• Avatar do usuário
#77011
A obra cinematográfica "A procura da felicidade" representa o cotidiano do personagem Chris, que sofre sérios problemas financeiros após se tornar pai solteiro e ser demitido. Fora da ficção, o filme representa o comportamento da população brasileira que, assim como o corpo social da narrativa, em sua grande maioria sofre problemas com a educação financeira. Essa situação degradante tem como origem inegável a falha do estado que minimiza o tema. Assim, aprofundam essa vicissitude não só a falha educacional como também o consumismo que cerca o coletivo.
Torna-se evidente, dessa forma, que a missão do sistema de ensino alicerce a visão social que reduz os problemas com a saúde financeira. Isso ocorre porque a educação brasileira negligência a instrução monetária do aluno, por adotar um ensino sem ser pensado ao longo prazo, ou seja, na vida adulta do estudante assim forma cidadães incapazes de gerir sua vida financeira. Essa reflexão encontra forças na frase do pedagogo brasileiro Paulo Freire "Educação não transforma o mundo educação muda as pessoas, pessoas transformam o mundo" a exemplo da situação financeira que é banalizada pela falta de conhecimento populacional acerca do problema.
Além disso, observa-se como um consumo da população solidificam os problemas da educação financeira. Essa situação surge, pois, vivemos em uma sociedade capitalista que focada em consumir cada vez mais esquece do futuro fazendo que não há planejamento financeiro a longo prazo, ou seja, para a velhice transformando a população idosa grande dependente de empréstimos e do Estado, desse modo, teremos brasileiros cada vez mais pobres e sem garantia de futuro. Essa análise pode ser confirmada pela canção da banda Mamonas Assassinas que diz "A minha felicidade é um crediário nas casas Bahia" uma vez que a população está inserida em contexto onde o presente vale mais que um futuro de qualidade na saúde financeira dos sujeitos.
Mediante exposto, percebe-se como a importância da educação financeira no Brasil se aprofundam na falha do Estado. Para combater esses empecilhos o Governo Federal deve atuar por meio das escolas que a partir do Ministério da Educação altera a base curricular de ensino e ainda insira palestra nas instituições, com a finalidade de inserir a matéria educação financeira nas escolas e ainda realizar conversas sobre o assuntos para incluir os pais nessa mudança. Ademais, dentro desse mesmo plano, o Ministério da Economia deve propor parcerias com empresas de comunicação ao exemplo da televisão aberta e redes sociais com o intuito de veicular informativos que sensibilize população adulta e idosa acerca da importância da educação financeira e planejamento futuro. A partir dessas medidas a obra supracitada não mais representará o comportamento da população acerca da importância da educação financeira.
Competência 1

Demonstrar domínio da norma da língua escrita.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 2

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 3

Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 4

Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

Competência 5

Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Sua nota nessa competência foi: Redação ainda não pontuada

#77012
Jessica1234 escreveu:A obra cinematográfica "A procura da felicidade" representa o cotidiano do personagem Chris, que sofre sérios problemas financeiros após se tornar pai solteiro e ser demitido. Fora da ficção, o filme representa o comportamento da população brasileira que, assim como o corpo social da narrativa, em sua grande maioria sofre problemas com a educação financeira. Essa situação degradante tem como origem inegável a falha do estado que minimiza o tema. Assim, aprofundam essa vicissitude não só a falha educacional como também o consumismo que cerca o coletivo.
Torna-se evidente, dessa forma, que a omissão do sistema de ensino alicerça a visão social que reduz os problemas com a saúde financeira. Isso ocorre, porque a educação brasileira negligência a instrução monetária do aluno, por adotar um ensino sem ser pensado ao longo prazo, ou seja, na vida adulta do estudante assim forma cidadãos incapazes de gerir sua vida financeira. Essa reflexão encontra forças na frase do pedagogo brasileiro Paulo Freire "Educação não transforma o mundo educação muda as pessoas, pessoas transformam o mundo" a exemplo da situação financeira que é banalizada pela falta de conhecimento populacional acerca do problema.
Além disso, observa-se como um consumo da população solidificam os problemas da educação financeira. Essa situação surge, pois, vivemos em uma sociedade capitalista que focada em consumir cada vez mais esquece do futuro fazendo que não há planejamento financeiro a longo prazo, ou seja, para a velhice transformando a população idosa grande dependente de empréstimos e do Estado, desse modo, teremos brasileiros cada vez mais pobres e sem garantia de futuro. Essa análise pode ser confirmada pela canção da banda Mamonas Assassinas que diz "A minha felicidade é um crediário nas casas Bahia" uma vez que a população está inserida em contexto onde o presente vale mais que um futuro de qualidade na saúde financeira dos sujeitos.
Mediante exposto, percebe-se como a importância da educação financeira no Brasil se aprofundam na falha do Estado. Para combater esses empecilhos o Governo Federal deve atuar por meio das escolas que a partir do Ministério da Educação altera a base curricular de ensino e ainda insira palestra nas instituições, com a finalidade de inserir a matéria educação financeira nas escolas e ainda realizar conversas sobre o assuntos para incluir os pais nessa mudança. Ademais, dentro desse mesmo plano, o Ministério da Economia deve propor parcerias com empresas de comunicação ao exemplo da televisão aberta e redes sociais com o intuito de veicular informativos que sensibilize população adulta e idosa acerca da importância da educação financeira e planejamento futuro. A partir dessas medidas a obra supracitada não mais representará o comportamento da população acerca da importância da educação financeira.

A logística e infraestrutura da Funda&ccedi[…]

oii gente! Quem puder corrigir minha redaç&[…]

Deivid16 3m1ly Willa Quem puder corrigir ess[…]

Eraldonunes , Davila pode corrigir pfv EuDavi[…]

Corrija seu texto agora mesmo, é de GRAÇA!

Novo aplicativo de correção gratuita para redação ENEM