deficientes físicos sobreviventes. De maneira análoga, no Brasil, percebe-se a inclusão social de indivíduos limitados fisicamente como um grande entrave , principalmente, devido ao despreparo nacional frente as suas necessidades especiais. Sendo assim, a ausente infraestrutura urbana de auxílio a essas pessoas, além de ser um tema pouco abordado nas escolas, enquanto centros de formação humana, são as causas para o problema em questão.



Em primeiro lugar, o despreparo financeiro dos municípios ao investir em equipamentos básicos para os deficientes físicos favorece a persistência do revés. Nessa perspectiva, o sociólogo francês Michel Misse defende que a garantia de condições infraestruturais equivalentes entre os cidadãos é o principal meio para alcançar o bem estar coletivo. Entretanto, ao analisar a situação de limitados capacitativamente, evidencia-se uma subversão aos ideais de Misse uma vez que, em banheiros públicos, por exemplo, na maioria das vezes não há suporte primordial para a realização de suas necessidades especiais. Por isso, há uma negligência estatal para a garantia da isonomia, pois atender aos requisitos da maioria, significa alienar-se sobre o direito de acesso autônomo de todos a lugares públicos de modo a priorizar a integridade social. Logo, sem a infraestrutura adequada a todos, certamente implicará em maiores dificuldades aos deficientes, causa fundamental para o entrave.


Ademais, a falta de diálogo sobre a inclusão social de limitados físicos nas bases do conhecimento humano, é responsável por formar indivíduos alienados ao respeito mútuo. Sob este viés, o sóciologo Emile Durkheim afirma que cabem as instituições escolares, enquanto atuantes essenciais do processo de socialização, a formação da ideologia social centrada ao bem coletivo. Isso porque, as crianças e adolescentes são mais passíveis a ideais de inclusão justamente por não terem experiência suficiente para desenvolver comportamentos preconceituosos ou discriminatórios. Nesse sentido, os educadores, ao inserirem uma abordagem respeitosa perante aos deficientes físicos para seus alunos, iniciarão o processo de construção de uma sociedade mais alinhada ao viés democrático das necessidades humanas, fato que induziriabo incentivo a novos projetos de infraestrutura especial, consolidando assim, uma solução para o revés.


Depreende-se, portanto, a necessidade de medidas para o combate às injustiças presenciadas pelos deficientes físicos. Para isso, cabe ao Ministério da Cidadania-principal órgão de defesa da isonomia- inserir na Base Nacional Comum(BNC) conteúdos obrigatórios relacionados à inclusão nas escolas que, por meio da aprovação de uma nova lei, consiga formar jovens mais democráticos a fim de defender o bem estar coletivo. Além disso, o governo poderia investir em infraestruturas urbanas especiais para reforçar a importância da vontade de todos. Somente assim, cenas como as do filme "Até o Último Homem" não mais aconteceriam e seria possível sonhar, finalmente, com um mundo mais justo.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

#75668
❌❱𝐸𝑅𝑅𝒜𝒟𝒪
✅❱𝒫𝒜𝑅𝒜𝐵𝐸𝒩𝒮
📄❱𝑅𝐸𝐸𝒮𝒞𝑅𝐸𝒱𝐸𝑅
📝❱𝐹𝒜𝐿𝒯𝒪𝒰
😱❱ 𝒜𝒯𝐸𝒩𝒞𝒜𝒪
Desnecessário

O filme americano, "Até o Último Homem", retrata os verdadeiros impactos pós-guerra por meio do soldado protagonista Desmond Dias, o qual, presenciou cenas discriminatórias e indiferentes quanto aos deficientes físicos sobreviventes. De maneira análoga, no Brasil, percebe-se a inclusão social de indivíduos limitados fisicamente como um grande entrave , principalmente, devido ao despreparo nacional frente as suas necessidades especiais. Sendo assim, a ausente infraestrutura urbana de auxílio a essas pessoas, além de ser um tema pouco abordado nas escolas, enquanto centros de formação humana, são as causas para o problema em questão.

Em primeiro lugar, o despreparo financeiro dos municípios ao investir em equipamentos básicos para os deficientes físicos favorece 1 a persistência do revés. Nessa perspectiva, o sociólogo francês Michel Misse defende que a garantia de condições infraestruturais equivalentes entre os cidadãos é o principal meio para alcançar o bem estar 2 coletivo. Entretanto, ao analisar a situação de limitados capacitativamente, evidencia-se uma subversão aos ideais de Misse uma vez que, em banheiros públicos, por exemplo, na maioria das vezes não há suporte primordial para a realização de suas necessidades especiais. Por isso, há uma negligência estatal para a garantia da isonomia, pois atender aos requisitos da maioria, significa alienar-se sobre o direito de acesso autônomo de todos a lugares públicos de modo a priorizar a integridade social. Logo, sem a infraestrutura adequada a todos, certamente implicará em maiores dificuldades aos deficientes, causa fundamental para o entrave.

[color=#FF0000]1 Possível erro de concordância verbal.
2 Esta palavra é hifenizada.[/color]

Ademais, a falta de diálogo sobre a inclusão social de limitados físicos nas bases do conhecimento humano, é responsável por formar indivíduos alienados ao respeito mútuo. Sob este viés, o sóciologo Emile Durkheim afirma que cabem as instituições escolares, enquanto atuantes essenciais do processo de socialização, a formação da ideologia social centrada ao bem coletivo. Isso porque, as crianças e adolescentes são mais passíveis a ideais de inclusão justamente por não terem experiência suficiente para desenvolver comportamentos preconceituosos ou discriminatórios. Nesse sentido, os educadores, ao inserirem uma abordagem respeitosa perante aos deficientes físicos para seus alunos, iniciarão o processo de construção de uma sociedade mais alinhada ao viés democrático das necessidades humanas, fato que induziriabo 3 incentivo a novos projetos de infraestrutura especial, consolidando assim, uma solução para o revés.

  • 3 Erro de Ortografia

Depreende-se, portanto, a necessidade de medidas para o combate às injustiças presenciadas pelos deficientes físicos. Para isso, cabe ao Ministério da Cidadania-principal órgão de defesa da isonomia- inserir na Base Nacional Comum(BNC) conteúdos obrigatórios relacionados à inclusão nas escolas que, por meio da aprovação de uma nova lei, consiga formar jovens mais democráticos a fim de defender o bem estar 4 coletivo. Além disso, o governo poderia investir em infraestruturas urbanas especiais para reforçar a importância da vontade de todos. Somente assim, cenas como as do filme "Até o Último Homem" não mais aconteceriam e seria possível sonhar, finalmente, com um mundo mais justo.

  • 4 Ortografia

Tudo bem, obrigada mais uma vez :D

Segundo o artigo 215 da Constituição[…]

2021 tem sido um ano particularmente marcante par[…]

Introdução Na cultura japonesa, o […]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM